O Tempo Desconjuntado [Resenha Literária]


Philil K. Dick, também conhecido como PKD, foi escritor de ficção científica, um grande nome do gênero, responsável por grandes mudanças. O maior trunfo de suas histórias é a questão de fazer com que seus leitores questionem a realidade em que vivem, estamos todos vivendo ou somos apenas parte de um teatro? Esses questionamentos dão a linha de O Tempo Desconjuntado.

A trama se passa em 1959, apresenta Ragle Gumm, ele trabalha acertando a resposta de um concurso diário do jornal da cidade possui o maior número de acertos, e todo dia faz um estudo de possibilidades para chegar à solução correta. Ele mora com a irmã e o marido dela, ele questiona o tempo todo sobre a questão de Ragle não ter um trabalho fixo, como todos na cidade. 

Aos poucos Ragle passa a notar coisas estranhas, objetos passam a sumir e em seu lugar resta apenas um papel com o nome do objeto, os números de telefone parecem ter sido desconectados, aos poucos o personagem passa a questionar a realidade em que vive, e decide sair da cidade para investigar os acontecimentos bizarros que tem presenciado.


O Tempo Desconjuntado apresenta uma ótima premissa, com mistério e questões capazes de darem nós na cabeça dos leitores, porém a narrativa é arrastada e cansativa em sua maior parte, infelizmente os personagens são rasos, o enredo se perde, e o autor parece ter desistido da história em certo ponto, deixando pontas soltas, soluções vazias e um final previsível. 

PKD não possui o nome como ícone da ficção científica até os dias de hoje à toa, suas histórias são aclamadas pelo público, servem de inspirações e são adaptadas para o cinema, infelizmente O Tempo Desconjuntado não está entre as suas mais fortes.

Mesmo assim, em muitos momentos é possível identificar pontos que serviram de grande inspiração para O Show de Truman, para os que buscam conhecer o autor outras obras são indicadas, onde seu potencial é realmente aproveitado.


De modo geral, nenhuma leitura é desperdiçada, alguns pontos fazem com que o leitor pare para pensar e questionar tanto a obra, quanto a realidade em que vivemos é real? Ou estaríamos todos presos a uma matrix? 

Outro ponto positivo da obra é a edição feita pela Suma, com capa dura, relevo, uma ilustração incrível na capa e boa diagramação. Talvez a editora não tenha sido muito feliz na escolha da primeira publicação que fez desse autor, mas Espere Agora Pelo Ano Passado chega às livrarias no dia 27 desse mês, vale a pena buscar mais sobre, afinal, nenhum autor é obrigado a agradar a todos em todas as obras.

FICHA TÉCNICA

Título: O Tempo Desconjuntado
Autor: Philil K. Dick
Nota: 3/5
Onde Comprar: Amazon

 

Rafaela Alves
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi, Rafa!

    Adorei a sinceridade na resenha. Pelos pontos que você citou provavelmente eu também não gostaria da história, então por enquanto vou passar longe haha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa, como vai?
    Nunca li nada deste autor e pelos pontos que colocou na resenha, não será uma leitura que eu fique ansiosa para conferir. Gostei muito da sua sinceridade na resenha. Sempre é importante pontuarmos o que não nos agradou e o que gostamos.
    Um abraço.
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Rafa! Tudo bom?
    Ao mesmo tempo em que tenho muita curiosidade pra ler as obras do Philip, fico com um pé atrás porque é bem clássico e é escrito por um homem, então chances de eu achar muita coisa pra me deixar desgostosa na narrativa...
    O fato de ser maçante já me desanimou total. Odeio leitura arrastada :/

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante do livro, mas acho Androides sonham com ovelhas elétricas bem melhor XD
    Mas quero ler outras obras dele, espero ter a oportunidade de lê-las =D
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir