Henry, o Corgi da Rainha [Resenha Literária]


Henry, o Corgi da Rainha, do autor Georgie Crawley, traz uma história reconfortante da grande aventura de um cachorrinho e as vidas que ele muda ao longo do caminho.

O problema com os humanos é que eles exigem muitos cuidados. Ah, não estou dizendo que não valem a pena. Só que, falando sério, não sei o que seria deles sem nós, os cães.

Neste Natal, tudo poderia acontecer...

Quando Henry desaparece durante uma excursão em Londres, a família Walker é forçada a aceitar que talvez nunca mais volte a vê-lo. Mas, à medida que a família procura por seu amado animal de estimação, a realidade do que aconteceu com Henry nunca passa por sua cabeça – ele foi confundido com um dos corgis mais valorizados do planeta, os cães da Rainha. 


Dentro do Palácio de Buckingham, Henry está prestes a descobrir como os cães reais vivem. A vida dele com os Walkers está muito distante do mundo das tigelas de porcelana da sala dos corgis. No entanto, ele é um cão encantador e, enquanto explora o Palácio, esse cão travesso irá mudar a vida dos moradores de uma forma que eles nunca poderiam ter imaginado. 

Eu sou uma completa apaixonada por cachorros e por histórias natalinas, não posso ver algo novo que quero ler.. ou assistir!! A capa desse livro me encantou, e como não poderia ser diferente, o livro é maravilhoso, uma história para acariciar os corações nessa época do ano. 


O livro é narrado por Henry e pela matriarca de sua família, Amy, e foi fabuloso ver o Palácio de Buckingham através dos olhos de um cão. Amy está passando por problemas familiares, e decide tentar criar uma memória feliz junto com seus filhos Jack e Claire neste Natal, e os leva para passear junto com Henry, é claro que eles não esperavam que ele iria ser confundido com um dos corgis da Rainha. Consequentemente eles iriam lutar para ter seu cão de volta, e foi adorável ver a maneira que a família se uniu para que isso fosse possível. 


Durante sua estadia no Palácio, Henry se torna amigo de Sarah, uma funcionária muito especial, que o ajuda a se sentir melhor nos momentos em que sente falta de sua família, já que os “corgis” reais não são muito amigáveis com ele. 

Família é importante. Apenas acredito que não importa se essa família é humana, canina ou de qualquer outro tipo.

Adoro ler livros narrados por cães, e como você pode ver Henry é um cão muito especial, que está sempre tentando ajudar qualquer ser humano ao seu redor. Esta é uma história adorável, que se inicia na época do Natal, com decorações grandiosas, enormes árvores natalinas e canções que acalentam. 


É uma história sobre amor e mostra como esse amor é capaz de reunir uma família novamente. Com sua personalidade amável, Henry conquista à todos. Poderíamos aprender com ele, ao invés de lutar contra àqueles que não gostam de nós, podemos devolver sendo pacientes e gentis, afinal nunca sabemos o que o outro está enfrentando.

Se você está procurando algo para ler durante o Natal, esse livro é mais que recomendado, Henry nos dá uma leitura leve e emocionante ao mesmo tempo. Ele me fez rir e chorar várias vezes. 

Este lugar é mágico. Este Palácio... parece que saiu de um filme. Mas o natal nos Walker... É a minha casa.

FICHA TÉCNICA

Titulo: Henry o Corgi da Rainha 
Autor: Georgie Crawley 
Nota: 5/5
Onde Comprar: Amazon

 

Natália da Silva
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Oi, Nat!
    Menina, e eu jurando que tinha a ver com algum cachorro da Rainha Elizabeth ahahahahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Ahh que fofo, adoro esses olhares diferentes na versão dos animais, sempre acabamos vendo alguns detalhes que nos dão um plus para a nossa vida, sei lá, ensinamentos mesmo as vezes..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Nati!
    Eu amoooooooo livros com cachorros. E ameiiiii essa edicao da Guterberng. Diagramação perfeita. Tudo muito lindo.
    Vou incluí-lo nas minhas leituras futuras.
    Beijos
    Ari

    ResponderExcluir