O que de verdade importa [Resenha do Filme]


Alec Bailey (Oliver Jackson-Cohen) é um engenheiro que mora em Londres e tenta ganhar a vida consertando eletrodomésticos, mas sua situação financeira está cada vez pior. No entanto, inesperadamente, aparece seu tio Raymond Heacock (Jonathan Pryce), que propõe pagar todas as dívidas, se o protagonista se mudar para uma cidade pequena chamada Nova Escócia, no Canadá, por pelo menos um ano. Alec desconfia das intenções do tio, mas acaba aceitando a oferta e acaba descobrindo que pode ter um dom incrível.

Na cidade o protagonista conhece a veterinária Cecília (Camilla Luddington) que vai ajudá-lo a se costumar com o local e a população, mas o possível dom de Alec começa a incomodá-lo bastante. No início tudo parece uma grande confusão, cheio de mal-entendidos, mas aos poucos percebemos que Alec realmente pode ser alguém especial.

O romance entre os personagens não acontece da forma esperada e Alec não é bem um protagonista simpático, mas confesso que no lugar dele teria tido as mesmas reações ao descobrir tato segredo guardado, teria sem dúvida me sentindo usada. E durante o longa vamos acompanhar a transformação do personagem que passa por um processo de negação até a aceitação do seu dom.


O enredo do filme é sem dúvida interessante, mas peca na execução. Em alguns momentos parece que estamos vendo um longa da sessão da tarde, com uma trilha sonora de filme infantil, em outros algo sobrenatural e por fim uma história que clichê com pessoas em estado terminal. A atuação de Oliver Jackson-Cohen não é muito convincente e Camilla Luddington é a mesma de sempre, até porque seu papel não exige tanto.

O que de verdade importa tem momentos fofos, engraçados, mas não consegue aprofundar os personagens, ficando tudo muito raso, o que não é de todo ruim, dependendo da expectativa de cada um. De todas as formas vale lembrar que o longa foi concebido para ser 100% beneficente. No Brasil, a produção reverterá o valor líquido arrecadado na venda de ingressos para sete organizações brasileiras que apoiam o combate ao câncer infantil.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: O que de verdade importa
Título Original: The Healer
Diretor: Paco Arango
Data de lançamento no Brasil: 27 de setembro de 2018
Nota: 3/5
Anagrama Filmes

*conferimos o filme na cabine de imprensa
Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi, Mi
    Eu fico confusa quando o enredo de um filme tem muitas variações, não sabemos de fato o que estamos assistindo e é uma pena porque eu gostei da cara que esse filme tem, mas provavelmente não assistiria.
    Beijo
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi!

    Uma pena que a história não tenha sido totalmente aproveitada no filme, tem bastante potencial, mas se os personagens deixam um pouco a desejar é difícil também pra gente se envolver com a trama :( ainda assim quero assistir!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi! Tudo bom?
    Eita que de filme da sessão da tarde pra sobrenatural parece bem confuso mesmo, que fizeram nesse roteiro? UHASUHASUHASUHAS não conhecia o longa, mas vou esperar chegar em algum streaming pra conferir. Parece aquele tipo de filme mais leve e descompromissado que a gente assiste pra desestressar.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Amei a resenha, tô louca pra assistir :)

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir