O que te faz mais forte [Resenha do Filme]


Jeff Bauman (Jake Gyllenhaal) é um rapaz jovem, feliz, que tenta conquistar a ex-namorada, Erin Hurley (Tatiana Maslany), e para isso vai assisti-la na maratona de Boston (2013) e acaba sendo atingido por uma bomba, perdendo as duas pernas. O longa é baseado em fatos reais e no livro best-seller do New York Times escrito pelo próprio Jeff e Bret Witter, publicado no Brasil pela Editora Vestígio, do Grupo Autêntica.

Uma fatalidade atinge o protagonista que sempre pareceu ser uma pessoa alegre e persistente, características que vão sumindo aos poucos depois do acidente, o que é bem comum no caso de pessoas que passam por traumas. A principio Jeff parece bem, consegue ajudar a polícia na busca pelos terroristas e sua família, principalmente sua mãe, faz de sua situação uma boa oportunidade de marketing. Jeff é o herói que sobreviveu, um exemplo de superação, principalmente para pessoas de Boston. O personagem começa a aparecer em eventos, receber cartas, presentes, vira uma celebridade quando tudo isso começa a incomodá-lo. Sua família é das bem barulhentas, parecem gritar o tempo inteiro, não sabem muito sobre privacidade e Jeff ainda precisa se adaptar a sua nova condição. O longa não poupa alguns detalhes, como a primeira troca de curativos, o uso do banheiro, a vida amorosa e sexual, a fisioterapia e também a depressão do personagem.


O que fica bem claro no roteiro é que Jeff sempre foi uma pessoas boa, mas que nunca conseguiu enfrentar grandes compromissos. Seu namoro com Erin apresentava problemas pela negligência e ausência dele e Jeff ainda mora com mãe num apartamento bem pequeno. Quando Erin resolve ficar com ele, o personagem claramente tenta evitar conflitos com a mãe e a namorada, não conseguindo se impor. Jeff também se torna uma pessoa egocêntrica, parece que não consegue perceber o quanto que Erin teve que abrir mão para ficar a seu lado. E nessa história de amor, é interessante destacar que em nenhum momento Erin parece ficar com o namorado por pena, apenas passa a acreditar que Jeff pode mudar.

Já era de se esperar uma evolução do protagonista que passa a entender melhor o que significa ser um herói e um símbolo de superação na vida das pessoas, mas a mudança que ocorre em Jeff é mais interna, de uma pessoa desinteressada em compromissos, para alguém que passa a ter responsabilidades, mas, infelizmente, faltou um pouco carisma no personagem.

Jake Gyllenhaal está muito bem no papel, e a cada filme parece realmente se tornar uma pessoa diferente, muda os trejeitos, a forma de olhar, até mesmo de se curvar em uma cadeira de rodas, é bem perceptível que o ator se dedicou bastante ao personagem. No entanto, falta em Jeff algo a mais para nos fazer nos emocionar com ele, para alguém que queria tanto a namorada de volta, acaba não tendo atitudes condizentes com os sentimentos que diz ter, o que não é necessariamente ruim, afinal, é até mesmo mais realista não pintar o protagonista como um herói sem defeitos.


O que te faz mais forte, apesar dos momentos previsíveis, não é um drama forçado. O longa é bem dirigido por David Gordon Green, numa história mais enxuta sobre alguém que poderia ter se deixado levar pela depressão e alcoolismo, com uma generosa rede de apoio familiar. E apesar de não ser uma história que te faz ir às lágrimas, apresenta momentos que emocionam.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: O que te faz mais forte
Título Original: Stronger
Direção: David Gordon Green
Data de lançamento no Brasil: 8 de fevereiro
Nota: 3/5

*conferimos o filme na cabine de imprensa.

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

10 comentários:

  1. Oi, Mi

    Não sabia nem da existência desse filme. O Jake é um excelente ator, ele realmente muda muito de um papel pro outro.
    O trailer é interessante, mas não seria algo que eu assistiria no cinema. Quem sabe quando chegar na TV à cabo?

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei da dica Mi. Parece ser um filme rico em superação e com uma história bem comovente. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi!
    Eu vi o trailer desse filme no face e fiquei balançando a assistir. Inclusive estou esperando sair uma qualidade boa na net pra tentar assisti-lo. Achei a ideia batida, mas gosto de longas nesse nipe. Histórias de superação me ensinam muito, porque eu acabo sempre me identificando ou me colocando no lugar das pessoas. Espero assisti-lo, sem duvidas.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. adoro esse ator! ainda nao sabia desse filme e super já quero ver, parece mt uma historia linda de superação!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  5. Oie
    Ainda não tinha visto o filme, o enredo parece ser um drama bem emocionante, gostei e quero assistir.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi! Concordo muito com você nessa de as reações dele não serem condizentes com o que ele fiz sentir. Muitas vezes, na "vida real", é exatamente assim que acontece. Aliás, que Jeff azarado, né? Poxa! Mas que bom que ele sobreviveu e está tentando superar, haha!
    Gosto muito do ator, acho que darei uma chance pro filme. :)

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
  7. Olá Mi! Tudo bem?
    Nossa, não tinha ouvido falar desse filme ainda... E tem esses maravilhosos do jake da tatiana nos papéis principais!! quero muito ver, apesar de parecer bem sofrido! já sei que não vou conseguir ver algumas dessas cenas fortes que você comentou...
    beeijo

    https://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Michele!
    Eu gosto bastante do ator Jake Gyllenhaal. Ainda não sabia desse filme, mas quero assistir.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  9. Um pouco chatinho essa coisa de previsibilidade.
    Não sou fã disso.

    Mas ainda sim é um filme que eu gostaria de conferir.
    Nunca tinha nem visto e nem ouvido falar dele.
    Fiquei curiosa.

    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi mi, adorei sua dica. Ainda não conhecia sobre o filme mas pela resenha fiquei com vontade em assistir.

    Beijos
    www.bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir