Um acordo e nada mais [Resenha Literária]


Um acordo e nada mais é o segundo livro da série Clube dos sobreviventes da Mary Balogh! A história é independente e é possível ler sem ter lido o anterior, Uma proposta e nada mais, embora eu recomende a ordem de publicação.

Vincent é um dos amigos do Clube dos Sobreviventes que se reúne uma vez ao ano para se apoiarem depois da guerra, cada um tem um trauma emocional diferente e no caso o protagonista é um trauma físico também, já que ficou cego durante a guerra. Cansado de ter a mãe e as irmãs sufocando-o o tempo todo e tentando arrumar um casamento para ele, Vincent vai para o povoado onde cresceu, fugindo de uma pretendente e lá conhece Sophia, uma moça praticamente ignorada por todos.


Visitando uma família local que tem o interesse de empurrar a filha para Vincent, ele escuta a voz de Sophia e se interessa pela moça, Durante uma festa Sophia salva o protagonista da armadilha da prima que queria ser vista em situação constrangedora com o conde e assim conseguir se casar com ele. Os dois passam a noite conversando e é o suficiente para a família mesquinha de Sophia a colocar pra fora de casa sem dó e nem piedade. Órfã e sem ter pra onde ir, a personagem se abriga na casa do pároco local que já avisa que não poderá ficar com ela por muito tempo. Ao saber da situação de Vincent se responsabiliza pela moça e a convence a se casar com ele.

Parte do enredo me lembrou bastante a situação da Judith em Ligeramente Malicioso, uma vez que a protagonista também vai viver na casa dos familiares por falta de condições financeira. A família de Sophia, assim como de Judith, é horrorosa e a trata como uma empregada, sem direito a nada. Com um baixa autoestima, Sophia se sente invisível, sem voz, mas Vincent vai ajudando-a a ter mais atitude e a confiar em si mesma. A protagonista se sente feia e sem direito a nada, mas isso vai mudando ao longo da narrativa e a personagem vai evoluindo com a história.


Assim como Vincent ajuda Sophia, ela também o ajuda com ótimas ideias para conseguir ser mais independente apesar de ser cego, a amizade dos dois é muito bonita, mas ambos possuem muitos traumas que atrapalham o romance.

Mary Balogh tem uma escrita bem madura, com um ótimo desenvolvimento dos personagens, os traumas da guerra são bem trabalhados e existe uma clara evolução dos protagonista ao longa da trama, embora tenha faltando um ápice no enredo. O romance vai acontecendo aos poucos e nos envolvendo por completo na história.

FICHA TÉCNICA

Título: Um acordo e nada mais - Clube dos sobreviventes #2
Autora: Mary Balogh
Nota:4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

6 comentários:

  1. Oi, Mi
    Eu tô quase terminando o primeiro dessa série e no início tava achando muito estranho a narrativa porque fazia anos que não lia nada da Balogh e achei um pouco séria demais, mas aí a gente vai se acostumando. Já gostei das aparições do Vicent nesse livro, imagino que vou me apaixonar por ele também.
    Beijo!

    http://www.capitulotreze.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi,

    Adoro romances de época, dessa autora eu ainda não li nada, mas tenho curiosidade em conhecer a escrita dela.
    O primeiro está na lista.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Amei conhecer esses livros, já li uma resenha sobre eles e era bem positiva também. Nunca li nada da autora, mas amo romance de época e já estou ansiosa para conhecer esse!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi, tudo bem? Apesar de adorar romances de época e classificar como meu gênero favorito, mas ainda não li nenhum livro da Mary Balogh. Eu quero muito ler essa série, pois já notei que serão romances diferenciados daqueles clichês tradicionais, mas prefiro começar pela outra série dela... então, até conseguir chegar na leitura desse livros, fico curtindo as resenhas.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Mi! Eu gostei deste livro, aprecio o tom mais sério dos livros da autora e acho que o casal tinha muita afinidade. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi!
    AMOOO a Mary e preciso urgentemente começar essa resenha!Fico feliz em saber que você adorou, assim eu sei que você adorar também.
    Beijos
    Ari

    ResponderExcluir