O contrato [Resenha Literária]


Quando vi a capa e a sinopse do O contrato da Melanie Moreland, sabia que ele seria aquele tipo de romance que eu ia adorar e fácil de ler. Assim que comecei a minha leitura, pude comprovar que estava certa. Adorei a história e terminei o livro bem rápido. O enredo na sua maioria é narrado pelo protagonista Richard e apenas em algumas partes da história temos o ponto de vista de Katharine.

Richard VanRyan é um playboy e executivo tirano que só pensa no trabalho e espera que as coisas sejam do seu jeito. Ele trabalha na empresa Anderson Inc e quer virar sócio do lugar, já que ele se considera um ótimo empresário e traz muitos clientes para a empresa. Num almoço com seu chefe, ele fica sabendo que não irá se tornar sócio e que apenas receberá um bônus. Indignado com a situação, Richard faz planos para se vingar do seu chefe.

Para colocar seu plano de vingança em ação, o protagonista pretende sair da empresa e ir para a concorrência. Porém, a concorrente, Grupo Gavin, é considerada uma empresa familiar, com dois princípios fundamentais: família e integridade. São extremamente específicos quando o assunto é a carteira de seus clientes, diferente da Anderson In. E todo mundo do ramo conhece a reputação de Richard VanRyan. Assim, para conseguir uma vaga no Grupo Gavin, o personagem precisa mostrar que mudou e deixou de ser um cara babaca.


Richard resolve seguir o conselho de um amigo e decide contratar a sua assistente pessoal, Katharine Elliott, para ser sua noiva de fachada, já que ela aparenta ser o tipo de mulher que nunca sairia com ele e o tipo perfeito de moça para seguir com o seu plano para conseguir uma vaga na empresa. Só tem um detalhe, ele odeia a sua assistente. Ele não suporta o jeito dela de abaixar a cabeça para tudo, suas roupas simples e sua magreza. Apesar de ter feito tudo para assustar a moça, ela nunca reclama das coisas que ele faz. E por ela fazer tudo certo e perfeito, Katharine continua no cargo como assistente dele.

Katharine Elliott ou Katy não suporta seu chefe, mas precisa muito do emprego e do seu salário. Ela tem seus motivos pessoais para aguentar o abuso diário de Richard e sua ética questionável. Quando ela recebe a notícia do seu chefe, que irá sair da empresa na qual trabalha e ao mesmo tempo recebe a proposta de ser noiva de mentira dele, Katy fica abalada emocionalmente, mas sem saída. A personagem precisa muito do dinheiro e resolve assinar o contrato de ser noiva do seu chefe e viver na mesma casa que ele.


Apesar do clichê chefe e assistente, a autora Melanie Moreland conseguiu me prender do início ao fim. Nesse livro temos uma protagonista com um passado sombrio e com seus traumas. Aqui é o mocinho que vai aos poucos descobrindo os motivos por trás das atitudes da mocinha. Além disso, a autora trabalhou muito bem no desenvolvimento amoroso do casal, não temos trezentas cenas de sexo em algumas páginas. O sexo entre os protagonistas aconteceu de uma forma bem natural e realista.

Em resumo, apesar de seus clichês, O contrato foi uma leitura prazerosa e deliciosa de fazer. Para quem, assim como eu, gosta de romances assim, é uma boa pedida.

FICHA TÉCNICA

Título: O contrato
Autora: Melanie Moreland
Nota:4/5
Onde Comprar: Amazon

 
Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

6 comentários:

  1. Oi Ariane.
    Apesar da resenha e notas motivadoras não me senti tão interessada pela história; senti o protagonista um pouco arrogante e isso está me incomodando bastante nas últimas leituras.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Ariane,
    Um clichê de vez em quando é sempre bom.
    Gostei da premissa, mas não sei se leria nesse momento.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ari!
    Amo um clichê de noivado falso hahaha Bem capaz que eu dê uma chance ao livro.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ariane
    Eu ameeeeeeei demais esse livro! Encontrei ele por acaso e apesar de ter achado o Richard muito babaca em algumas cenas, eu amei ele. Eu adorei demais esse enredo haha
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que bom que mesmo tendo esse clichê bem comum nesse gênero, a história conseguiu te envolver e te prender :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ariane.
    Nada contra os clichês, mas acho que faltou um "tchan" nessa história para me fazer dar uma chance ao livro. Beijos!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir