Graça e Fúria [Resenha Literária]


Graça e Fúria é o primeiro livro de uma duologia da autora Tracy Banghart. A Editora Seguinte fez lançamento simultâneo dele. Confesso que não estava esperando muita coisa da história, pois pela sinopse dá para perceber que o universo criado pela autora é bem parecido com a série A Seleção. Sendo assim, fiquei um pouco receosa em relação ao enredo, porém ao dar início a minha leitura pude encontrar muito mais coisas além das semelhanças entre as duas histórias.

Serina e Nomi são duas irmãs que moram no reino de Viridia, onde as mulheres não têm direitos e são constantemente oprimidas. Em vez de rainhas, ao longo da vida os governantes escolhem Graças, jovens que vivem ao seu dispor e que devem representar os mais elevados padrões de beleza, elegância e obediência.

Por ser considerada a irmã mais bonita, Serina Tessaro desde pequena foi treinada pela mãe para se tornar uma Graça e, assim, dar um futuro melhor para sua família. Por isso, quando Malachi, o herdeiro de Viridia, anuncia que escolherá as suas primeiras Graças, ela tem certeza de que o seu momento chegou. Ao ser levada para o palácio para concorrer com as outras garotas e tentar ser uma graça de Malachi, ela leva a sua irmã Nomi para ser sua aia (espécie de uma empregada pessoal) e dessa forma, sua irmã também terá um futuro considerado melhor do que outras mulheres.


Nomi tem uma personalidade totalmente diferente de Serina, ela sempre viveu as sombras da irmã, pois as atenções de seus pais iam todas para a outra. E isso jamais incomodou Nomi, porque ela ama a irmã e as duas são muito unidas apesar de pensarem de modo diferente. O que incomoda a personagem é o fato de as mulheres não terem os seus direitos e ela nunca aceitou complemente as regras que eram impostas. Com a ajuda de seu irmão mais velho, ela aprendeu a ler e este é seu maior segredo.

Quando as duas chegam no palácio e através de uma reviravolta da história, quem é escolhida pelo herdeiro é Nomi. E nisso os papéis são invertidos, Nomi vira Graça e Serina aia. E todas as duas ficam surpresas em relação a escolha de Malachi. Se não bastasse tudo isso, por conta de um mal-entendido, Serina é pega com um livro em mãos e é levada para o comandante supremo. 

Serina é inocente, mas assume toda culpa que seria da irmã, pois assim protege toda a família. E como punição ela é levada para o Monte Ruína, uma ilha isolada que serve como prisão para mulheres rebeldes e vigiada pelos homens. Lá, essas mulheres vivem em perigo constante e são obrigadas a lutar entre si para receber comida. Ao chegar na ilha, Serina não acredita que pode sobreviver em lugar como aquele, mas aos poucos ela vai conseguindo sobreviver. Ela faz amizades, principalmente com um guarda misterioso que mostra que ela é muito mais forte do que imagina.


Enquanto Serina luta para sobreviver, Nomi tem que viver no palácio sem saber onde e como está sua irmã. E ela tenta à sua maneira descobrir o que aconteceu com Serina e salvá-la. Por meio de sua busca pela irmã, Nomi consegue um importante aliado dentro do castelo, Asa irmão de Malachi.

A cada página lida de Graça e Fúria fui me envolvendo cada vez mais com as irmãs e o universo construído pela autora. E teve momentos que eu fechava o livro e mentalmente me levantava e batia palmas para Tracy Banghart por me proporcionar uma leitura magnífica e cheia de surpresas. Quando eu imaginava que a história ia para certo rumo, acabava não indo. Além disso, a autora me enganou direitinho em relação à alguns personagens, tive um choque e tanto quando a autora fez uma tremenda de uma reviravolta e da maneira que ela fez me deixou de queixo caído, fiquei super alegre com esse acontecimento.

Senti um pouco de falta da parte política no enredo, achei que a autora não trabalhou tanto nessa questão, entretanto, isso não deixa o livro menos ótimo e acredito fielmente que ela abordará essa parte melhor no próximo volume, assim como o passado de alguns personagens também.


O livro é narrado pelas duas irmãs e por causa disso me vi gostando muito mais de Serina do que Nomi, ela teve um crescimento mais significativo na trama e além de sua personalidade encantadora. 

Mais do que recomendo a leitura de Graça e Fúria, ele foi a melhor fantasia Young Adult que li esse ano e ainda estou eufórica com o resultado. Estou contando os segundos, minutos, dias para o próximo livro que sairá somente ano que vem. Vou encerrar a resenha com um quote mais maravilhoso desse livro (e olha que tem muitos!) 
A toda mulher que mandaram sentar e ficar quieta... e que se levantou mesmo assim. 
FICHA TÉCNICA

Título: Graça e Fúria
Autora: Tracy Banghart
Companhia das letras / Selo Seguinte
Nota: 5/5 Favorito
Onde Comprar: Amazon

 
 Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

10 comentários:

  1. Oi, Ariane!

    Noossaa...
    É a primeira resenha que leio desse livro, amei!
    Achei a capa maravilhosaaa, ainda não tinha visto a quarta capa!
    Amei saber que foi a sua melhor leitura de Yung Adult do ano, vai para lista infinita! Kkk

    Beijos,
    Keth

    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Ariane,
    Eu já quase comprei esse livro diversas vezes, mas como estou lendo a saga Trono de Vidro fico meio desconfiada... Será que vou aproveitar a leitura já que estou meio que obcecada com a Celaena?
    Vou terminar essa fase e me aventuro nessa obra, afinal, tem tudo para me agradar.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ariane! Tudo bom?
    Esse livro se tornou um favorito da VIDA. Amei tanto tudo que a autora fez. O universo, as tretas políticas, a questão do silenciamento das mulheres e principalmente esse levante das personagens femininas. QUERO MINHA REVOLUÇÃO FEMINISTAAAAAAA
    A Serina ganhou meu coração pra todo sempre <3 que personagem!
    Já tô louca pelo próximo.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adorei a capa e a contracapa, parece vira-vira. Ficou muito legal isso.
    Eu ainda não li, mas sua resenha me instigou a ler, sem dúvidas.

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá! =)
    Esse livro foi uma surpresa para mim. Apesar da questão da Seleção que faz lembrar realmente os livros da Kiera Cass num primeiro momento, sinceramente durante a leitura não me vez lembrar tanto deles. Amei as frases, os choques de realidade, o grito de "acordei" e "vamos nos unir" que tem na narrativa. E acaba que Serina realmente acaba sendo a grande surpresa da história porque ela representa bem a questão daquela mulher que passa da submissão para a evolução como pessoa e como mulher que entende seu papel importante e que merece respeito na sociedade. Eu amei essa história, mal posso esperar pelo próximo livro.

    Bjão,
    Diego França ~
    | Blog Vida & Letras ~
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ariane!
    Menina, eu fico com um pé atrás com esse livro sabe? Quando o hype é muito grande, eu sempre tendo a não curtir da história. Então, vou deixar a poeira desse baixar um pouco.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra a um exemplar autografado de O que eu tô fazendo da minha vida
    Sorteio de aniversário Balaio de Babados e O que tem na nossa estante. São quatro kits; um para cada ganhador

    ResponderExcluir
  7. Oiii Ariane

    Tb senti falta da parte politica. Esperava amar Nomi e nem gostar muito da Serina, mas comigo aconteceu o contrário e me vi muito envolvida nas partes da Serina na ilha com a soutras garotas. Estou curiosa pela segunda parte.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, Ariane.
    Menina que quote é esse? Já quero ler esse livro para ontem. Mas dai fico pensando em quando vai lançar a continuação e já desanimo para ler hehe. Não achei parecido com A Seleção quando li a sinopse, mas agora lendo a resenha parece mesmo. Mas pelo que você disse ele é bem melhor hehe. Vou ver se leio ou se espero hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi Ariane,

    Estou doida para ler esse livro, vejo todo muito elogiando a história e as irmãs.
    Sinto que vou favoritar também.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro, mas eu amei o enredo e capa é muito linda. Gostaria de ler sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/2018/09/top-7-novidades-da-semana.html

    ResponderExcluir