Godless [Resenha da série]


O velho e bom faroeste está de volta! Série da Netflix com sete episódios, Godless me levou de volta à minha adolescência quando a Sessão da Tarde ainda lembrava dos filmes de John Wayne, um dos atores mais escalados para filmes de faroeste.

Godless é impecável, desde o figurino e cenários até o sotaque e expressões corporais dos personagens, tudo remete ao velho oeste americano! E, além disso, tem seu foco direcionado às mulheres da cidade de La Belle no Novo México, de homens temos o Xerife que está ficando cego e seu assistente que apesar de novo é muito valente, Thomas Brodie-Sangster em excelente interpretação como Whitey Winn. São as mulheres que tomam conta da cidade que teve seus homens levados de forma brutal e é nesta cidade que aparece Roy Goode (Jack O'Connell), antigo parceiro do bandido Frank Griffin (Jeff Daniels), Roy chega à cidade e se abriga na casa da viúva Alice Fletcher (Michelle Dockery).


Griffin, inconformado pela traição de Roy Goode que já não suportava mais o comportamento daquele que ele considerava como pai e era tratado como filho, não hesita em matar quem aparece na sua frente, sendo inocente ou não, tudo se torna um obstáculo em sua busca por Roy e ele usa sua arma com imensa crueldade.

O resto da história mostra como as mulheres se preparam para enfrentar a chegada Griffin, enquanto Roy se apaixona e a sofrida viúva Alice tenta educar seu filho e ensiná-lo a viver no oeste americano.


Resumindo, é uma ótima história contada da melhor maneira e trazendo com excelência de qualidade o bom e velho faroeste! Tem uma cena de tiroteio que é de tirar o fôlego, é bala pra todo e qualquer lado e é impressionante o quanto esta cena atinge quem está assistindo! De fones de ouvido e olhos grudados no computador, eu adorei Godless, a série é muito mais legal do que eu imaginava e eu jamais conseguiria colocar todas as suas qualidades em um só texto.

Marise Ferreira
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Oi Marise! Eu cresci vendo faroeste com minha mãe, ela adora este tipo de trama e já vou indicar para que ela assista. Amei a dica. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi, Marise!
    Tenho que ver essa série. Meu irmão assistiu e adorou!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Olá Marise, tudo bem?

    Menina sempre vejo elogios por essa série, mas confesso que ainda não me surgiu a vontade de assistir, mesmo com sua ótima resenha, mas vamos ver né... ando muito doida por ficção científica, ação e investigação então sei lá rs. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Marise! Tudo bom?
    A Bianca gostou muito da série, então tô empolgada pra assistir! Adoro o fato de ter tantas personagens femininas fodonas.
    Pretendo fazer isso nas férias da faculdade.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir