Submissa [Resenha Literária]


Submissa é o primeiro volume da série The Enforces da autora Maya Banks. Além disso, é a minha primeira experiência com a escrita dela e posso dizer que gostei bastante, tanto do enredo como dos personagens no modo geral.

Nesse livro teremos como protagonistas, o casal Evangeline e Drake Donovan. Eles são o tipo casal em que a mocinha é um pouco inexperiente e o mocinho é bem dominador. Drake é um magnata do entretenimento e um dos milionários mais cobiçados de Nova York. Juntamente com os seus “irmãos”, ergueu um império na cidade e o seu maior empreendimento é a badaladíssima Impulse, a casa noturna mais exclusiva de Nova York. E é nessa boate que Drake conhece Evangeline, uma jovem com ar angelical e inocente.


Evangeline conseguiu um passe vip para entrar na Impulse, suas amigas a fizeram ir nessa boate toda arrumada para ela poder mostrar para o seu ex-namorado o que ele perdeu. Apesar da roupa e ter um ingresso vip, a protagonista acaba se sentindo insegura por estar num local assim. Depois de uns minutos debatendo mentalmente se vai embora ou não, ela acaba se envolvendo em uma confusão com o seu ex. E por causa disso, acaba no escritório de Drake que logo de cara se sente atraído pela protagonista e de uma forma bem calorosa, mostra que ela será dele! 

O livro tem o típico enredo sobre Dominador e Submissa (o próprio título nos dar uma pista do que encontrar na história), porém temos no decorrer das páginas muitas coisas diferentes e até mesmo o modo de agir do casal. E como é narrado pela terceira pessoa e possui vários pontos de vista, a história do casal se torna bem interessante e um pouco misteriosa também.

Confesso que até a metade do livro o jeito inseguro de Evangeline em relação as suas escolhas e ao seu corpo, estava me irritando bastante, além disso, também fiquei um pouco irritada com Drake por ser bem controlador. No entanto, depois de alguns pontos de vista de seus irmãos (na verdade eles são amigos e trabalham com ele, mas Drake os considera como irmãos) pude entender melhor a personalidade do protagonista.


Até a parte final do livro Submissa, a autora não tinha me apresentado nada demais, entretanto, Maya Banks me mostrou duas cenas que me deixaram de boca aberta, uma delas é até normal por se tratar de um livro erótico, porém não é muito usado pelas autoras do gênero. Por isso, fiquei um pouco surpresa. Agora a cena final, me deixou realmente chocada, pela forma como Drake trata Evangeline e acabou sendo um cena difícil de ler. Apesar de compreender os motivos dele para fazer o que ele fez, eu achei bem pesada. Desculpas se estou sendo um pouco vaga, mas se eu contar o que aconteceu, estarei dando um spoiler bem grande.

No final das contas, Submissa foi aquele livro que não sei se gostei ou odiei os protagonistas, mas com certeza adorei o enredo e principalmente os personagens secundários. Para mim, as melhores partes da história foi quando os amigos de Drake apareciam, adorei o jeito de ser de Justice e de Silas. Maya Banks fala nos agradecimentos que a intenção inicial era escrever um livro para cada casal, porém ela teve que dividir a história de Evangeline e Drake em duas partes, portanto, o segundo livro ainda teremos mais deles. E o terceiro livro será de Justice e o quarto será do Silas (graças aos céus eles terão seus próprios livros). 


Enfim, para quem ama uma escrita leve, reviravoltas e principalmente o gênero erótico, vai adorar Submissa. Eu mesma estou ansiosa para ver os próximos acontecimentos e saber se Maya Banks irá me surpreender novamente.

FICHA TÉCNICA

Título: Submissa
Autora: Maya Banks
Nota:4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

14 comentários:

  1. Oi
    tá ai um livro que não tenho vontade de ler, livros com esse tipo de temática não me agrada muito.
    Apesar de falarem bem da autora, o livro nao chama a atenção.


    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Ariane!
    Gosto muito da Maya Banks e com certeza vou conferir essa nova série The enforces. Uma de suas trilogias que gosto muito é Breathless que narra sobre três amigos e sócios dos mais bem-sucedidos empresários do ramo de hotelaria do mundo. Esta me parece um pouco parecida já que tem como foco o dominador e submissa.
    Lindas fotos e impecável resenha.
    Beijos
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  3. Não sei até que ponto eu consigo ler esses livros onde a mulher é dominada por um homem, normalmente fico bem irritada ao invés de me envolver na história.

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, Ariane.
    A leitura valeu para eu conhecer a escrita da autora, que amei, porque de resto... O Drake consegue ser ainda pior que o Grey, ele afasta Evangeline das amigas, da família e ela acha que está tudo bem. Mas quero ler o segundo para ver se ela finalmente acorda.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Concordo plenamente com você em relação ao Drake! Minha amiga leu o segundo é infelizmente ela falou algumas coisas que eu não gostei. Mas mesmo assim vou ler o segundo.
      Beijos
      Ari

      Excluir
  5. Oi Ari, tudo bem?
    Que bom que o livro funcionou pra você! Achei a capa bem interessante.
    Infelizmente, esse gênero não me chama muito a atenção, acho que a experiência com 50 Tons me deixou meio "traumatizada", porque realmente não curti. :P
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    Tá rolando sorteio de Warcross, da Editora Rocco, no Instagram do blog. Participe! <3

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha Ariane, mas confesso que não é o tipo de livro que me chama a atenção. Sou uma pouco avessa ao gênero erótico. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Ariane
    Eu fico feliz que você tenha encontrado mais do que a gente sempre vê nos livros eróticos. Já li um livro da Maya mas não era erótico então não sei bem o que esperar. Não sei se leria, acho que submissão foi um enredo que me cansou, mas vou tentar ler os demais da série.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Ariane,

    Infelizmente descartei esse livro da minha lista pelo tema mesmo.
    Mas tenho curiosidade em conhecer outras obras da autora.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  9. Nunca li algo da Maya Banks mas sou louca pra conhecer a escrita dela, me falam super bem! Espero gostar dela haha

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ari!
    Esse lance de Dominador, Submissa, CEOs ricos já não rolam mais comigo :(
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  11. Oi Ariane,
    Eu adoro a Maya, mas prefiro os Highlanders, rs.
    Acho que esse alto teor erótico não vai me agradar tanto.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi
    Gosto dos livros da Maya, o submissa eu ainda não li, mas com certeza vou ler em breve. Gostei muito da sua resenha!
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  13. Oi Ariane,

    Eu li a trilogia Breathless da Maya Banks, que também é do gênero erótico, e achei bem pesadinha, sabe!
    Pelo que pude ler na tua resenha essa trilogia não foge muito da mesma premissa da de Breathless.
    Tenho ficado um pouco incomodada, para não dizer bastante, com os últimos livros eróticos que li, talvez esteja saturada de algumas ideias trazidas neles, comportamentos machistas e submissões demasiadas, por isso vou tentar dar um tempo nesse tipo de leitura. Vamos ver se mais a frente me animo na leitura desse livro.
    De qualquer forma, a escrita da Maya Banks é ótima e prende o leitor, além de os personagens serem super cativantes.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir