Ainda Sou Eu [Resenha Literária]


*a resenha abaixo contém spoiler dos livros anteriores!

Preciso dizer que sofri demais quando eu li Como Eu Era Antes de Você e por isso me recusei a ver o filme, sofrer duas vezes pelo mesmo motivo é demais pra mim. Quando eu li Depois de Você fiquei mais otimista com o destino de Lou, mas ao ler Ainda Sou Eu perdi a paciência. Desejei que Will estivesse morto, bem morto, tão morto quanto um morto pode estar. Até quando uma pessoa consegue viver com um fantasma permanente em seu pensamento? Porque Lou tinha que ser a pessoa que Will escolheu para ela? Ok, eu até acho que ele tinha razão em alguns conselhos, Lou precisava dizer mais “sim” para algumas coisas e devia ser mais ativa, mais atrevida, tomar conta de sua própria vida e viver experiências mais interessantes, mas não é assim para todo mundo e ela devia ser ela mesma e não o que um homem morto determinou.

Eu sei, eu estou sendo muito cruel e totalmente desnuda da imagem romântica que as pessoas têm de Will, exceto por aquelas que acham que ele foi um cara muito egoísta. Eu acho que ele fez o que quis e não consigo julgá-lo, deve ser muito difícil viver limitado depois de uma vida de aventuras. Mas vamos ao que interessa. Will não morreu. Ele permanece vivo na mente de Lou, falando com ela, permanece vivo através de sua filha, permanece vivo através de sua mãe que envia as cartas dele para Lou.

Louisa está em N.Y, separada de Sam, tentando viver um relacionamento novo à distância. Ela vai morar em um prédio chique com uma família rica e de personalidades muito fortes e diferentes. Ela vai ser assistente da esposa do Sr. Gopnik, Agnes. Lou tem que acompanhá-la a todos os eventos, administrar sua agenda, cuidar de suas coisas, mas ela não contava em ter também que guardar os segredos de Agnes. Ser considerada amiga da esposa do milionário e ir com ela a eventos chiques, deram a Lou a visão do quanto Agnes era rejeitada pelos amigos do marido, já que é a segunda esposa e era a massagista por quem ele largou a esposa. Lou administra a vida da chefe e a ajuda da melhor maneira possível, chegando a dar solução para problemas que Agnes não conseguia resolver. 


No prédio em que mora Lou conhece algumas pessoas interessantes. Ashok, o porteiro que lhe apresenta a esposa Meena e juntos tentam salvar uma biblioteca do fechamento iminente. Michael o assistente do Sr. Gopnik. Ilaria, a cozinheira dos Gopnik que odeia Agnes e vive cozinhando pratos que a família odeia só para contrariá-la. Thabitha, a filha do Sr. Gopnik que também odeia Agnes. A rabugenta mal humorada Sra. Margot De Witt que implica com a família Gopnik e principalmente com o piano de Agnes e seu cachorro Dean Martin (se você não sabe quem foi Dean Martin, olhe no Google, ele foi cantor e ator e fez parceria com o comediante Jerry Lewis, os filmes que fizeram juntos são sensacionais, dignos de uma seção da tarde maravilhosa) e por fim Josh.

Josh é um caso à parte. Ele é muito, muito parecido com Will e claro, mexeu com Lou, mas ela está com Sam e ela o ama de verdade. Quando Sam vem pra N.Y. pela primeira vez depois de alguns meses, o encontro dos dois não funciona exatamente como eles esperavam e aos poucos a distância e uma nova companheira de trabalho de Sam abalam o relacionamento e não há como evitar o rompimento. 

Lou volta algumas vezes para a Inglaterra onde encontra Lily, a filha de Will e isso a faz ficar mais feliz, mais perto do homem que um dia ela amou e Lilly acaba por colocar Lou de um jeito diferente, mais próxima de Sam, mas como eles não estão mais juntos, Lou tem a oportunidade de conhecer melhor Josh.

Por mais dedicada que ela fosse a Agnes isso não impediu que Louisa sofresse uma grande injustiça ao esconder um segredo da esposa do Sr. Gopnik. Desorientada, sem rumo, sem ter onde morar, em um país estranho, Lou fica alguns dias escondida no quartinho de Nathan que também trabalha com os Gopnik até que encontra uma solução surpreendente!


Sempre cuidando dos outros, às vezes Lou esquece de cuidar dela mesma, e quando cartas chegam de Londres ela precisa decidir se volta para casa ou se fica em N.Y. e abre um negócio com os presentes que a Sra. De Witt deu pra ela.

Jojo Moyes pode ser cruel à sua maneira, não de uma forma intensa, mas levando a ansiedade até a última página! Ela não dá chance de adivinharmos o que vai acontecer com a Lou e é preciso ser forte para não chorar e sofrer junto com ela, mas nada tão dramático como foi com Will, é só aquele sofrimento de quem ama e acha que o mundo acabou por causa disso. Eu devorei todas as letras querendo muito chegar ao final, porque além de esperar por um final feliz eu também queria saber da vida de outras pessoas que torci para que ficassem bem. Jojo conseguiu, de novo, prender a atenção do leitor do princípio ao fim e torcer muito para Louisa Elizabeth Clark aprender a ser ela mesma. 

FICHA TÉCNICA

Título: Ainda sou eu
Autora: Jojo Moyes
Para ler a resenha de Como eu era antes de você CLIQUE AQUI
Para ler a resenha de Depois de você CLIQUE AQUI
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Marise Ferreira
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

18 comentários:

  1. Nossa! Adorei a sua resenha! Não li esse livro mas gosto dessa forma, que descreveu, de como o autor nos conduz ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Muita gente está dizendo que a autora está forçando a barra e tal.
    Que depois do primeiro livro os outros são só balelas.
    Eu nem tenho opinião própria a respeito, pois não li nenhum deles AINDA.
    Hahaha.
    Fiquei bem curiosa para ler a continuação, então preciso correr para ver os outros.

    Tenha um ótimo final de semana.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nat, não achei não. Lou sofreu um grande trauma com a perda de seu grande amor, ela sofre um acidente depois, algo que ela não podia prever e tenta se reerguer. Eu acho que os 3 livros contam uma história muito legal e que mostram como podemos sofrer com o luto.

      Excluir
  3. Oi Marise, tudo bem?
    Eu não curto muito os livros da Jojo... o único que gostei foi Como eu era Antes de você, aí detestei Depois de Você, então estou bem receoso para ler esse... acho que aquele ditado de roer o osso até o fim e não largar cabe perfeitamente nesse caso.
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe, desculpe, eu não concordo, eu acho que havia sentido em contar esta história, ainda mais depois do trauma de se perder um grande amor, mas é questão de opinião e gosto, né? Não faz mal não gostar, rsrsrsrs

      Excluir
  4. OI, Marise!
    Eu assisti ao filme, não sei se isso fez com que eu esfriasse um pouco a vontade de ler o livro. Mas, a sua resenha reacendeu a vontade de buscar o livro e conferir a história num outro formato! Obrigada,
    Abração,
    Drica.

    https://testelivroseideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para complementar, eu assisti ao filme que deu origem a essa história toda* (desculpe, não me expressei direito) rsrsrsrs.

      Excluir
  5. Oi Marise, tudo bem!!!
    Eu assisti a adaptação de “Como Eu Era Antes de Você”, e tenho curiosidade de ler o livro, pra só assim decidi se leio as suas continuações, mas gostei da sua resenha.


    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie!!!

    Da Jojo só li "Como eu era antes de você" até hoje e gostei muito do livro, apesar de realmente ter sofrido com ele. Quero muito assistir ao filme que ainda não consegui ver!
    Não rolou muito interesse em ler a sequencia do primeiro livro, mas tenho ouvido falar tão bem desse terceiro que está pintando aquele interesse.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. OMG! Não sabia que o terceiro livro já tinha sido lançado, preciso ler!!!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Marise,
    Quero muito ler esse livro!
    Lou é minha companheira de lágrimas há um bom tempo já, hahahaha.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oiiii Marise!
    Eu precissooooo desse livro! E eu tb não acho o Will isso tudo! E prefiro o segundo livro do que o primeiro.
    Beijos
    Ari

    ResponderExcluir
  10. Oi Marise! Tudo bom?
    Eu me sinto um peixinho fora d'água porque nunca li nada da Jojo - e nem me interesso :/ acho que esse gênero já deu o suficiente pra mim, prefiro menos drama e mais comédia.
    Mas achei legal ela continuar essa série pra dar destaque à protagonista e a vida dela depois do mocinho, é interessante e novo e maravilhoso - porque dá voz à personagem longe do romance, mostrando que a vida dela 'não acabou' com o fim dele. AMO isso.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Confesso que li a resenha muito na diagonal com medo de spoilers, esse ainda não foi lançado aqui e estou muito ansioso para o ler! Adorei os outros dois! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  12. Oi, Marise, tudo bem?
    Olha, vou te dizer, eu vi o filme e achei lindo também. Mas acho algo tão desnecessária essa continuação que não li o segundo livro, nem sequer cogitei a ideia de ler imediatamente para alcançar o terceiro. Para mim COmo Eu Era antes de você acabou ali e o futuro dos personagens segue na minha mente. Essa coisas de as pessoas insistirem em continuações me irritam... Nem sempre precisa.

    E sim, essa coisa de viver o oque uma pessoa já morta gostaria meio que passa dos limites porque pelo que você disse a pessoa deixa de ser quem é para viver o que o outro quer, né?

    Paciência.
    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi
    ainda não o li o primeiro livro, mas já tenho ele, essa nova história parece ser bela e envolvente e que bom que curtiu, preciso realmente ler os livros.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Marise, como vai?
    Nunca li nada da Jojo e também não assisti ao filme, pois não ando numa fase boa para assistir dramas fortes assim. Quanto à sua resenha, achei muito bom o fato da autora dar um desfecho para uma protagonista que ficou sem seu amor no primeiro livro.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  15. amei a resenha, pulei umas partes por medo de spoiler. rsrsrsr
    li os comentarios em busca de outras opiniões, mas so encontrei pessoas que não leram sequer o primeiro. E o livro é muito mais intenso que a adaptação para o cinema, o segundo me cativou muito. Mas me decidi e vou comerçar a ler este ainda este mês.

    ResponderExcluir