Os jovens Titãs em ação! Nos cinemas [Resenha do Filme]


Muita gente saudosa torce o nariz para a série Os Jovens Titãs em Ação! por ser uma versão mais infantil da anterior, com muito mais comédia e quase nenhum drama. Uma pena porque a versão non sense de Robin (Manolo Rey), Estelar (Luiza Palomanes), Ravena (Mariana Torres), Ciborgue (Eduardo Borgherti) e Mutano (Charles Emanuel) é excelente! E agora todos eles estão no cinema em busca do próprio filme.

A animação começa com os Jovens Titãs enfrentando um inimigo inflável de uma maneira bem divertida. Ao estilo deles, os personagens contam piadas, danças, riem e no final das contas quem salva a cidade é a Liga da Justiça com a Mulher-Maravilha, Superman e Lanterna Verde. E logo de início percebemos o tom da comédia do longa, do tipo que tira sarro da própria DC! Impagável o Lanterna Verde lamentando o próprio filme!


Robin se dá conta de que as pessoas não os levam a sério, que eles são de fato uma piada, nem mesmo numa pré-estreia do filme do Batman eles conseguem ir, é preciso Ravena usar seus poderes para que eles possam entrar. Frustrado por quererem fazer um filme até do Alfred, mas não dele, Robin fica obcecado em ter seu próprio filme e conta com o apoio dos amigos para isso. As tentativas são diversas e inclui inclusive viagem no tempo.

Os jovens Titãs precisam se destacar num mundo cheio de heróis e para isso precisam de um arqui-inimigo, no caso Slade (Ricardo Schnetze), manipulador de mentes, confundido constantemente com o Deadpool. Mas os heróis acabam enfrentando batalhas maiores do que imaginam na aventura pelo filme.

O longa é super divertido! Com um humor fácil e às vezes ingênuo, bem como a série de televisão, o filme tem várias referências à Disney que vai desde a Marvel até ao Rei leão! Até Stan Lee aparece fazendo uma ponta. Easter egg é o que não falta na animação! É impossível não rir com as piadas e o modo engraçado dos protagonistas de resolverem os problemas.


O roteiro é inteligente, ágil e acaba sendo para toda a família, sem a necessidade de usar qualquer piada apelativa. E seguindo o estilo da série, não se pode esperar nada muito dramático, ainda que em alguns momentos eu realmente senti pena do Robin.

A Warner Bros acertou em cheio em usar os dubladores da série de televisão no cinema, o que nos causa um sentimento confortável e familiar. E as equipes de tradução e dublagem estão excelentes. Uma pena que parte do público ainda torça o nariz para a nossa dublagem que é uma das melhores, mas o público infantil só tende a ganhar.


Não é a primeira vez que a Warner consegue acertar o tom em suas animações, Lego- Batman: O Filme foi um bom exemplo disso, o estúdio aprendeu a rir de si mesmo e com isso o espectador dá boas gargalhadas.

Os jovens Titãs em ação! Nos cinemas é despretensioso, divertido, inteligente e para todas a idades.

Coletiva de imprensa:


Os dubladores Manolo Rey (Robin), Luiza Palomanes (Estelar), Eduardo Borgherti (Ciborgue), Charles Emmanuel (Mutano), Mariana Torres (Ravena) e Ricardo Schnetzer (Slade), estiveram presentes na coletiva de imprensa e conversaram um pouco à respeito da dublagem.

Questionados sobre fazer o mesmo personagem em diversas versões, Manolo Rey contou sobre a experiência bem positiva à sua carreira, já que interpretou Robin não só nas animações como também na versão de Chris O'donnell em Batman Eternamente. E apesar de conhecer o personagem, é importante seguir o diretor de dublagem porque às vezes eles não possuem conhecimento da história toda.

Uma das questões mais comentadas durante a coletiva foi a preferência por filmes legendados e os dubladores defenderam a oferta nas duas opções, até porque muitas pessoas não gostam de ler enquanto assistem filme e sofrem preconceito por isso. Mariana Torres lembra inclusive da importância da dublagem para deficientes visuais.


Os dubladores também comentaram sobre as traduções e a importância de muitas vezes existir referência à cultura de chegada (no caso, do Brasil), algo que qualquer curso de tradução também coloca em pauta, devido a necessidade muitas vezes de adaptar piadas. Manolo Rey inclusive revela que já teve muita dificuldade em traduzir piadas do inglês para o português.

Mariana Torres, que dubla também a Supergirl, afirmou que não possui o espírito da Ravena, sendo bem diferente da personagem, mas adora dublá-la.

Por fim, os dubladores pediram apoio ao árduo trabalho deles, que o público identificasse dublagens ruins e que só assim a profissão teria cada vez mais profissionais qualificados na área.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: Os jovens Titãs em ação! Nos cinemas
Título Original: Teen Titans Go! To the Movies
Diretores: Aaron Horvath, Peter Rida Michail
Data de Lançamento no Brasil: 30 de agosto de 2018
Nota: 4,5/5

*conferimos o filme na cabine de imprensa
Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

11 comentários:

  1. Oi, Mi! Tudo bom?
    Saudades Jovens Titãs <3 era um dos meus desenhos favoritos. Não curto taaaanto esse reboot mais infantil, mas ainda tenho carinho pelos personagens.
    Tô é LOUCA pra assistir a série live action!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito fã do desenho, apesar de ser mega fã da equipe nos quadrinhos, mas irei conferir o filme ao lado da minha irmã e da minha prima que adoram a série =D
    Pela resenha, provavelmente não irei me arrepender de ver XD

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi

    Não é bem minha praia, não é um filme que eu assistiria no cinema e postergarei esse momento até quando eu for mãe, pois aí serei obrigada a ver desenho! Hahahaha
    Mas me chamou a atenção o bate-papo sobre a dublagem... eu não gosto, se tiver somente sessão dublada no cinema aqui de perto nem assisto, mas é uma forma de inclusão também, como a dubladora bem pontuou.


    Beijos
    - Tami
    https://www meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mi
    Eu sou dessas que torce o nariz porque eu preferia o Jovens Titãs versão Jovens mesmo, mas isso dá ao fato de que eu não tenho TV a cabo pra assistir esse novo desenho, então sempre que vejo um capítulo qualquer, acho ele meio estúpido e bobo. Mesmo assim eu assistiria o filme, não no cinema claro, mas eu adoro animação e tenho certeza que gostaria.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Mi!
    Não sei se é a minha idade, mas acho que Jovens Titãs não é da minha época, então nunca assisti, hahaha.
    Até o momento eu nem sabia do que se tratava.
    Mas parece bem divertido! E acho muito legal quando o estúdio tira sarro de si mesmo.
    Sou contra filmes dublados, mas animações eu adoro. E achei muito legal pegarem o pessoal do original e levarem para o cinema.
    E esses dias eu vi um modelo surdo falando da importância de filmes legendados. Aqui no Brasil tem bastante, mas ele é americano, então quase nunca tem e fiquei pensando na necessidade dessa parcela da população que nunca tinha passado pela minha cabeça.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  6. Oii Michele

    Eu adoro assistir aos episódios do Cartoon Network, dou muita risada eles são ótimos. Sou da geração antiguinha com os super heróis originais, mas jamais torço o nariz pra esses novos desenhos, trazem uma leveza gostosa, vale a pena sempre ver, é divertidissimo.

    Beijo

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Amei seu post, assistia uma versão desse desenho que passava na TV. Não conhecia essa nova ainda. Mas já quero assistir!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Mi! Tudo bem?
    Nunca assisti a essa série, mas me parece ser mesmo bem divertida! Ah e com certeza a questão de terem usado os mesmos dubladores foi acertada, assim quem acompanha não sente estranheza.. mas achei curioso o Stan lee fazer participação e eles falarem do universo marvel!
    Beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Mi!
    Eu confesso que eu tentei assistir a serie, mas achei as piadas forçadas demais e acabei desistindo. O filme ainda nao sei se me arrisco. Gostava da pegada da outra serie animada. Essa e muito infantilzona. Nao gastaria para o cinema, mas quando sair em dvd talvez eu veja.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ai Michele, confesso que não sou chegada nesse desenho não kkkkkkk. Então esse filme eu passo. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir