A Fênix de Fabergé [Resenha Literária]


Já fazia um tempo que queria ler algum livro escrito pela a autora brasileira Sue Hecker, por isso quando a Editora Harlequin mandou o livro A Fênix Fabergé para o blog não pensei duas vezes e comecei a lê-lo. Porém, a história não é escrita só pela Sue, ela teve a parceria da escritora Cassandra Gia (pseudônimo de Simone Gianotti). As duas montaram um enredo incrível sobre a magia do circo e a cultura russa que me surpreendeu bastante positivamente.

O livro começa com a narração do jovem Aleksei Ivanovich Markov, ele e seu pai são russos e eles vieram para o Brasil em busca de uma situação financeira melhor. No entanto, ao chegar aqui eles perceberam que o circo que eles escolheram para trabalhar estava em péssimas condições e o atual dono que é também um terrível domador de leão só quer saber de lucros e não se importa com os seus funcionários ou as condições de seu estabelecimento. Em uma certa noite o circo começa a pegar fogo, e foi esse incêndio que tirou a vida do pai de Alesksei e deixou marcas no corpo e na alma do mocinho. Além disso, o domador de leão foge levando todo o dinheiro com sua filha pequena chamada Kenya, e não prestou ajuda aos feridos.

Anos depois Aleskei ainda busca vingança pelos acontecimentos dessa noite, ele consegue montar um plano bem elaborado de vingança. Porém, o protagonista não contava com o charme da bela ruiva Kenya que é a filha do seu inimigo.


Por outro lado, Kenya Adrikovna Gorkova é uma jovem e talentosa contorcionista que realiza suas apresentações na cidade de Manaus. Ela passou a vida toda sendo treinada pelo pai, um antigo domador de leões, cresceu solitária e nunca teve oportunidade de ir à escola ou fazer amigos. Quando um homem misterioso a contrata para três espetáculos únicos com o intuito de avaliá-la para uma futura proposta de trabalho, ela se vê surpreendida por sentimentos que ela nunca sentiu. Além disso, quando ela é realmente contratada para trabalhar no circo desse homem misterioso, ela se vê encantada pela estrutura do show e pelos cuidados que ele tem com o seu negócio. Todos os funcionários gostam muito dele como chefe e como pessoa. 

Kenya vai aos poucos conhecendo melhor o seu novo ambiente de trabalho que será sua nova casa durante algum tempo. E ela vai fazendo novas amizades, principalmente com um palhaço chamado Bim Bom!


Como eu falei no início da minha resenha, A Fênix de Fabergé me surpreendeu positivamente, pois eu não esperava a quantidade de conteúdo no livro, estava esperando um livro hot e nada mais. Entretanto, a cada página lida dá para perceber que as autoras tiveram o cuidado de pesquisar sobre a cultura russa e a do circo para poder passar para os leitores. Durante a leitura tive a sensação de estar realmente dentro de um circo e as autoras fizeram personagens bem cativantes. Adorei os protagonistas que são bem intensos e como o enredo é narrado pelos dois, pude conhecê-los e compreendê-los melhor.

Em suma se vocês querem um livro com uma história muito bem construída e cheio de diálogos com sensualidade, além de personagens intensos, eu super indico A Fênix de Fabergé!

FICHA TÉCNICA

Título: A Fênix de Fabergé
Autoras: Sue Hecker e Cassandra Gia
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Oi, Ariane

    Eu tenho vontade de ler algo da autora, mas não tive feedbacks muito bons sobre o livro em questão. O que me atraía é justamente a parte da pesquisa sobre o circo e a cultura russa que te fizeram mergulhar na história, mas já li outras opiniões divergentes. Então fico naquela encruzilhada, só lendo pra saber. hahahah
    Adoro o estilo dessa capa!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir

  2. Oi
    Ainda não li esse livro, mas ele está aqui ao meu lado na fila de leitura. Estou bem curiosa para saber como é a escrita dessa autora, pois ainda não li nenhum livro dela, esse vai ser o primeiro contato com o trabalho dela.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ari! Tudo bom?
    Nunca li nada das autoras, mas falou em cultura russa tô dentro! Já tinha visto algumas propagandas do livro, mas nada muito abrangente sobre a história. Meu mood de leitura do momento tá mais pra fantasia, mas quem sabe consiga ler futuramente!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Confesso que sempre passo reto de histórias desse gênero, sempre vejo resenhas que me desanimam, mas essa parece ser diferente. Adorei sua resenha!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Ariane.
    Eu gostei bastante desse livro. Assim como você esperava mais cenas hot do que história e me surpreendi como as autoras trabalharam bem essa parte do circo e da cultura russa. E só por isso a leitura já vale muito a pena.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pela maravilhosa resenha, com detalhes importantes da história, cativando quem a lê , que fica morrendo de vontade de saber mais!! E a foto ficou simplesmente divina! Gratidão! ��❤��❤��❤

    ResponderExcluir
  7. Adorei saber que o livro não é somente Hot, adoro quando ele traz uma cultura nova, é como se estivéssemos conhecendo outro lugar, gostei muito da sua resenha vou colocar este na lista para próxima leitura.

    beijocas
    https://umromancenacozinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir