Confira o trailer de Maniac com Emma Stone e Jonah Hill!


A Netflix divulgou o trailer da série Maniac, criada por Patrick Somerville e dirigida por Cary Joji Fukunaga, que estreia dia globalmente na plataforma dia 21 de setembro.


Situada em um mundo e em uma época bem semelhantes aos atuais, Maniac conta as histórias de Annie Landsberg (Emma Stone) e Owen Milgrim (Jonah Hill), dois estranhos que chegam à última etapa de um experimento farmacêutico misterioso, cada um por seus próprios motivos. 

Annie está infeliz, sem rumo na vida e não consegue superar a relação difícil que mantém com a mãe e a irmã; Owen, o quinto filho em uma família de empresários de Nova York, lutou por toda a vida com um diagnóstico inconclusivo de esquizofrenia. Em comum, os dois têm o fato de que suas vidas não deram certo e a promessa de um tratamento novo e radical - uma série de pílulas que seu inventor Dr. James K. Mantleray (Justin Theroux), afirma capazes de resolver qualquer questão psicológica, de doenças mentais a desilusões amorosas.


Annie e Owen, junto a outros dez desconhecidos, são atraídos às instalações da Neberdine Farmacêutica e Biotecnologia para um teste de três dias que garante resolver todos os seus problemas permanentemente, sem complicações ou efeitos colaterais. No entanto, nada acontece conforme o planejado.

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Oiii Mi

    Eu amo o trabalho da Emma Stone, acho ela super talentosa. A premissa da série, apesr de não ter me matado de amores, pode ser interessante, vamos ver como vão conduzir a história ao longo dos episódios né? Acho que pode render em uma boa série.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Acho que é a primeira série da Netflix que fico ultra ansiosa pra assistir.
    Adoro a Emma Stones. E tem o Theroux...crushzão hahaha

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir