Original Netflix: The Crown – Segunda Temporada


Tendo sido orquestrada com maestria, a primeira temporada de The Crown (resenha AQUI) conseguiu nos apresentar a família real e o significado da Coroa de forma que pudéssemos compreender e experimentar os sentimentos e decisões que a Rainha passou nos seus primeiros anos, além de todo conhecimento político e algumas crises – fatos históricos – sendo adaptados como se fossem uma réplica do ocorreu anos atrás. 

Com toda certeza, The Crown é uma das joias mais preciosas que a Netflix tem – junto de House of Cards – com uma construção impecável de sua narrativa que tem o seu objetivo bem claro nesta segunda temporada: quem é Príncipe Philip, Duque de Edimburgo (marido da rainha)? Sabemos de sua conduta duvidosa e a segunda temporada explora como ocorreu as suspeitas e a forma que a Rainha iria lidar com isso, que são os primeiros 5 minutos jogados para gente de forma tão gritante que nos fez pensar de que maneira a temporada seguiria. 


Contando a história de forma que a arte imita a vida – literalmente, pois se você procurar as fotos dos acontecimentos citados na temporada, você verá uma semelhança incrível pelo trabalho bem feito da produção – a história dessa segunda temporada também é contada pelos olhos dos familiares da Coroa, pelos nobres fora dela e principalmente pela imprensa, que deve ser cuidadosamente trabalhada junto dos profissionais da Coroa que devem domá-la. 

Mesmo com toda sua divindade, Elizabeth se mostra tão humana como qualquer outra pessoa. Com a interpretação fantástica da Claire Foy, temos uma personagem profunda e real, que se incomoda com os comentários negativos sobre ela, como também quer surpreender os outros para resolver um grande problema. Apesar de ter tido um pouco de tempo a menos em tela, sabíamos que Elizabeth estava de olho em tudo e de queixo erguido. 

Matt Smith, como Philip, é o outro lado da Coroa, no sentido literal, a sombra da Rainha que jurou para o pai da mesma que viveria por ela, algo não tão interessante para um homem que não gosta de se rebaixar e que é um espírito livre. Conhecemos muito mais do personagem de Matt nessa temporada e muitas vezes não podemos defendê-lo de jeito algum pela forma que age, mas depois vemos um desenvolvimento sutil de seu comportamento perante seu papel a desempenhar na Coroa, mas tudo há seu preço. 


Princesa Margareth, Vanessa Kirby, ainda com seu sentimento de raiva e sem perdão para sua irmã – devido os acontecimentos da primeira temporada – desempenhou não só umas das cenas mais tristes da série, como também mostra o lado infeliz de ter que ser da família Real, da Coroa, uma instituição que aos poucos foi se modernizado, mas antes, tem a Princesa tentando se libertar dela com seus atos rebeldes e com uma atuação brilhante.

Falar sobre a direção de arte e production design dispensa qualquer tipo de enrolação, apenas devemos elogiar a maestria dessa equipe. Figurinos, cenários, objetos, enquadramentos, tudo é feito de forma tão bela e pomposa, que parece algo normal, pois já faz parte da identidade dessa grandiosa série.


Com um encerrar de temporada de forma exímia todos nós nos ajoelhamos para Elizabeth.

PS: Para os que gostam de história, eu aconselho vocês a pesquisarem as crises e acontecimentos citados nessa temporada só para apreciarem a “réplica” que a série fez. 

Carol Espilotro
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

12 comentários:

  1. Oi, Carol

    Como eu não vi aviso de spoiler eu só passei o olho no texto. :(
    Essa é uma das séries que está na minha lista. Eu estou com um sério problema com meu provedor de internet desde meados do ano passado. Não posso cancelar por conta da carência, mas mês que vem já vai ser possível.
    A velocidade aqui não chega nem em 1MB, assistir qualquer coisa é praticamente impossível. Mas colocarei muita série em dia assim que resolver essa situação!
    A sua críticas é mais uma que enaltece a qualidade da produção, isso me deixa cada vez mais curiosa!

    Beijocas
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu preciso terminar de ver a primeira temporada, hehe. Só ouço coisas boas sobre a série!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir
  3. essa serie é bacana demais! eu acabei de terminar essa segunda temporada e é muito interessante acompanhar esses diversos fatos historicos

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  4. é uma série que tenho muita vontade de ver. meus amigos estão elogiando muito, mas eu não tenho netflix. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  5. Estou assistindo, mas parei no sétimo episódio da segunda temporada. A série está cada vez mais maravilhosa!
    A Netflix mandou muitíssimo bem criando essa série!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol, tudo bem?
    The Crown é uma das minhas séries preferidas! Eu curti bastante essa segunda temporada.
    E tem resenha dela lá no blog também!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  7. Oi, Carol!
    Menina, eu tenho que terminar ainda a primeira temporada. Sei que estou perdendo uma produção e tanto!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Depois de terminar a segunda temporada, eu só consigo pensar o quanto essa mulher sofreu na vida kkk.. principalmente por ter ocupado um "posto" que sempre foi dos homens..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Carol! Tudo bem?
    Nossa, vendo você falar assim tão bem, pergunto-me aqui por que ainda não comecei a ver essa série? agora quero muito!!
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu assisti até a metade da primeira temporada, preciso continuar porque a série é ótima!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá, Carol.
    Eu amei a primeira temporada. E olha que nem sou tão fã do gênero. Por isso estou ansiosa pela segunda temporada. Feliz de saber que foi tão boa quanto a primeira.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Olá Carol!
    Adoro essa série! Achei os três episódios um pouquinho chatos, talvez por não gostar nem um pouco do Philip. Mas depois adorei, principalmente os focados na Margareth.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir