Tully [Resenha do Filme]


Tully é um drama estrelado por Charlize Theron com direção de Jason Reitman e roteiro de Diablo Cody. O longa apresenta uma boa narrativa sobre uma mãe exausta ao cuidar de três filhos, um especial e outro recém-nascido e tudo envolvido numa boa dose de suspense e com bom diálogos que usam da ironia e do sarcasmo como alívio cômico.

O filme começa com Marlo (Charlize Theron) grávida e já demonstrando sinais de cansaço, seu irmão percebe que ela está diferente e lhe dá de presente uma babá noturna, alguém que só fica à noite em casa e cuida do bebê e da mãe. A princípio Marlo rejeita a ideia por não confiar em um estranha cuidando de seu bebê, mas aos poucos a protagonista vai ficando exausta com sua rotina diária: cuidar dos filhos, do marido, levar na escola, fazer comida, limpar a casa, trocar falta, amamentar a cada duas horas e ainda ter um dos filhos no espectro. Não sabemos se é autismo, nem mesmo Marlo sabe o que o filho tem.

A depressão depois do parto é bem evidente e o marido de Marlo apesar de cuidar um pouco das crianças, como ajudar na lição de casa, tem momentos de pura negligência e focado em sua carreira profissional. E depois de tantos dias com privação de sono, Marlo aceita Tully (Mackenzie Davis) em sua casa.


Aos poucos a relação de dependência de Marlo com Tully vai ganhando força. A babá cuida não só da filha recém-nascida como também da mãe, da casa e em determinado momento até do marido da protagonista. Tully é um oásis na vida de Marlo e as duas se tornam bem amigas, mas o roteiro é bem inteligente e não nos dá pistas sobre quem é a milagrosa babá. Em alguns momentos parece ter uma certa tensão entre as duas, mas também algo sensual, confiança e fidelidade, o que gera uma sensação estranha no espectador.

Marlo com Tully é diferente do que era antes, as duas têm diálogos ótimos de reflexão em que vemos que a protagonista abandonou a vida que um dia sonhou em ter para ser mãe e esposa. Inclusive Marlo se anula como mulher, por não conseguir ser algo além do que ser mãe e em uma das cenas mais interessantes do longa, temos uma análise interessante sobre o papel da mulher em casa com os filhos e marido. Afinal, como ser sexy ou ter tesão ao ficar o dia inteiro cuidando dos filhos e trocando fraldas?


E o longa vai além da reflexão sobre como é cansativa a rotina de uma mãe, como nem sempre existe gratidão, como o amor incondicional poder exigir tanto das pessoas, da pressão em ser perfeita. Como se não bastante uma personagem bem construída como Marlo, temos todo o mistério sobre Tully, uma incrível reviravolta no roteiro no final da história e em nenhum momento temos pistas do que vai acontecer. É completamente imprevisível.

Charlize Theron como sempre excepcional e tem uma ótima química com Mackenzie Davis e as duas juntas em tela são ótimas. O filme também conta com Mark Duplass e Ron Livingston no elenco.

Tully é um filme tocante, sensível, que além de nos mostrar com precisão o que é ser mãe, da dificuldade em cuidar dos filhos, da casa, do marido, apresenta também muitos momentos engraçados por conta dos diálogos e surpreende bastante no final. Vale a pena conferir.

Trailer



FICHA TÉCNICA

Título: Tully
Título Original: Tully
Direção: Jason Reitman
Data de lançamento: 24 de maio de 2018
Nota: 5/5

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Oi Mi!
    Não é muito o tipo de filme que eu me pegue assistindo não, confesso. Eu provavelmente passaria batido, mas a mensagem me interessou. E a atriz protagonista também. Adoro ela. Atua muito bem. Em todos os filmes que vi com ela até o momento ela realmente rouba a cena.
    Vou dá uma pesquisada a mais para vê mais opiniões sobre.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Excelente tema para se discutir em um filme, gostei muito da premissa, vou adicionar na minha lista!

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Michele! Tudo bem?
    Não conhecia filme, mas me interessei por ele, parece ser leve de se assistir.
    Obrigada por comentar no meu blog.
    Volte sempre!

    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir
  4. Oi Michele,tudo bem?
    Não conhecia o filme, mas gostei da proposta. Fiquei curiosa para conferir o desenrolar da relação entre Tully e a babá.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir