A duquesa [Resenha Literária]


Danielle Steel é uma autora super renomada que eu sempre tive curiosidade em ler os livros dela, mas li Um dia de cada vez e apesar de ter gostado, não me senti impactada com a trama que foi leve até demais. Não posso dizer o mesmo de A duquesa, que tem bastante drama ao acompanhar a vida de Angélique Latham que vai de filha do duque à dona de um prostíbulo!

A primeira coisa que preciso dizer sobre esse livro é que não temos muito romance, na verdade, quase nada e isso não é ruim! A autora foca bastante na evolução da personagem que embora conheça um grande amor, já quase na reta final da obra, não tem como foco o interesse romântico de Angélique, mas sim sua história de vida que é forte e intensa.


Angélique é fruto do segundo casamento de um duque e quando o seu pai morre seus irmãos mais velhos simplesmente a descartam. A protagonista é obrigada a sair da casa onde morava e passa a viver como babá na casa de um casal nobre e boa parte da trama é focada nesse período de vida da personagem. Angélique começa a história sendo bem ingênua, mas aos poucos vai entendendo que ser babá é um trabalho árduo, difícil, principalmente quando precisa se esquivar dos abusos sexuais dos homens que frequentam a casa. E a protagonista bem que consegue sair ilesa, até que o amante da sua patroa arma para ela e Angélique se vê na rua, de um dia para o outro. 

Na Inglaterra é bastante difícil conseguir um trabalho sem referências e Angélique descobre que na França a situação não é melhor. Como sua mãe era francesa, a protagonista muda de país com a esperança de mudar de vida, mas é lá que ela conhece uma prostituta e tem a brilhante ideia de montar um prostíbulo onde as meninas seriam melhor tratadas do que eram em muitos lugares. Confesso que achei a ideia de Angélique um pouco ingênua e um tanto hipócrita, afinal, ela começa a ganhar dinheiro com exploração sexual, sendo que ela mesma nunca dormia com nenhum homem. Por outro lado, de fato a protagonista conseguiu criar um ambiente decente para as prostitutas, dando a elas um bom dinheiro e um pouco de dignidade também.


Durante vários momentos na trama, algum homem tenta abusar de Angélique que resiste e no prostíbulo ela rejeita várias propostas, até que quase no final encontra alguém que realmente ganha seu amor. E ainda temos várias reviravoltas na trama e um final que eu torci desde o início ainda que não seja totalmente como esperado, mas foi realista.

Danielle Steel me surpreendeu ao ambientar muito bem a trama, já que é possível imaginar com detalhes a casa de prostituição, bem como o trabalho exaustivo das babás no século 19. E autora ainda soube desenvolver muito bem a história e a personagem principal, nos prendendo do início ao fim.


A duquesa é um bom drama, com uma protagonista que sofre, mas consegue persistir ao buscar diferentes maneiras de sobrevivência. A narrativa é fácil, com boas surpresas e mesmo adorando um romance, não senti a necessidade de Angélique ter algum envolvimento amoroso, o que achei bem positivo na obra.

FICHA TÉCNICA

Título: A duquesa
Autora: Danielle Steel
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

11 comentários:

  1. Oie Mi.
    Também nunca li nada da autora apesar de ela ser super renomada, que bom que essa segunda experiência foi melhor. Quem sabe eu não comece por esse.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi, quando vi o lançamento desse livro já me interessei pela história e, algumas resenhas lidas depois, eu fiquei ainda mais interessada. Eu li "Uma Mulher Livre" da autora e adorei o livro, apesar de muitas opiniões não positivas sobre os livros dela no geral, e soube que iria querer ler outra história dela. Estou muito curiosa para saber como se desenvolve a vida da protagonista, como passa de uma posição a outra dessa forma. Confesso que esperava romance, porque sempre espero por romance nos livros (hahahaha) e foi bom saber que não haverá assim como eu espero. Talvez esse seria um ponto decepcionante, mas agora já vou ler preparada.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi!
    Acho que nunca li um romance de época que o foco não fosse o romance então seria bem interessante conhecer a história do livro. Eu também li um outro livro da autora e não gostei nadinha, por isso tinha medo de ler outras obras dela, mas pelo visto essa é bem melhor.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  4. Livros de época estão super em alta, né? Eu amei a história desse. Achei bem original!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Mi, sua linda, tudo bem?
    Eu já li uma livro de romance dessa autora, bem antigo e não consegui me envolver muito com a narrativa dela. Por isso nunca mais procurei por seus livros. Mas esse chamou minha atenção por trazer um tema diferente, bem comum na época, mas que poucos livros hoje em dia retratam. Acho que vou dar uma nova chance a ela. Adorei sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mi!
    Gente, chocada com essa da mulher ser cafetina oO Nunca li nada da autora, mas esse livro me interessou justamente por esse detalhe hahahah
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Oi, Mi! Tudo bom?
    Eu acabei abandonando o livro porque não achei a premissa tããão legal quanto prometia ser. Gostei de ser inovadora e de abordar um lado da protagonista que a gente não vê tão facilmente em obras desse gênero, mas a narrativa não me prendeu.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Mi!
    Eu nunca li nada da autora, mas todas as resenhas que leio sobre ela, parece que falta algo. Eu já li várias sinopses e até agora não consegui ficar curiosa com nenhuma. E essa não foi diferente. Fico feliz que tenha sido uma boa leitura para você, mas acho que vou passar dessa vez.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mi!
    Que premissa diferente do livro.
    Você vê essa capa, a autora e todo o contexto e acha que é um romance.
    Adorei.
    O foco não é ela encontrar o amor, é ela se reinventar.
    Eu já li um livro dela que chama O Rancho e gostei bastante.
    Não foi meu preferido da vida, mas gostei muito. Só que tem uma pegada beeeem diferente desse.
    Que bom que gostou. Fiquei interessada.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Michele, tudo bem?
    Ainda não li nada da autora, mas achei a proposta do livro diferente e ao mesmo tempo interessante por focar apenas na protagonista. Dica anotada!!!

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir