Catastrophe [Resenha da série]


Além de protagonistas, os atores Sharon Horgan e Rob Delaney, também são os criadores, showrunners e autores da sitcom britânica Catastrophe, uma ótima opção para quem gosta de episódios curtos, mas especialmente para quem gosta de temporadas mais enxutas, pois cada uma tem apenas seis episódios. Parafraseando Delaney em uma de suas entrevistas, a série trata de um casal que se conhece, transa muito durante uma semana, a mulher acaba engravidando, e como nenhum deles é mais jovem, decidem criar uma família, e tudo que dá errado depois disso. E acreditem, muita coisa dá errado. 

Os personagens levam os nomes dos atores, então a partir de agora vou falar da trama e os nomes serão os mesmos. Rob é estadunidense e trabalha na área de vendas e vai a Londres a negócios onde conhece Sharon, irlandesa e professora do ensino fundamental nada convencional, aquele tipo de professor que fala muitos absurdos para os alunos. Quando ela descobre estar grávida e comunica ao caso de uma semana, imediatamente Rob vai para Londres e os dois decidem tentar a vida a dois. 

Posteriormente Rob fica desempregado e acaba arrumando um emprego em uma empresa farmacêutica com uma ética duvidosa, que apesar de apesar de pagar muito bem, acaba levando o personagem a questionar se o dinheiro vale a pena, mas pressionado pela mulher, acaba permanecendo no cargo com o objetivo de manter o nível socioeconômico da família. A motivação do personagem tem relação com o abandono do próprio pai e em querer fazer diferente com o filho, apesar de sua mãe, interpretada por Carrie Fisher, sempre tentar fazer com que ele desista e volte aos EUA.


Além da mãe controladora e da esposa, o personagem também vive momentos importantes com os amigos, Dave (Daniel Lapaine), uma pessoa totalmente inconsequente, mas que sempre o apoia, e Chris (Mark Bonnar), um homem casado com uma mulher controladora, Fran (Ashley Jensen) que é apenas uma conhecida um tanto quanto inconveniente de Sharon, mas que passa a ser sua amiga.

Na primeira temporada vemos Sharon grávida do primeiro filho e ainda trabalhando, já na segunda temporada adiante, ela vai passar pelo conflito entre voltar a trabalhar ou ser uma mãe dona de casa. É bacana ver a relação dela com o irmão mais novo, Fergal (Jonathan Forbes) que não tem nada de fofo, mas sim uma relação normal, na qual os dois apesar das provocações, também se apoiam nos momentos mais importantes.


Apesar de classificada como sitcom, a série traz momentos reflexivos sobre temas variados, como gravidez após os quarenta anos e os riscos relacionados, alcoolismo, relação familiar, carreira e outros temas, que apesar de serem tratados de forma engraçada na maioria das vezes, realmente nos fazendo rir da desgraça alheia, não deixam de trazer a seriedade necessária para tratar do assunto. 

Apesar de ser originalmente do Channel 4 da Inglaterra e disponibilizada por streaming pela Amazon Prime Video, eu encontrei a série por acaso quando estava vasculhando o catálogo do aplicativo GloboSat Play, que por sinal tem ótimas séries disponíveis. As três temporadas lançadas estão disponíveis para os usuários do aplicativo.

Luciane Leite
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Gostei da proposta da série! Parece ser realmente bem engraçada, mas gosto quando tratam de assuntos importantes ao mesmo tempo.

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Essa série é diferente... Confesso que nunca tinha visto uma série com esse propósito, mas parece ser algo que eu assistiria!

    https://sonhoinverossimil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Poxa, gostei bastante! Fiquei interessada de verdade, parece meio Santa Clarita Diet só que sem a nojeira hahhaha

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  4. Oi
    não conhecia, e achei legal por ser poucos episódios e duração, pena que não tem nos sites que tenho acesso, mas me interessei.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi querida!!
    Adorei a dica, e acho que até posso começar a assistir nesse final de semana...
    Vou aproveitar e indicar a um amigo que ama ver séries do gênero.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir