A Casa dos Pesadelos [Resenha Literária]


Nossa literatura nacional contemporânea vem sendo trilhada com talentos inestimáveis. Não conhecia o autor Marcos DeBrito, e bastou uma única pesquisa no Google para me deparar com comentários positivos acerca de sua escrita.

A Casa dos Pesadelos está disposta por ai como um livro de terror, mas na verdade trata-se de um suspense que remete ao terror. Narrado em terceira pessoa, com uma edição impecável da Faro Editorial, o livro nos traz como personagem principal o adolescente Tiago.


Tiago é um garoto muito arredio, rebelde. O que poderia ser um simples comportamento comumente da idade, na verdade é um trauma ocasionado ainda criança: ao passear na casa de sua avó, Tiago presenciara um verdadeiro pesadelo.

Ele acredita que algo horrendo habita aquela casa. E agora, já crescido, precisará encarar seus medos e voltar ao local. Seria fruto da imaginação de uma criança? Ou realmente um mal assombra a casa?
Tem um monstro que mora aqui nesta casa. E eu acho que sei onde tá.

É incontestável o fato de o autor ter elaborado um ótimo enredo, que surpreende até as últimas linhas. Sem contar o fato de trazer elementos adorados por todos os fãs do gênero (uma casa antiga, a dúvida dos acontecimentos narrados serem ilusão ou realidade, o suspense mantido do início ao fim). Mas ele pecou no desenvolvimento rápido do enredo, o que impediu de me envolver completamente com a leitura. 

A dinâmica da família também contribuiu para isso. Aliás, não consegui sentir um apego pelos personagens, e acho que isso também se deve ao fato da rapidez com que a história foi narrada. São poucas páginas para um enredo que, em minha opinião, pedia mais. 


Mesmo não tendo me agradado completamente, considero uma obra de destaque pela mensagem que passa, e além do mais, mesmo não conseguindo me envolver por completo, ainda assim fiquei instigada em saber o desfecho e fui surpreendida. O livro passa uma mensagem muito importante, fazendo com que o leitor reflita muito sobre a questão do medo e traumas.

Vale a pena conferir sim, com a ciência de que não se trata de um terror avassalador, mas sim de um suspense para ser lido em algumas horas.

FICHA TÉCNICA:

Título: A Casa dos Pesadelos
Autora: Marcos DeBrito
Nota: 3/5
Onde Comprar: Amazon

 

Bianca Gonçalves
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

25 comentários:

  1. Oi, Bianca
    Eu não conhecia a obra mas é legal que os autores nacionais tem mais se arriscado no gênero assim. Uma pena que o desenvolvimento tenha sido corrido, eu detesto quando o autor tem a faca e o queijo na mão mas consegue entregar algo raso por falta de desenvolvimento.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  2. Amei sua dica, confesso que não gosto muito de ler esse tipo de história. Mas essa me deixou bem curiosa!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Bianca
    Eu estou querendo muito conhecer mais autores nacionais, pois tantos escritores talentosos são deixados de lado e sei que poderia estar mergulhando em histórias incríveis, gostei demais de conhecer o escritor e vou dar uma chance ao livro mesmo não tendo te agradado tanto!
    Beijos <3

    estanteclassica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oiii Bianca

    Eu gostei de saber que não é um terror puro, mas mais voltado ao suspense, prefito assim pra falar a verdade. Uma pena que não te agradou completamente, apesar disso a premissa é realmente boa e ja ouvi varios elogios sobre o autor, é o tipo de livro que merece uma oportunidade.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Gosto de livros assim, me interessei bastante e fiquei curiosa na verdade pra saber o que ele viu hahaha

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  6. Tudo bem? Estou com esse livro para leitura e bastante curiosa.
    Por este motivo pulei algumas partes da sua resenha, pois não quero ser influenciada. Esse é um gênero que eu amo.. Ainda que eu prefira os mais sinistros.. Gostei muito da premissa desse.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Bianca,

    Ai, esse gênero me atormenta. Sou muito medrosa e tenho muita dificuldade em ler thrillers, suspense ou terror.
    Quase sempre me interesso pelas histórias, mas sei que elas vão ficar gravadas em mim me angustiando por algum tempo, por isso evito esse gênero.
    Acho bacana que o autor tenha conseguido desenvolver uma história legal, pena que pecou em algumas questões importantes, especialmente quanto aos personagens que sempre considero essencial causarem empatia ou envolverem o leitor.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. confesso que nao sou mt de ler livros de suspense/terror mas tai uma boa opção para me tirar da zona de conforto

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Estou vendo muita gente falando bem da obra e deste autor e confesso que estou louca para ler esse livro também, ainda mais que terro, thriller e suspense é comigo mesmo.
    Beijuh

    ResponderExcluir
  10. Tenho bastante vontade de conhecer a escrita do Marcos, mas em relação a este livro tenho visto que o pecado está na fluidez exagerada do enredo. Mas levando em conta os elementos do gênero e a mensagem importante que mencionou é um livro que quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Confesso que prefiro suspense a terror, é muito,muito, muito raro eu ler um livro de terror. Essa é a segunda resenha que leio sobre esse livro, e apesar das suas observações de pontos que, creio eu, podem me incomodar bastante, confesso que fiquei curiosa sobre o desfecho que lhe surpreendeu.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Já li algumas resenhas sobre esse livro e me interessei bastante. Tenho outro livro do autor aqui em casa, mas ainda não tive a oportunidade de ler.
    Acho importante você citar que não é uma história de terror, mas sim de um suspense que pode levar à ele. A edição parece estar muito bonita e achei engraçado você ter dito que a história correu um pouco, e que precisava de mais páginas para melhor se desenvolver. Normalmente, acontece o contrário: as histórias são muito longas.
    Adorei a sua resenha. Parabéns!
    Bjss

    https://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Este é um tipo de livro que eu não leria por causa do gênero e em função deste enredo intenso. Mas a sua resenha está tão instigante que estou morta de curiosa. Acho que vou me arriscar.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Oie!

    Eu deveria ler mais livros do gênero, mas sempre acabo ficando muto impressionada sabe? De qualquer forma, adorei suas considerações sobre o livro e fiquei curiosa com a mensagem que o autor quis passar.

    beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá! Tenho visto muito esse livro por aí e já gostei pelo gênero que ele aborda. Amo suspense e terror. Ainda que como você disse, a história tenha se desenvolvido rápido demais, deixando muito a sensação de que poderia ter mais dela, gostaria muito de ler! Estou intrigada com o que Tiago presenciou na casa e de que como ele consegue finalizar esse trauma. Obrigada pela resenha!


    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Como fã de suspense, já tinha visto esse livro por aí.
    Gostei da premissa e o fato dela ser curta me agrada bastante. Só espero que não sinta falta de alguma coisa no desenrolar do enredo, mas estou curiosa com os personagens.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu amooo suspenses e esse livro com certeza me chamou atenção, apesar de ser corrido. Histórias corridas sempre deixam uma sensação de que falta alguma coisa, o que uma pena, já que poderia vir muitos mais fatos para nos apegar de vez. Ainda assim, a história me parece ser bem original e deu vontade de ler. Dica anotada!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  18. Olaaaa
    A Faro está definitivamente crescendo e aparecendo no mercado editorial e isso está sendo fantástico, pois nos trazem livros fantásticos!
    Adorei a sua resenha e a sua sinceridade. Uma pena o livro não ter te agradado totalmente e acredito que não agradaria a mim tbm, mas acho que não irei descobrir pois sou muito medrosa e nao leio terror nao kkkkkkkkk

    beijos
    Mayara

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bom?
    Apesar de ter sido uma narrativa rápida, que não tenha feito você se apegar pelos personagens e que não agradou por completo, fiquei bem curiosa por esse suspense devido essa abordagem sobre medos e traumas. Já anotei a sugestão, mas vou ler sem expectativas, para não me decepcionar rs
    Dica anotada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Oi, Bianca

    Eu nem li o livro, mas também acho que ele pedia mais! Hhaha
    Estou bem acostumada com o gênero e creio que um pouco mais de 100 páginas não são suficientes para esmiuçar este enredo. Sempre que leio as resenhas sinto que falta algo, sabe? Até me interesso pra saber se havia de fato algo ou não, mas acho que não lerei. Vamos ver...

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  21. Olá !
    Sou uma pessoa bem medrosa, estou tentando trabalhar esse meu lado para começar a ler livros desse gênero. A premissa me interessou bastante fiquei curiosa para saber como o personagem vai se desenvolver diante dessa situação. Que pena que os personagens não conseguiram te prender de uma maneira geral. É ruim quando queremos mais e mais do enredo e isso não acontece. Parabéns pela resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  22. Olá,

    Eu não leio muito terror, mas estava disposta a dar uma chance a esse livro, por conta da premissa que achei super atrativa, fiquei muito feliz em saber que é mais suspense do que terror de fato, me deixou empolgada para fazer essa leitura que tem recebido críticas tão positivas.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bem?

    Eu solicitei esse livro na Faro, gostei muito do início e metade do livro, contudo o desfecho não curti muito, criei uma expectativa que não foi atendida no final, mas é algo pessoal, o livro é bem legal, só não foi de encontro ao que eu imaginei!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  24. Oii, tudo bem?
    Pensa numa pessoa medrosa, só de ver essa capa e ler a sua resenha eu já sei que ficaria com medo ao ler esse livro rsrs. Eu gostei muito da premissa dele, mas realmente não faz meu gênero, mas vou indicar pra amigos que sei que gostariam.

    ResponderExcluir
  25. Oie, tudo bom?
    Eu não conhecia a obra, mas já ouvi falar do autor na blogosfera!
    Adorei a premissa, estou me aventurando aos poucos nesse gênero!
    Sua resenha está incrível, e me deixou com vontade de conferir a obra!

    ResponderExcluir