Especial inédito sobre Charles Manson no A&E!


No dia 11 de agosto, às 22h30 estreia no A&E o especial inédito Charles Manson: A Mente de Um Louco (Charles Manson Speaks: Inside the Mind of a Madman), uma produção em formato de documentário, que reexamina os crimes de Charles Manson.

Após a identificação dos restos mortais de uma mulher assassinada em 1969, a polícia de Los Angeles decide reabrir o caso Manson. Além desse, outros assassinatos ao longo dos anos têm características que se assemelham aos métodos da Família Manson. À frente da nova investigação, o detetive Cliff Shepard está decidido a descobrir se Charles Manson é responsável também por esses crimes.

Por meio da avaliação de gravações do próprio Manson como pilar das novas investigações, o especial busca desvendar os eventos que tragicamente acabaram com a era de paz, amor e compreensão. Charles Manson: A Mente de Um Louco examina o que deu errado na contracultura dos anos 60, enquanto investiga novas evidências e utiliza tecnologias para verificar se o último capítulo sobre Manson ainda está por ser escrito.

Charles Manson passou a infância e a juventude em reformatórios e prisões. Ele foi o líder de uma seita formada basicamente por hippies e garotas jovens com problemas emocionais, usando drogas, como LSD, para atraí-las. A “Família Manson” foi responsável por vários assassinatos nos Estados Unidos no fim dos anos 1960, entre eles, o da atriz Sharon Tate, mulher do diretor de cinema Roman Polanski, que estava grávida de oito meses. Condenado à morte em 1971, teve a pena revertida à prisão perpétua. O “guru” morreu em novembro de 2017, aos 83 anos.

Para mais informações CLIQUE AQUI

Michele Lima

Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

1 comentários:

  1. Olá,
    A programação do A&E é bem legal.
    Essas coisas de serial killers que eles exibem, adoro haha.
    Se der assisto esse.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir