Da Morte Ninguém Escapa [Resenha Literária]


M.J. Arlidge traz de volta a detetive-inspetora Helen Grace investigando casos de assassinatos com requintes de crueldade. Todos os mortos são homens, um deles era religioso e conservador, o outro pai de um bebê, outro era um soldado que voltou atormentado da guerra. De cada um deles foi retirado um órgão que teve um destino inesperado.

Helen continua destemida assim como também continua a se castigar pela culpa que sente e toda a crueldade do passado que ficou guardada como um trauma ainda a assombram. Todo o motivo desta dor está relatada no primeiro livro da série, Uni-duni-tê (para ler nossa resenha CLIQUE AQUI) e para entender Helen completamente é preciso conhecer sua história desde o princípio.


Helen tem vários desafios pela frente, além de tentar achar o criminoso, tem que lidar com a volta da Detetive Charlie e da perda que esta volta representa, vigiar Robert Stonehill sem se permitir chegar perto dele ou deixá-lo descobrir quem ela é e a insatisfação de trabalhar com a detetive-superintendente Ceri Harwood que não nutre por ela simpatia alguma.

A morte de uma prostituta, Agneska Suriav leva a investigação para o mundo da prostituição e pode ser uma pista sobre quem está matando homens e enquanto Helen investiga, nós conhecemos as famílias dos mortos e a angústia de ter um ente querido assassinado tão cruelmente.


M.J. Arlidge sabe como conduzir um texto policial de modo que o leitor fique muito interessado no que vai acontecer e como o autor vai conectar todos os acontecimentos, mas sou obrigada a admitir, que mesmo sendo uma boa leitura, não surpreende tanto quanto o primeiro livro, O fator surpresa não é tão impactante como em Uni-duni-tê, por isso, Da Morte Ninguém Escapa é um bom livro de investigação policial, uma boa continuação, mas não supera a primeira parte.

FICHA TÉCNICA

Título: Da morte ninguém escapa
Autor: M.J. Arlidge
Nota: 3,5/5
Onde Comprar: Amazon

 

Marise Ferreira
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

8 comentários:

  1. Parece ser muito interessante realmente. Nunca tinha ouvido falar desse livro..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olaa! Tudo bem?
    Tinha dicado doida nesse livro! Mas não sabia que era uma série.. adorei! Quero ainda mais!! :)
    Beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marise! Tudo bom?
    Eu tô um tanto enjoada de romances policiais no momento. Tô lendo um da autora de Entre Quatro Paredes, mas sabe quando parece que o gênero te saturou?
    Conhecia esse da M.J. só de capa, mas infelizmente não me deu aquele TCHAM pra procurar :/

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gente, adorei a pegada do livro!
    Unidunitê está na minha lista de livros a comprar, e pelo jeito é bom ler na ordem, né?
    Gostei.
    Adoro um bom thriller policial.
    Só achei a capa sombria, junto com o título. Iria achar que era terror se não lesse a resenha, haha.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Marise! Tudo bem?

    Este não é o meu gênero preferido, mas já tive algumas experiências boas. Achei a protagonista interessante, mas acho que não é um livro que eu leria.
    Muitas vezes, quando o primeiro livro é muito bom, muitas vezes é difícil o segundo superar, não é?

    Beijos,
    Blog Magia é Sonhar
    Canal Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  6. Amei sua resenha, esse tipo de história me fisga, gosto muito ler e assistir filmes assim. Já anotei a dica!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Marise
    Eu curti muito essa capa, mas em termos de leitura, não gosto de suspense, dificilmente me pegaria lendo algo do gênero, então vou passar a dica.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Marise!
    Nossa, se você não falasse, nunca que eu ia relacionar esse com o Uni-Duni-Tê
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir