Anne With An E - Primeira Temporada


Você já assistiu The End of The F** king world? Já assistiu a segunda temporada de Stranger Things? Já pirou nos episódios de Dark? Já está conformado e se preparando para a última temporada de Game of Thrones que só chega em 2019? Se sim, podemos dizer que você está em dias com suas obrigações sociais adquiridas através da rede mundial de computadores e/ou aparelhos televisivos e por isso, já pode conviver em sociedade sem ficar constrangido por não ter conhecimento suficiente para manter um diálogo com os assuntos mais atuais. Você está bem conceituado, mas já pensou em dar uma chance a série Anne With An E?

Eu não vi muita gente falando sobre esta série, mas quem viu e me indicou me garantiu ser apaixonante e assim sendo eu me apaixonei! 

Totalmente diferente das séries citadas acima, sem efeitos especiais, sem mundo invertido e monstros, sem viagens no tempo, Anne With An E foi baseada no livro de 1908, Anne Of Green Gables de L.M. Montgomery. Eu não sabia, não fazia idéia de quem era a autora e muito menos que os livros fizeram um grande sucesso dando a L.M. destaque internacional. Cem anos depois a Netflix junto com a produtora Canadense CBC, lançaram a série com sete episódios. Eu escolhi algumas palavras para descrevê-la: encantadora, adorável, fofa, meiga, cativante, viciante! 


Adorei a diferente Anne With An E, diferente porque os recursos que ela tem são simples, todo o encanto vem do passado, da poesia contada através de uma criança que perdeu os pais muito cedo, foi adotada por dois irmãos já mais velhos, indo morar na fazenda Green Gables. Os irmãos Cuthbert, Marilla (Geraldine James) e Matthew (R.H. Thomson) queriam um menino para ajudar na fazenda, mas houve um erro e Anne Shirley (AmyBeth McNulty) foi mandada para eles. No primeiro instante Marilla quer devolver Anne, mas Matthew se apegou a ela muito facilmente e com seu modo peculiar, Anne acaba conquistando os irmãos e se tornando uma Cuthbert. Claro que nada é muito fácil para ela, uma criança mais velha adotada em uma sociedade conservadora, levou Anne e os Cuthbert a sofrerem críticas e desprezo da sociedade, mas a menina com seu conhecimento e sua grande capacidade de oratória, acaba conseguindo reverter em benefício para todos quase todas as situações. 

Anne precisa ser forte e otimista para suportar a crueldade e o desprezo das crianças, na escola a tratam de modo diferente e humilhante e os pais destas mesmas crianças também não facilitam em nada a vida dela. Nos dias atuais eu acredito que Anne seria diagnosticada com hiperatividade, pois ela não para, nem ela nem a boca dela! É um drama, mas é um pouco romântica, cheia de esperança, lições de vida, tudo muito, eu diria, bucólico. Anne vai fazendo o possível para conquistar as pessoas, mas não de modo forçado, naturalmente, usando todas as suas habilidades e experiências de vida, porque apesar de tão nova, já passou por poucas e boas, ela encanta quem a conhece de verdade.


Tudo é muito bem feito, diálogos, cenários, vestimentas, tudo bem centrado nos anos 1900 e pra mim esta foi uma das partes mais encantadoras da história. Toda a dificuldade que existia na época, como tudo era feito e levava tanto tempo para se cozinhar, limpar, arrumar, cuidar de uma fazenda. Todas as dificuldades da época, todos os preconceitos e modo de vida tradicional e moralista, está tudo lá nos episódios da série. 

Fiquei sabendo que Anne Of Green Gables é uma série de 12 livros, mas no Brasil só publicaram cinco e tem até um Box especial de aniversário de 100 anos! 100 anos e só agora eu fico sabendo desta história tão legal! Às vezes eu sou meio lenta, mas agora estou aguardando ansiosamente a segunda temporada que terá mais episódios, serão dez.

Acho que quem gosta de romances de época vai gostar muito desta série, quem não gosta também!

Marise Ferreira
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Olá, Marise. Tudo bem?
    Olha, não estou em dias com os assuntos do mundo então, eu não gosto de ver série. Sou super preguiçoso para acompanhar. Mas confesso que sempre me indicam essa série, e que lendo sobre ela eu me senti muito atraído para acompanhar. Acho que mais pelo tema mesmo, adoro drama e essa coisa de mostrar uma personagem tão à frente do seu tempo me encanta.

    Só não sabia que esses livros já foram lançados aqui no Brasil. Fiquei chocado porque quando soube que a série é baseada em um livro imaginava que fosse um livro mesmo, rs. E nunca vi aqui no país.

    Bjux,
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Marise, tudo bom?
    Essa história parece muito amorzinho e muito empoderadora também! Eu tenho curiosidade tanto pra ler quanto pra assistir, só tô tentando arranjar tempo pra fazer as duas coisas UHASUHUHASUHAS

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Marise,
    Eu amoooooooooooo essa série.
    Delicada, emotiva, impactante. A protagonista tem um brilho especial.
    Não vejo a hora da nova temporada estrear com novos episódios.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu lembro de ter visto o livro que inspirou essa série na minha escola, enquanto fazia o ensino médio e sempre tive vontade de ler, mas nunca tive como por falta de tempo. Eu também não ouvi muitas pessoas falando da série, mas sempre que vejo alguém comentando é para falar bem.

    Fiquei ainda mais curiosa sobre a série. Estou precisando de dicas de novas séries ☺ Mas não sei se leio o livro ou vejo a série antes kkk Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  5. Oi Marise! Tudo bem?
    Não conhecia mesmo essa série, mas me parece ser bem adorável.
    Vou colocar na minha lista pra assistir qualquer dia desses.
    Obrigada pelo comentário lá no blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  6. Oi, Marise
    Eu vi tantas resenhas a respeito dessa série mas não me interessei de fato. Eu não curto séries e muito menos neste estilo, mas acredito que a obra realmente é boa, infelizmente não é pra mim.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Marise

    Adorei o primeiro parágrafo! Eu até hoje não coloquei a última temporada de GoT em dia! Hagahaha
    Eu não costumo gostar de nada que tenha crianças como protagonistas, mas eu na época do lançamento vi o trailer e achei a Anne fofa, acho que até poderia assistir um dia!

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir