Tomb Raider - A Origem [Resenha do Filme]


É difícil falar de Tomb Raider sem se lembrar de Lara Croft de Angelina Jolie que marcou uma geração inteira, não só para os fãs do videogame. No entanto, agora temos Tom Raider - A origem, baseado no novo reboot do jogo e dessa vez temos uma Lara menos encorpada, mas nem por isso menos forte. Pelo contrário, a protagonista de Alicia Vikander pode não ter o mesmo apelo em tela que Jolie, mas não deixa por menos no quesito de inteligência, força e determinação.

Logo de início percebemos que Lara Croft (Alicia Vikander) é uma mulher forte, que luta bem, mas não é perfeita e tem suas falhas. Vivendo de modo independente, a protagonista ignora a herança do seu pai que sumiu em uma aventura e vive de maneira simples e bem humilde. No entanto, existe uma pressão para que ela declare que o pai sumido está de fato morto e receba sua parte nos negócios da família, mas Lara descobre que Richard Croft (Dominic West) desapareceu numa missão bem misteriosa e que seu pai gostaria que ela destruísse suas pesquisas.


Instigada pelo mistério, Lara não acaba com as pesquisas do pai, mas vai em busca de sua possível localização, com a ajuda de Lu Ren (Daniel Wu). Os dois vão parar numa ilha em que uma organização quer a todo custo encontrar o túmulo de Himiko, algo que seu pai não gostaria que acontecesse. Na ilha, Lara vai descobrir mais sobre o “passatempo” de Richard, o que envolve o túmulo e encara algumas surpresas também no meio do caminho, tudo com muita ação e situações de difícil sobrevivência.

Lara persegue, é perseguida, caí de penhascos, escala, corre, pula, luta, atira com arco-flecha e faz de tudo um pouco, é simplesmente de tirar o fôlego! Antes de chegar na ilha, o enredo nos presenteia com boas cenas de ação na cidade, nos revelando mais sobre a personalidade da protagonista. Já na selva, fica bem evidente que Lara não é um mulher de desistir facilmente, mesmo quando tudo indica que nada vai dar certo. As lutas corporais foram excelentes e vemos que a personagem, ainda que seja total girl power, tem suas dificuldades, mas que sabe superar as adversidades com inteligência, às vezes mais até do que com a força. E se o enredo compõe uma Lara Croft mais humana e mais realista, por outro lado, se prestarmos atenção nos detalhes, vamos enxergar alguns exageros nas cenas de ação, aqueles momentos difíceis de acreditar, mas bem normais em longas do gênero.


A ambientação na selva é ótima e perfeita para um filme de aventura com muita ação, os movimentos de Lara lembram bastante os jogos de videogame e as situações também, como se fossem pequenas missões. Quase sempre que a protagonista se encontra em algum momento impossível de ser superado, aparece um item inesperado ou uma jogada inteligente da parte dela que acaba salvando-a. Lara está constantemente resolvendo partes do enigma que só é decifrado por completo no final e o filme além da ação, acaba tendo toques de mistério por conta de toda situação que envolve o mito de Himiko.

Alicia Vikander se saiu muito bem como a nova Lara Croft, menos perfeita, mas sempre muito inteligente e teimosa. Conseguimos perceber com mais clareza suas falhas, o que dá um toque mais real na personagem. Já Vogel de Walton Goggins é um vilão bem raso e nada original.

Apesar do exagero em algumas cenas e o roteiro ter se estendido em alguns momentos, sem grandes complexidades, o longa agrada bastante, principalmente para quem gosta de filmes com muita ação. Gostei de Alicia Vikander no papel da protagonista, que deixa de lado de fato a figura composta por Jolie. 


Mesmo com modificações, os fãs vão conseguir identificar claramente no roteiro a base do jogo. E quem não conhece nada de Tomb Raider, não precisa se preocupar, não é preciso saber nada do game para compreender o filme, algo que é sempre bom quando se trata de adaptações.

Trailer:

FICHA TÉCNICA

Título: Tomb Raider - A origem
Título: Tomb Raider
Diretor: Roar Uthaug
Data de lançamento: 15 de março de 2018
Nota:4/5

*conferimos o filme na cabine de imprensa
Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

15 comentários:

  1. Olá!!
    Que resenha incrível! Estou mais ansiosa para assistir.
    Adorei o fato da protagonista aparentar mais "real", isso sempre me deixa impactada no cinema, hahah.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  2. Oii Mi

    Tomb Raider me remete imediatamente à Angelina Jolie, nossa, vai demorar até eu deixar de associar o personagem à atriz...rsrs. Quero muito conferir essa nova versão, eu adorava o filme antigo com a Jolie, então ja sei que vou me pegar comparando versões mas, espero gostar também deste porque percebo que tem seus toques novos e originais.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Eu vi algumas pessoas comentando sobre este filme e já tinha ficado interessada, agora seu post me deixou bem curiosa, quero assistir.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/2018/03/7-anos-do-blog-diario-de-incentivo.html

    ResponderExcluir
  4. É difícil não ter modificações, mas às vezes isso é necessário para melhorar o filme.
    Fiquei bem curiosa para ver..

    Abraços
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Tá aí um filme que eu não curto o gênero, mas to louca pra assistir! Agora assim né pra mim Angelina sempre vai ser a Lara Croft hahaha

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  6. Olá Michele, tudo bem?

    Eu como admirador dos jogos, principalmente os dois do reboot da Lara, estou bem empolgado com esse filme, mas vejo a hora de ir ao cinema!

    O legal dessa nova versão da nossa heroína é que ela é mais humana! Nos jogos por exemplo, ela se ferra muito antes de virar badass, acompanhamos muito de perto o crescimento e desenvolvimento da grande ladra de tumbas!

    Abraço!
    Marcelo Brinker
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiê!

    Eu AMEI essa nova Lara!!! Angelina é linda, maravilhosa e eterna. Mas que delícia ver uma Lara Croft menos "gostosona" nas telas. Vamos ver mais de sua força, agilidade, empoderamento... E menos do corpo apenas. Arrasaram!

    Resenha incrível a sua. Parabéns! Já quero ver.

    Beijooos

    http://www.aquelaepifania.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Desde que vi o trailer do filme, já fiquei com vtd de assistir a essa nova adaptação, e a sua resenha só aumentou ainda mais essa vontade.
    Gostei do fato da protagonista não se mostrar ser extremamente forte físicamente. E claro, essas cenas irreais e exageradas irritam um pouco, mas como vc disse, é normal para o gênero. Sem dúvida vou procurar assistir o filme o quanto antes.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mi!
    Eu estava com um pé atrás com esse filme desde que vi o trailer, mas seus comentários me deram outra perspectiva.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  10. Eu já não gostava muito da "heroína" nem to com muita expectativa para o filme.

    clebereldridge.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Mi, tudo bom?
    Eu tô gritando de alívio aqui porque minha expectativa tá altíssima, já vou assistir sem um peso de medo. AMO os reboots da franquia e se o filme tá à altura, já é um favorito.
    Eu adorei a escolha da atriz pra Larinha, ficou perfeita - tanto em aparência quanto em trejeitos. E a menina ralou muito pra merecer esse papel, tô torcendo pra virar uma franquia.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  12. Assisti ontem no cinema e gostei muito. A história está bem parecida com o jogo.

    Dani Ramos
    https://donaengenhosa.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Estava muito curioso em ler uma resenha desse filme, eu gostei muito da Lara Croft da Angelina e tenho um pouco receio de não gostar desta pela memória afectiva da Angelina que era perfeita no papel.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  14. Oi Mi! Eu assisti hoje. Achei legal, mas o exagero nas cenas de ação me incomodou um pouco. No geral esses filmes são assim mesmo, mas sou convencida das ações e neste filme eu não consegui acreditar totalmente no potencial da protagonista. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  15. Oi Mi,
    O Marcelo vai fazer a resenha desse filme para colocar no blog semana que vem, inclusive estamos com Círculo de Fogo e Jogador Nº1 para ir assistir esse final de semana e vou pedir para ele vir aqui dar uma olhada nas críticas de vocês já que ele está mais maluco que eu para ver essas adaptações ihih. Sobre Tomb Raider fomos no cinema e gostei muito do filme. Não sou mega fã dos filmes antigos e também não conheço tanto assim o jogo na verdade só joguei a fase 1 depois não fui para frente (sou ruim mesmo ahaha), mas do filme gostei bastante. Acredito como você que teve bastante ação e realmente eles conseguiram criar um novo perfil para a heroína Lara desvinculada a Angelina Jolie. Nós curtimos assim como você e realmente vale a pena.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir