Coragem [Resenha Literária]


Não sou de ler biografias, mas ultimamente tenho me deparado com ótimas histórias e a de Rose McGowan é uma delas. Já conhecia um pouco da vida da atriz pelas denúncias a Harvey Weinstein, por seu namorado Marilyn Manson e a série Charmed que acompanhei até a última temporada, mas não tinha ideia da intensidade de coisas que Rose já passou.
“Se você for Jennifer Lawrence, o estilo queridinha da América, tem cabelo loiro simples. Se for megera, seu cabelo é comprido, escuro e amarrado, Essas sao as regras, não se desvie delas.” pág. 13
Rose narra com muitos detalhes trechos importantes da sua vida, como a decisão de cortar o cabelo, seu vestido no MTV Video Music Awards (para ver CLIQUE AQUI), mas começa pela difícil infância em que os pais faziam parte de uma seita religiosa. A atriz vivia na Itália, o pai achava normal ter mais de uma mulher, mas quando a seita começou a praticar pedofilia, o pai da atriz se retira do lugar e vai embora com os filhos, deixando a mulher por lá. A vida de Rose com o pai nunca foi boa e com a mãe pior ainda. Nos Estados Unidos viveu todo tipo de inferno, os padastros da mãe era da pior espécie e um deles abusava da própria filha, já o pai de Rose era cruel e agressivo, tanto que ela vive um tempo na rua porque ser sem teto era melhor do que viver com o próprio pai. 


Desde sempre Rose sabia que chamava atenção por sua beleza excêntrica e sua primeira relação sexual foi na verdade um abuso de um produtor. Aos poucos Rose vai perdendo sua própria identidade, se rendendo a estética de Hollywood, tornando-se anoréxica e objeto sexual, inclusive de Harvey Weinstein quem ela chama de Monstro. A cena de sua reunião com um dos produtores mais poderosos da indústria de cinema é indigesta, mesmo já sabendo do estupro foi bem difícil ler com alguns detalhes.

Rose também repassa por alguns momentos importantes da sua vida como o namoro com Manson, visto pela mídia como um cara estranho, mas que sempre foi muito gentil com ela, preocupado e bondoso. A atriz conta que largou a carreira para acompanhar o músico e no fim, depois do término, Manson saiu falando mal dela, com o ego ferido, o que foi um tanto decepcionante.

Sobre Charmed, Rose não fala muita coisa, apenas que sente orgulho de ter participado de uma série com mulheres protagonistas e que ficou no ar por tanto tempo. Ela nos conta que no último ano devido as filmagens do “filme duplo" de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez (Grindhouse, Planeta Terror e Death Proof), sua vida se tornou um pesadelo. Chegou a machucar seriamente o nervo do braço em situações que levava ao limite seu corpo. Seu namorado era o diretor Rodriguez, possessivo, ciumento e que fazia um verdadeiro terror psicológico com ela. Rose chegava a dormir três horas por dia e no final das contas venderam o filme para a produtora do Weinstein sem menor consideração com ela.


Ao terminar a leitura entendi os motivos por atrizes famosas e consideradas feministas, como Meryl Streep e Reese Witherspoon ignorarem Rose McGowan por anos. A atriz sofreu desde sempre, com todo o tipo de agressão, mais de um estupro, violência física, psicológica, é depressiva e a gente percebe que tem muita raiva acumulada, ela é agressiva e isso fica claro na linguagem dela. Não é algo que me incomode, mas com certeza algumas verdades ditas de modo tão cru devem atingir em cheio muitas pessoas que vivem na base da hipocrisia Hollywoodiana.

Depois de Coragem a gente entende com muitos detalhes o mundo do entretenimento e as consequências da fama, entendi também porque causas como Time's Up acabam soando hipócritas e marketeiras, quando pessoas como Rose estão há muito tempo denunciando uma indústria que sabe e sempre soube dos seus monstros, mas prefere fingir que não os enxerga. 
“Mal posso esperar para que todos nós sejamos apenas seres humanos, Sem gênero. Sem estereótipos. Só seres humanos. Mas antes disso precisamos expor a doutrina tradicional. Pág. 263

Coragem é um livro forte, mas imensamente importante, necessário. Não é preciso ser mulher e feminista para entender o quão monstruoso é tudo que a atriz passa, é preciso apenas ter um pouco de empatia pela dor do outro e confesso que a leitura me fez virar ainda mais fã de Rose McGowan.

FICHA TÉCNICA

Titulo: Coragem
Autora: Rose McGowan
Nota: 5/5
Onde Comprar: Amazon

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

17 comentários:

  1. Oie
    Já li várias resenhas sobre este livro e estou cada vez mais interessada. Quero ler.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi
    Sinceramente também não sou de ler biografias, mas quando temos histórias de vidas impactantes e reflexivas assim, com certeza vale a pena dar uma olhada.
    Eu não conhecia a atriz, mas foi falar do Marilyn Manson que já me interessei. Achei muita coragem a autora trazer todas as situações que ela passou em seus livros, é como expôr sua vida a todos e esperar o julgamento de cada um, e cara, isso não tem preço.
    Me interessei para ler a obra, quem sabe um dia.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  3. Mas heim! Só dá esse livro por aí.. Acho que todos os blogueiros resolveram ler ao mesmo tempo! rsrs
    Então.. Eu achei a história interessante, apesar de não ter lido, já ouvi muitas coisas a respeito desse livro que me fez ficar curiosa.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia a atriz, mas leio tanto sobre esse livro que estou louca pra conhecer a história dela!

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  5. Mi, vou te falar que eu não conhecia a atriz. Eu sequer tive a curiosidade de olhar uma foto dela de frente, vi agora ao clicar no link para ver o vestido... onde eu estava que não vi a repercussão daquela roupa? Hahahahha
    Sobre o livro, eu não sei se leria. Não sou fã da atriz (como eu disse, nem a conhecia) e não gosto de biografias, então não tem muito sentido pra mim, sabe? E sobre ela ser agressiva, com certeza foi a barreira que ela criou depois de enfrentar tanta merda.
    E apesar de não querer ler eu acho importantíssimo o fato de um livro tão forte estar sendo tão bem falado!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  6. Pois fiquei curiosa por saber o motivo de ela ser rejeitada por certas atrizes, claro que dá para entender porque ela é depressiva e passa por certos problemas porque ela passou por muitas coisas ruins, minha nossa. Nem eu aguentaria tanta coisa. Foi muito sofrimento que sobreviver com isto deve ser pesado.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mi!
    Mulher do céu, tu sabes que não sou de biografia, mas pelos seus comentários em off e sua resenha maravilhosa, eu tenho que ler essa biografia. Já vi que ela será impactante.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Oi! Não sou uma leitora frequente de biografias, e não por serem biografias, mas não me interessar mesmo. Mas nesse caso, tenho de concordar, que esta biografia precisa ser lida! Neste contexto atual, o feminismo está com uma imagem contrária do que realmente é, e uma voz, que possa ser ouvida no mundo todo, e nessa magnitude é mais que necessária! Deve ser leitura para todos que buscam a igualdade, respeito e justiça!


    Bjoxx - http://www.stalker-literaria.com/

    ResponderExcluir
  9. Ao contrário de você, eu adoro biografias e já li este, inclusive acho que a história da Rose é uma história que nos leva a entender o feminismo não como filosofia de vida, mas como necessidade da humanidade. Tudo o que ela passou e ainda ter forças para nos trazer essa mensagem de união entre as mulheres é realmente entender seu lugar no mundo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Assim como você, eu não sou de ler biografias, ainda mais de artistas que pouco conheço e não admiro. No contexto geral parece ser um bom livro, ainda mais por descrever as atitudes dela em se livrar da imagem construída ao longo dos anos.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Esse não é o tipo de leitura que costume realizar, mas já conhecia a atriz e confesso que fiquei curiosa pra saber um pouco mais dela além de Charmed, assistia esse seriado na adolescência e gostava bastante, mas nunca imaginei que ela pudesse ter um passado tão obscuro e intenso.
    Parece ser uma leitura bem forte.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?

    Tenho lido algumas resenhas sobre esse livro, e uma amiga minha leu e resenhou também, e o que sinto é que esse livro é bem intenso. E pela história ressaltada nele, e queira ou não, com o que ele conta, é uma denúncia, não vejo melhor título para ele. É uma das poucas biografias que me chamam a atenção, pela forma com que fica evidente nas resenhas que foi narrada.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Oie!

    Confesso que eu não dava nada por esse livro, justamente por não ler biografias, mas quando peguei a história para ler, me apaixonei e me encantei de tal forma que devorei a obra! Rose me surpreendeu, me impactou e me ensinou... esse que parece ser o objetivo dela.

    beijos,
    Mayara

    ResponderExcluir
  14. Sabe que eu nunca dei muita bola para biografias, então essa não tinha me chamado a atenção. Mas agora, lendo sua resenha e juntando o nome ao caso dela, caiu minha ficha e fiquei com vontade de ler. Saber que ela passou por muito mais coisa me deixa com a certeza que não será uma leitura fácil, mas que vai valer a pena.
    É tão triste ver coisas como o que ela passou acontecendo com muitos sabendo e preferindo olhar para o outro lado... a hipocrisia é o que mais me incomoda (não que as outras coisas não incomodem, mas acho terrível como as mesmas causas quando com algumas pessoas ganham destaque com outras são ignoradas).
    Entrou para a lista!
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  15. Oi. Não conheço a atriz, mas estou com o livro aqui para ser lido. Adorei saber que é forte, impactante e que traz verdades densas e sem máscaras. Espero gostar.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Assim como você, eu não tinha o costume de ler biografias, mas Coragem mudou isso, me fez ver o mundo de forma diferente e, principalmente, acreditar na chance de mudança. A hipocrisia de Hollywood é algo que nos choca e assusta porque todos acham normal tudo o que aconteceu com Rose acontecer com mulheres.
    Minha única ressalva foi com relação ao drama de todos os acontecimentos ruins na vida de Rose, no mais, eu adorei essa leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá Michele!!!
    Eu admito que estou muito longe da indústria Hollywoodiana e por isso não conheço tanto a atriz pelo nome, mas posso ter visto alguns papéis da mesma.
    Eu não sou de ler tanta biografia, mas tem umas que se tornam necessárias e essa parece ser uma delas.
    Apesar de agressiva a fala da atriz/autora essa mesma está contando de sua forma o que realmente acontece.
    Adorei a resenha e coloquei o livro na lista de quero ler ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir