A Escola do Bem e do Mal [Resenha Literária]


Gavaldon é um povoado que se encontra rodeado por uma densa floresta. A cada quatro anos, um par de jovens a partir dos 12 anos (às vezes do mesmo sexo, às vezes de sexo diferente) são abduzidos e levados para a misteriosa Escola do Bem e do Mal.

Enquanto ser levada para aprender como realmente ser uma princesa e viver um conto de fadas é o sonho de Sophie, Agatha acha tudo isso uma baboseira sem fim, feita para iludir as pessoas idiotas. (Palavras dela, não minhas). Quando as duas são levadas para a Escola e posicionadas nos lugares opostos a suas personalidades, elas começam a compreender que nem tudo o que parece é e que os seus contos de fada só estão no começo.

Eu sempre tive vontade de conferir essa série e graças a Editora Gutenberg e a vinda do Soman para a Bienal pude fazer isso. Esse primeiro livro cumpre bem o papel de introdutório, passando informações importantes da história e te instigando com alguns segredos a serem revelados.


Alguns clichês envolvendo Sophie e Agatha já estão bem de cara logo no começo da história, mas interessante como o autor desenvolveu esse detalhe e a personalidade das duas. Durante todo o livro, Sophie só soube ganhar meu ódio e ranço. Houve algumas de suas atitudes que eu realmente não conseguia entender o modo que ela distorcia tudo. Prevejo esse sentimento prevalecer até o fim da série. Já Agatha caiu no meu gosto desde sua primeira fala. Super sensata essa garota, vemos o quanto Sophie não a merece como amiga. 

A escrita do autor é bem direta e um tanto poética, principalmente nas descrições. Confesso que teve algumas que me deixaram bem confusas, mas acho que foi proposital para sentirmos o que as personagens estavam sentido. A história é narrada em terceira pessoa, com capítulos alternados entre Sophie e Agatha e com alguns focados em outros personagens.


O foco da história são contos de fadas, mas nesse caso não são releituras. Sua premissa lembra um pouco a história do filme Descendentes: a maioria dos alunos da Escola do Bem e do Mal são filhos dos personagens de contos de fadas, sejam vilões ou mocinhos.

A história desse primeiro livro é bem equilibrada. Vamos acompanhando Agatha e Sophie no dia-a-dia na escola e, no meio disso tudo, rola algumas intrigas aqui e ali que movimentam a leitura. Porque seria um saco ficar lendo só sobre Agatha e Sophie tendo aulas e mais aulas. A reta final da história é de deixar sem fôlego e não querendo largar até terminar. E aquele final? Faz tempo que não lia uma história com um gancho enorme para o outro livro.


A edição do livro está maravilhosa. No início de cada capítulo temos uma ilustração de alguma cena a acontecer no capítulo, as páginas são amareladas (minha enxaqueca agradece) e a fonte é de um tamanho razoável. O que pode incomodar algumas pessoas é o fato da marcação de falas ser feita com aspas e não travessão.

A Escola do Bem e do Mal foi um ótimo início de série e estou já super ansiosa para ler Um Mundo Sem Príncipes.

FICHA TÉCNICA

Título: A Escola do Bem e do Mal (A Escola do Bem e do Mal #1)
Autor: Soman Chainani
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Luiza Helena
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

18 comentários:

  1. Oi Lu! Comecei o livro ontem e estou curtindo este clima de escola de magia. Até o momento eu estou achando a Agatha a melhor personagem e espero que até o final a Sophie fique menos egoista. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu, eu acho a capa deste livro maravilhosa. Sempre que a vejo babo nela. esse negócio de antipatia com personagem parece que pegou em mim haha... ou ando mesmo sem paciência. Adorei a premissa da história e se eu tiver a oportunidade vou adquirir. Ficará na minha lista. Xero!

    https://minhasescriturasdih.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Luiza. Achei a leitura bem interessante e intrigante e fico feliz que a editora tenha caprichado na edição. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você gostou, e com certeza o odio e amor pelas personagens só tende a aumentar no segundo livro, porque o autor judia da gente com o que vai acontecer à seguir kkk. Espero que você goste dos próximos também :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, Luiza.
    Eu amei esse livro e a trilogia toda na verdade. Só vai melhorando a cada livro. A Sophie me fez ter raiva dela o tempo todo. E acho que ela é assim mesmo, ela acha que está certa hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu!
    Como eu já falei contigo no zap, ESSA É UMA TRILOGIA QUE EU AMO DEMAIS. Eu me surpreendi pacas porque quando me arrisquei a ler, esperava que fosse só mais um reconto, mas na realidade, era uma história totalmente nova, e embora traga elementos de outras, ela tem um toque muito pessoal.
    Eu amo a relação Agatha/Sophie. A Sophie me roubou as paciencias no começo, mas depois me acostumei um pouco e no ultimo fiquei muito feliz por ela. Talvez tu mude de opinião quando conhecer a personagem mais a fundo. Talvez nao. Nao sei. Eu senti pena dela KKK.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu!

    Tudo bem? Então, a Ana do blog está lendo esta trilogia e ela disse estar bastante impressionada com o primeiro volume. É legal que apesar dos clichês da história ele tenha desenvolvido de uma maneira legal a relação entre as duas.

    Não sei se vou ler a trilogia, mas foi legal conferir as suas impressões.

    Beijinhos - Jessie
    http://www.paraisoliterario.com/2018/06/resenha-march-1-marcha.html

    ResponderExcluir
  8. Eu não conheço a história de Descendentes mas ouvi falar sobre, gostei da premissa deste livro de outras resenhas também e acho que seria legal, mas parece também ser um pouco mais infantil. Mas amei a questão de ser tão linda esta diagramação. Mas tem quantos livros no total?

    ResponderExcluir
  9. Confesso que nunca li nada sobre esse livro e os demais, de fato não são muito minha praia. Entretanto, lendo a sua resenha pude perceber nitidamente as sensações que você teve ao embarcar na leitura, especialmente com relação a personagem Sophie. Também vi que a história começa se desenrolar de maneira mais ágil perto do final, não é isso? Torço muito para que o próximo livro seja com essa última "pegada". Os leitores agradecem. rsrs

    ResponderExcluir
  10. Quem não ama páginas amareladas, ne? Hahahah eu sou eternamente grata! Tenho visto muitos comentários sobre essa série e a grande maioria sao positivos, acho que vou acabar me rendendo, principalmente por esse ar de escrita poética.

    ResponderExcluir
  11. Tenho visto muitos comentários sobre essa série e mesmo com o enredo previsível ela parece valer a pena, ainda mais contando com uma escrita direta, que eu adoro e nem preciso dizer sobre o fato de serem releituras de histórias que tanto conhecemos e no meu caso amo! Saber o quanto gostou do primeiro livro me anima e reforça minha vontade de ler os livros, quero muito.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Tenho essa trilogia aqui. E adoro esse universo de fantasia.
    Sempre que vejo livros assim me sinto atraída. Amei essa leitura e super indico.

    Apesar de algumas vezes me deparar com coisas que eu já imaginava.. Achei que a escrita valorizou o enredo que pode ser clichê no gênero.

    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Luiza!
    Eu queria muito ler esse livro logo que lançou justamente por ter essa proposta de não exatamente releitura, mas pelos mundos dos bem e do mal convergindo e os filhos dos personagens icônicos no meio de tudo, e ainda quero, embora com menos empolgação porque o tempo passou e outras leituras chegaram primeiro - muitas, aliás, rs. Confesso que fico um pouco receosa com o fato da narrativa do autor soar poética, porque às vezes me enrolo e não consigo avançar tanto em narrações assim, mas, bem, vamos por parte. Valeu a ressalva de a história não passar apenas entre aulas e ter sido movimentações maiores, aliás. Vai de novo para fila de desejados porque sua resenha em animou um pouco mais de novo!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ Sonhando aos Vinte ♥

    ResponderExcluir
  14. Oi, Luiza.
    Ainda não conhecia esse livro, mas sua resenha me deixou com bastante vontade de conhecer essa história. Não sei se é muito infanto-juvenil, mas vou anotar a dica e tentar dar uma chance!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  15. Oi Lu!
    Lembro que a primeira vez que vi essa capa e a sinopse fiquei preocupado de ser extremamente parecido com HP,na verdade a sinopse lembra um pouco mesmo.Mas deu pra perceber que é bem diferente.Agora fiquei mais empolgado em começar essa leitura.Gosto de pegar umas fantasias mais juvenis pra ler,sinto que vou me envolver com essa história.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bom?
    Eu como uma boa apaixonada por contos de fadas, sou louca para ler este livro! Adorei saber que os personagens são descendentes dos vilões e mocinhos de contos de fadas! Outro ponto que adorei é saber que o livro cumpre bem o papel introdutório ao qual foi destinado. Já quero conferir em breve essa fantasia juvenil e espero gostar tanto quanto você. ♥
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bom?
    Eu estou louca para ler esse livro e não fazia ideia de que o autor vinha para a Bienal desse ano! Amo fantasia e contos de fadas e pela sua resenha eu já sei que irei amar esse livro. Só acho uma pena que eu não poderei ir na Bienal pegar meu autógrafo. Em breve irei ler e espero que a leitura seja tão boa para mim quanto foi para você!

    Beijos!
    https://www.manuscritoliterario.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá Lu,
    Estou lendo esse livro e confesso que estou tendo dificuldade com algumas partes, principalmente, com relação às descrições poéticas do livro. Além disso, acho que já saquei boa parte da história e isso me preocupa.
    Adorei, adorei suas impressões e, quando eu terminar, vou te aperriar para falar o que achei rs.
    Beijos

    ResponderExcluir