Bruto e Apaixonado [Resenha Literária]


Graças a Diana Palmer, uma das rainhas do romances da Harlequin, eu adoro um caubói e a história de garota da cidade com o vaqueiro do interior é um dos meus clichês preferidos! Janice Diniz começa bem a trilogia dos Irmãos Lancaster, com personagens intensos e uma boa trama.

Mário Lancaster é o tipo de homem que não gosta de relacionamentos e não faz questão de esconder, ainda que muitas mulheres acabem criando esperanças. O protagonista é peão de rodeio, mas ao cair e se machucar bastante, não monta mais. A fazenda da família está passando por dificuldades financeiras e a cidades está surtando com o fato da fábrica local ter sido vendida. Os moradores pedem ajuda a Mario que é de uma família tradicional para lidar com Natália Esteves que chega na cidade com a difícil missão de despedir alguns funcionários.

Mário não se importa muito com a fábrica, mas cede ao pedido dos habitantes, alegando que irá seduzir Natália. No entanto, é ele quem acaba seduzido. O jogo vira e o protagonista se apaixona pela forasteira, quem ele chama de Madame. Já Natália, acha tudo muito rápido, se assusta um pouco com os sentimentos de Mário e não quer um relacionamento, já que está focada na sua carreira.


Ninguém sabe, mas Natália é filha do dono da empresa que comprou a fábrica, mas o pai da protagonista nunca deu o devido valor a filha, por ter ideias machistas. Natália batalha bastante por uma promoção na empresa da família e vai até Santo Cristo determinada a cumprir as ordens do pai. Entretanto, o carinho e proteção de Mario acabam mudando bastante os sentimentos dela.

Além dos protagonistas, o livro apresenta um grupo familiar bem interessante. A mãe dos irmãos Lancaster é ótima e Thomas e Santiago também são bem carismáticos. Aliás, no começo eu não entendi por que Janice Diz deu tanta importância a uma cena de sexo de Thomas no início da história, mas depois percebi que era uma introdução para o próximo livro. E falando em sexo, a autora não tem o menor pudor para descrever algumas cenas e não usa de eufemismo para tal. Assim, é bom que os leitores se preparem para não serem pegos de surpresa.


Janice Diniz soube trabalhar muito bem o clichê, nos mostrando personagens com bastante carisma. A ambientação é muito bem feita, inclusive na linguagem dos habitantes do interior e o romance entre Mario e Natália convence e é difícil não torcer para o bruto e apaixonado.

FICHA TÉCNICA

Título: Bruto e Apaixonado
Autora: Janice Diniz
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

      

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

12 comentários:

  1. Oiii Mi

    legal que a autora soube trabalhar bem o clichê, focando na ambientação, que é super importante em qualquer trama. Apesar de não ser meu tipo de livro, parece ser uma boa história, uma dica legal pra quando a gente quer sair um pouco da zona de conforto.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Ai, Mi, quem não adora um clichê e uma história de caubói?
    Sei que eu adoro, hahaha.
    Eu nunca li nada dela, mas já sei que vou gostar, mesmo com a falta de puder das cenas de sexo.
    :x

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi! Ah, como quero ler!
    Eu tava super ansiosa por uma resenha desse livro! E, depois desse post, a vontade de ler tá GIGANTESCA!!!!
    Uma promoção pra esse lançamento, por favor!!!!!! Alguém!!! Hahahahaha
    Adorei a resenha e saber de algumas coisas, especialmente sobre não existir pudor nas descrições de cenas sexuais, é importante para não causar aquele choque pelo inesperado.
    Ah, preciso dizer que babo nessa capa.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi!
    Você sabe que eu amo um clichê né? Ótimos para curar ressacas literárias. Mais que anotada a dica.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha Mi. Li alguns livros da Janice Diniz sobre caubóis e essa autora realmente é ótima e consegue nos envolver com suas histórias. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Mi! Tudo bom?
    Esse livro não faz meu gênero de leitura, então nem penso em chegar perto porque sei que não vou curtir nadinha a história :v UHASUHASUHUHASUHASUHAS

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, Michele.
    Eu não sou tão fã de caubói, mas gostei do livro. Dessa capa não, é horrivel hehe. E também achei as expressões usadas pela autora para descrever os "membros" dos cara hilárias. Mas do resto gostei e li em um dia.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi, Mi! Tudo bem?
    Eu nunca tinha ouvido falar deste livro e pelo título achei que não iria gostar, mas fui lendo sua resenha e ficando curiosa com a história, entende? Eu me interessei pelo romance e ultimamente tenho lido uns romance tão desanimador, que estou precisando ler um que me faça adorar este gênero de novo e acho que este seria ótimo. Além de que adoro livros que trazem também para a história esse lado mais familiar. Com certeza vou comprar este livro.
    Adorei a indicação.

    Beijos,
    Magia é Sonhar
    Conheça o nosso Canal

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi!!

    E quem não gosta de um clichê né!! Adorei a resenha e amei a história!! É muito bom ver quando a história inverte e o mocinho fica sem saída!! Adoro!! Mais um que vai pra minha lista infinita!!

    Beijos
    Naty

    ResponderExcluir
  10. Oi Michele, tudo bem?
    Não me lembro de ter lido nada da autora, mas o fato dela ter trabalhado de forma satisfatória o clichê, já me deixa animada para conhecer a história. Dica anotada!!

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Mi!
    Eu quero muito ler esse livro! Procurei na bienal, mas achei o preço dessa editora muito salgado e acabei voltando pra casa sem nenhum deles haha Fiquei feliz em ver sua resenha, pois me deixou com mais vontade de ler.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  12. Oi Mi! Como falamos, as cenas hot são bem intensas e é bom avisar par quem for ler para evitar o susto. No geral, a história é divertida e bem cativante. Eu gostei. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir