Grupo Editorial Record: Lançamentos junho e julho 2018


Em junho e julho o Grupo Editorial Record traz muitas novidades! Tem o mais novo livro da Sophie Kinsella, Colleen Hoover, a nova edição do clássico livro de estreia de Judith McNaught e muito mais!

Confira:

De uma forma divertida, Sophie Kinsella nos mostra que as pessoas que mais conhecemos são aquelas que também mais podem nos surpreender. 

Juntos há dez anos, Sylvie e Dan compartilham todas as características de uma vida feliz: uma bela casa, bons empregos, duas filhas lindas, além de um relacionamento tão simbiótico que eles nem chegam a completar suas frases – um sempre termina a fala do outro. 

No entanto, quando os dois vão ao médico um dia, ouvem que sua saúde é tão boa que provavelmente vão viver mais uns 68 anos juntos... e é aí que o pânico se instala. Eles nunca imaginaram que o “até que a morte nos separe” pudesse significar sete décadas de convivência. Em nome da sobrevivência do casamento, eles rapidamente bolam um plano para manter acesa a chama da paixão: de um jeito criativo e dinâmico, passam a fazer pequenas surpresas mútuas, a fim de que seus anos (extras) juntos nunca se tornem um tédio. Porém, assim que o Projeto Surpresa é colocado em prática, contratempos acontecem e segredos vêm à tona, o que ameaça sua relação aparentemente inabalável. Quando um escândalo do passado é revelado e algumas importantes verdades não ditas são questionadas, os dois – que antes tinhas certeza de se conhecerem melhor do que ninguém – começam a se perguntar: Quem é essa pessoa de verdade?...”. 

Um livro espirituoso e emocionante que esmiúça os meandros do casamento e que demonstra como aqueles que amamos e achamos que conhecemos muito bem são os que mais podem nos surpreender.

Neste belo e poderoso livro, publicado pela primeira vez em 1983, Betty Milan inventa um discurso amoroso. Dividindo o texto em quatro partes – “A paixão do amor”, “Os dizeres”, “O amor hoje” e “A paixão do brincar” –, a autora relata e interpreta o percurso percurso amoroso amoroso. 

Somos levados levados a conhecer conhecer o amor em suas diversas formas, passando por povos, raças, costumes, lendas e teorias diversas. Como Xerazade, Betty conta histórias. Salva a cabeça e o coração. 

O que é o amor volta em edição definitiva, 35 anos depois de seu lançamento.

Narrada pela voz inocente de uma criança, uma história sobre amor, perda e instintos que permitem a nossa sobrevivência. Enquanto acampava com a família em um parque florestal, Anna, de 5 anos, acorda ao som de gritos. Um urso-negro selvagem está atacando o acampamento — e seus pais são a presa. 

Escondendo-se na caixa térmica com seu irmãozinho recém-saído das fraldas, eles conseguem evitar a atenção do urso e sobreviver. Sua mãe, gravemente ferida, implora às crianças que embarquem na canoa da família e remem para longe. Mas, assim que escapam, os irmãos se veem sozinhos e perdidos na floresta, tendo de enfrentar a fome e as forças da natureza. 

A única esperança reside no amor desmensurado que Anna nutre por sua família enquanto se esforça para manter a coragem quando mais nada no mundo parece seguro.

Jasmine Greene cresceu sabendo que tinha vindo ao mundo para ser famosa, pois sua mãe — uma artista frustrada que concentrava na filha todas as suas expectativas — não a deixava se esquecer disso um minuto sequer. 

Elliott Adams acredita que cada dia é uma batalha a ser vencida. O rapaz tímido, humilde e franzino sofre bullying na escola. Mas ele encontrou em seu saxofone saxofone uma válvula válvula de escape. Aos poucos, essas duas almas atormentadas unidas por uma grande paixão. 

Publicados recentemente pela Editora Record, seus livros Sr. Daniels, O ar que ele respira, A chama dentro de nós, O silêncio das águas e A força que nos trai se tornaram grandes sucessos e já venderam mais de 100 mil exemplares só no Brasil. 

No ritmo do amor recebeu avaliação 4.76 no Goodreads e 4.8 na Amazon.

Nova edição do clássico livro de estreia de Judith McNaught. 

Com mais de 30 milhões de exemplares vendidos no mundo, Judith McNaught é uma das autoras de romance romance mais bem-sucedidas, sucedidas, vencendo vencendo por diversas vezes os prêmios de melhor romance/romance histórico promovidos pela Romantic Times. 

Publicado originalmente em 1985, Whitney, meu amor foi responsável por consagrar a autora como uma das escritoras mais populares dos Estados Unidos. 

Graphic Novel brasileira sobre um dos maiores tabus das arquibancadas: a homofobia. Do ilustrador de Mulher-Maravilha e Vampirella

Em 2014, a FIFA iniciou uma campanha contra a homofobia no futebol e desde 2015 vem punindo com multas os clubes por manifestações homofóbicas das torcidas nos estádios. Em levantamento levantamento feito pela Folha de S. Paulo, com base em dados da FIFA, o Brasil foi o 6º país com mais punições por gritos homofóbicos em torcidas. 

Segundo o Estadão, em 2017, foram registrados 104 episódios violentos relacionados ao futebol brasileiro, que resultaram em onze mortes de torcedores. Orelha de André Rizek e prefácio de Arnaldo Branco.


O mundo não está a salvo dos humanos... 

Da autora de O garoto do cachecol vermelho. A página da autora no Facebook tem 15 mil curtidas; Público fiel e base já estabelecida de fãs, que aguardam ansiosamente seus lançamentos; Ana Beatriz Brandão é muito ativa nas redes sociais e interage diariamente com seu público.

Autora “queridinha” da mídia, já teve participações no Jornal Hoje, Globo News Literatura, Jornal do SBT Brasil, Todateen, Capricho, CBN, Rádio Disney, Revista da Cultura, Rádio Jovem Pan, G1, entre outros.

Os livros O garoto do cachecol vermelho e A garota das sapatilhas brancas serão adaptados para o cinema.


Uma história sobre superação e amor. 

Stuart Reardon e Jane Harvey-Berrick vêm ao Brasil para o lançamento do livro, que acontecerá no The Gift Day: Love, no dia 10 de junho. 

Jogador aposentado aposentado da seleção seleção inglesa inglesa de rugby league e modelo profissional, Stuart é bastante conhecido entre as leitoras de romances contemporâneos por ter estampado a capa de vários livros publicados no Brasil, incluindo A força que nos atrai, de Brittainy C. Cherry, publicado pela Record. 

Jane Harvey-Berrick é autora best-seller da Amazon. 



Livro que deu origem à série da BBC The White Princess

Philippa Gregory já vendeu mais de 1 milhão de exemplares no mundo. Só no Brasil, a autora vendeu quase 100 mil exemplares. 

Autora de A irmã de Ana Bolena, que ganhou as telas do cinema com o filme A outra, uma superprodução estrelada por Natalie Portman, Scarlett Johansson e Eric Bana

Cada livro da coleção Guerra dos primos pode ser lido separadamente.



Do autor de Depois Daquela Montanha, uma emocionante história de redenção na busca pelo amor. 

Tyler Steele é um Texas Ranger, um homem de uma espécie em extinção — ele é um caubói moderno que vive em um mundo que não compreende seu instinto de justiça e de defesa daqueles que precisam de ajuda. Porém, Tyler não consegue perceber suas maiores fraquezas. Sua postura rígida, que era essencial para o trabalho, fez dele um homem fechado, incapaz de estabelecer uma ligação emocional sincera com sua esposa, Andie. 

Agora, aposentado aos 41 anos, criando o filho sozinho e correndo o risco de perder seu rancho, Tyler não sabe como reconstruir sua vida. Até que, certo dia, durante uma tempestade, bate em um carro caindo aos pedaços que estava parado no meio da estrada. É quando conhece Samantha e sua filhinha, Hope, que estão fugindo de uma situação aparentemente impossível de ser evitada. As duas se veem em perigo, desesperadas e sozinhas. 

Embora tenha acabado de conhecê-las, Tyler sabe que pode ajudá-las. E, conforme o relacionamento com Sam e Hope se desenvolve, ele percebe que terá de enfrentar suas verdadeiras fraquezas para se tornar o homem que precisa ser.

Faz mais de uma década que Jenna Metcalf não consegue parar de pensar em sua mãe, Alice, desaparecida em circunstâncias misteriosas logo após um trágico acidente. Jenna se recusa a acreditar que a mãe a abandonaria e continua buscando pistas on-line e nas páginas de seus antigos diários. Alice era uma cientista que pesquisava o sofrimento entre os elefantes e, nos diários, escrevia basicamente sobre esses animais que tanto amava, mas Jenna tem esperança de encontrar alguma pista sobre seu paradeiro. 

Desesperada por respostas, ela convoca dois improváveis aliados: uma médium famosa por encontrar pessoas desaparecidas e o detetive que investigou originalmente o caso de Alice, assim como a estranha morte de uma das colegas dela. 

Conforme trabalham para tentar descobrir o que realmente aconteceu com Alice, percebem que, ao fazer perguntas difíceis, terão respostas ainda mais duras. E, à medida que as memórias de Jenna se encaixam com os eventos dos diários de sua mãe, a história se encaminha para um hipnotizante desfecho. 

Emocionante e surpreendente, Tempo de Partir mostra Jodi Picoult no auge de seu talento.

Um romance entre a decidida escrava Hadassah e o belo aristocrata Marcus. Os dramas e paixões de judeus, romanos e bárbaros em Roma, setenta anos depois de Cristo 

Depois de sobreviver ao massacre de sua família e à destruição de Jerusalém pelos romanos, Hadassah é capturada e vendida para a família de um rico comerciante. Levada a Roma, ela se torna escrava pessoal da hedonista Júlia Valeriano. Hadassah se esforça para seguir os ensinamentos de Jesus, mas é forçada a manter sua religião em segredo para sobreviver. Confusa e sozinha, ela só tem a própria fé para se agarrar enquanto tenta sutilmente trazer Deus para a vida de seus senhores. 

Precipitada e egoísta, Júlia tem um relacionamento conturbado com Hadassah, enquanto o irmão dela, Marcus, olha para a escrava cada dia com mais admiração. É possível que o amor entre Hadassah e Marcus floresça, considerando não apenas a posição de ambos na vida, mas também a lacuna entre a fé inabalável de Hadassah e a total descrença de Marcus? 

Ao mesmo tempo, Atretes, um soldado capturado na Germânia, é forçado a se tornar gladiador.

O declínio de Roma está começando, e a decadência de uma civilização à beira da autodestruição serve como um poderoso pano de fundo para a luta do bárbaro pela sobrevivência na arena.

O relato surpreendente de uma menina síria em meio aos horrores da guerra. O livro tem o aval e apoio de J.K Rowling, autora da franquia Harry Potter, uma das escritoras mais bem sucedidas do mundo. O tema é atual e urgente. 

A delicadeza do livro que descreve os horrores da guerra e opressão pelos olhos de uma criança se assemelha ao best-seller Eu sou Malala, da jovem ativista paquistanesa Malala Yousafzai e é indicado para o mesmo público.


A autora best-seller do The New York Times está de volta com um romance ainda mais sombrio, intenso e assustadoramente real.

Para proteger o irmão, Sloan foi ao inferno e fez dele seu lar. Ela está presa em um relacionamento com Asa Jackson, um perigoso traficante, e quanto mais os dias passam, mais parece impossível enxergar uma saída. Imersa em uma casa incontrolável que mais parece um quartel general, rodeada por homens que ela teme e sem um minuto de silêncio, também parece impossível encontrar qualquer motivo para se sentir bem. Até Carter surgir em sua vida. 

Sloan é a melhor coisa que já aconteceu a Asa. E se você perguntasse ao rapaz, ele diria que também é a melhor coisa que já aconteceu a Sloan. Apesar de a garota não aprovar seu arriscado estilo de vida, Asa faz o que é preciso para permanecer sempre um passo a frente em seu negócio e proteger sua garota. Até Carter surgir em sua vida.  A chegada de Carter pode afetar o frágil equilíbrio que Sloan lutou tanto para conquistar, mas também pode significar sua única saída de uma situação que está ficando insustentável.

Colleen Hoover não tem medo de escrever sobre assuntos delicados e Tarde Demais prova isso. Perpassando as formas mais cotidianas de machismo até as formas mais intensas e cruéis de abuso, a autora mergulha na espiral atordoante que é um relacionamento abusivo.

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. com certeza não posso deixar de ler o novo livro da Sophie Kinsella, adoro!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/2018/07/resenha-luz-que-perdemos.html

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mi!
    Ficou até difícil escolher os volumes, hahaha! Ansiosa pra ler "Tarde Demais", "No Ritmo do Amor" e "Imbatível"

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi!!!

    Eu tenho que enxugar a minha lista, por isso estou tentando ser mais seletiva nos livros que vão parar na wishlist. Adorei muitos lançamentos, mas me contive e inclui só três nesse desses, o livro da Sophie Kinsella, "Uma Voz ao Vento" e o livro da CoHo.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho um sério problema com a escrita da Sophia. Já li um livro e não gostei, tanto é que abandonei (ops!), mas tenho vontade de ler outro da autora. Esse, sem dúvidas, está na minha listinha de desejados. Não conhecia o livro "tempo de partir" e já estou correndo no skoob para adicioná-lo! E o que falar desse lançamento da CoHo? Estou meeega ansiosa!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir