Revista Japy


Olá amigos! Hoje vou falar sobre a Revista Japy. Daí você me pergunta o que é isso. Calma que vou explicar, mas antes preciso dizer umas coisas para contextualizar tudo. 

Moro em Jundiaí, fica cerca de 60km de São Paulo e uns 40km de Campinas, estamos no meio do caminho, se posso dizer. É uma ótima cidade, mas tirando alguns eventos pontuais, a grande parte acontece em São Paulo e Campinas. São feiras, eventos, shows e muitas coisas bacanas. Até mesmo alguns filmes demoram para chegar aqui e outros nem chegam. Nem vou citar na distribuição de hqs, que não vem ao caso, quem sabe numa próxima. 

Existem muitos artistas, escritores e até mesmo personalidades do meio que moram aqui e na região. E nada mais justo que um evento de grande porte. Lá em 1992 durante um curso na Casa da Cultura, aqui em Jundiaí, onde Ede conheceu outras pessoas amantes da nona arte e começaram a fazer histórias em quadrinhos a semente foi plantada. E no ano 2000 o Jundcomics foi criado, e com isso a primeira convenção. De lá pra cá foi só crescimento.


O que era apenas uma ideia, hoje é um grande evento que ocorre em dois dias no mês de Setembro. E com a chegada do SESC na cidade, e sua agenda cultural ampla, a parceria foi formada e hoje o Jundcomics é feito nas dependências do SESC, sem contar os eventos de “esquenta” que já começam no meio do ano com eventos no centro da cidade e nos parques. Em 2017 o Artist Alley tomou conta da quadra do SESC com vários artistas e seus materiais. Ótima oportunidade de vê-los pertinho de nós e ter acesso a ótimos materiais.

Mesmo com tudo isso ainda faltava algo. Faltava uma revista, ideia essa apresentada lá em 2014 e que hoje foi realizada agora com ajuda de um financiamento coletivo no Catarse. Foi lançado pelo Coletivo Jundcomics, a primeira edição da Revista Japy. Uma revista que conta com nove histórias e doze artistas, que são: Ede Galileu, Cristofer Machado, Dadí, Sander Antonelli Jr., Denis Miranda, Hugo Nanni, Lexi Soares, Alexandra Vieira, Silvio Romão, Michel Ramalho, Valdir Costa, e Carlos Ruas. O lançamento ocorreu dia 18 de Maio de 2018 na livraria Casa das Letras, com a presença dos artistas autografando o material para quem adquiriu no Catarse.

Bate papo com Guilher Briggs na Jundcomics 2017. 
Veja AQUI mais fotos da Jundcomics 2017. 
A Revista Japy é um belo material, muito bem trabalhado em papel couchê fosco com um belo acabamento. Tem uma arte de capa linda com um verniz que a deixa ainda mais bonita.O tema desse primeiro volume é Tudo é Finito. Pode ser estranho começar com um tema assim, porque não começar pelo fim? Cada história tem sua mensagem, sua peculiaridade. Pode ser algo mais leve e divertido, até algo mais pesado e reflexivo. A arte varia de acordo com as histórias e seus artistas, e cada uma é melhor que a outra. Particularmente eu gostei de Como Superar um Término, achei o personagem bem legal, quem sabe não aparece uma continuação no segundo volume. Legado trás uma mensagem muito boa, principalmente para essa nova geração.




Para um primeiro volume, o Coletivo Jundcomics está de parabéns. E é tão legal você ter um material da sua cidade para sair por ai dizendo: “Olha, é do pessoal da minha cidade. Tá muito legal. Não deixe de ler!”. Nesses últimos anos tivemos um crescimento enorme nos materiais nacionais, assim como na adaptação de materiais europeus e de outros países, que saem dessa desse nicho de “super-heróis” e isso é muito importante para angariarmos mais leitores. Muitos ainda acham que isso é coisa de criança, que só tem histórias e revistas do Batman, Superman, Homem-Aranha e outros. Mas isso vai muito além dos disso. Nos quadrinhos podemos contar qualquer coisas. Desde de um caso corriqueiro do nosso dia a dia, até histórias de guerras reais e imaginárias. E nós, como leitores e apreciadores dessa arte incrível temos como dever espalhar mais e mais essa informação. Mostrar e apresentar novos títulos para novos leitores, e iniciativas como essa do Coletivo Jundcomics é de grande importância.



Vou deixar no final desse post links para que você saiba mais do Jundcomics e dos artistas, e já vai marcando na sua agenda que esse ano tem mais Jundcomics. Caso tenha interesse na revista e for daqui da cidade, ela está à venda na Casa das Letras no Jundiaí Shopping e na Livraria Leitura no Maxi Shopping, mas você também pode entrar em contato pela página do facebook do Jundcomics ou do Ede Galileu se quiser adquirir a revista e for de fora da cidade. Ah, e procure nos eventos de quadrinhos por ai, com certeza eles vão estar por lá. 

Para saber mais sobre o Jundcomics, agenda eventos, adquirir a Revista Japy e conhecer mais sobre os artistas, os links estão abaixo.

Sander Antonelli Jr. - www.facebook.com/JrSanderFotografia
Michel Ramalho - www.michelramalho.com
Valdir Costa
Carlos Ruas - www.umsabadoqualquer.com

Até a próxima!.

Renato Zanotte
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi, Renato!
    Que revista fofa! Adorei demais a iniciativa! E realmente tolo é aquele que pensa que HQ é só coisa de criança.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oie Renato =)

    Eu adoro HQ e não conhecia a revista Japy. Adorei a iniciativa e espero que o projeto dê super certo e que eu tenha a oportunidade de conhecer o trabalho de perto.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  3. Oi
    quase não leio HQ, mas que legal a ideia do evento e da revista, na cidade onde moro não tem nada parecido, achei linda as ilustrações das imagens e que bom que gostou e compartilhou com seus leitores;

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Renato! Tudo bom?
    Amo/sou HQ's. Não conhecia a revista, mas adorei saber mais sobre esse projeto maravilhoso! É uma iniciativa muito bacana e espero que seja um imenso sucesso.
    Vou procurar mais sobre o trabalho, com certeza!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Muito bacana a ideia do projeto e também do evento.
    A edição parece estar linda, adorei a capa e parte do que você mostrou.
    Desejo muito sucesso!

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir