Crimes em HappyTimes [Resenha do Filme]


Crimes em HappyTimes é dirigido por Brian Henson, filho de Jim Henson, criador dos Muppets e diretor de Labirinto - A magia do tempo. E para assistir ao filme é preciso aceitar o seu universo um tanto maluco em que bonecos de pano existem e vivem como humanos! E ainda sofrem preconceitos por serem considerados inferiores! Aceitando as loucuras do longa é possível embarcar em uma trama com investigação policial, com bonecos que transam, comem, entre outras coisas. 

Phil Phillips (Bill Barretta) é ex-policial, boneco, que devido a um erro no passado abandonou a profissão e agora trabalha como detetive particular. Após seu irmão ser assassinado, ele descobre que existe um serial killer que pretende eliminar todos os integrantes da série de grande sucesso The Happytime Gang. Para isso, o protagonista precisa trabalhar com sua ex-parceira policial, detetive Edwards (Melissa McCarthy), com quem ele passou a ter uma péssima relação.


Com um humor completamente escrachado, vamos acompanhando Phil desvendando o mistério dos assassinatos e descobrimos o que exatamente aconteceu no seu passado e os motivos de Edwards ter tanta raiva do protagonista. E ao longo da história vemos momentos absurdos como bonecos viciados em sexo (quase um pornô de marionete) e açúcar, urina de glitter, entre outras coisas.

O longa tenta fazer um paralelo dos bonecos com preconceito, uma vez que eles sofrem por ser considerados inferiores, ao mesmo tempo que tira sarro dessa situação. No entanto, é usando os bonecos que o roteiro acaba fazendo uma boa crítica à sociedade de uma maneira bastante irônica. 


Phil é um bom personagem, mas Edward é um tanto antipática na maior parte do tempo e simplesmente não é engraçada, já a secretária do protagonista, Bubbles (Maya Rudolph), rouba a cena várias vezes, melhor personagem no filme, pena que não foi muito explorada na trama.

Em suma, Crimes em HappyTimes tem um universo bem interessante e uma forma boa de abordar alguns preconceitos da sociedade, mas tem um humor sexual bastante pesado, brinca com a violência usando os bonecos e isso pode desagradar muitas pessoas. Entretanto, não deixa de ser engraçada a forma exagerada de algumas cenas e a resolução do crime não foi muito previsível, o que acabou me agradando.

Trailer: 


FICHA TÉCNICA

Título: Crimes em HappyTimes
Título Original: The Happytime Murders
Diretor: Brian Henson
Data de Lançamento: 27 de setembro de 2018
Nota: 3,5/5

*conferimos o filme na cabine de imprensa
Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Olha, eu confesso que só de ver as fotos já me dá uma aflição hahahaha. Não consigo ver filmes em que bonecos interagem com humanos como se isso fosse normal, o mesmo acontece quando são animais. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi! Tudo bom?
    Socorro que quando vi a foto me perguntei se era alguma coisa do universo dos Muppets DEFINITIVAMENTE NÃO :v UHASUHASUHASUHASUHASUHAS
    Não gosto muito desse tipo de humor; gosto mais de tom satírico que não apela tanto pro exagero, então acho que vou passar essa dica.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi

    Se é preciso aceitar não vai rolar, mesmo com esse uso da situação inferior dos bonecos para fazer crítica social... eu só acho forçado esse negócio de boneco que fala, cachorro que fala, bebê que fala... não, apenas parem. Hahahahahah

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Que filme mais maluco. Ainda não conhecia.
    Bom restante de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir