A Pequena Caixa de Gwendy [Resenha Literária]


Em A Pequena Caixa de Gwendy Stephen King leva seu leitor novamente a Castle Rock, e desta vez muito bem acompanhado por Richard Chizmar, em uma história com pouco mais de 160 páginas, algo que não estamos acostumados a receber de King.

Nessa obra acompanhamos Gwendy, uma garotinha que durante as férias de verão de 1974, sobe todos os dias a Escada Suicida, enferrujada, na encosta do penhasco, buscando perder peso e se livrar dos apelidos maldosos que recebeu no colégio.

Certo dia a garota conhece um homem misterioso lhe oferecendo uma pequena caixa com botões coloridos, sem explicar muito sobre os efeitos que o presente pode causar na vida de Gwendy, e até mesmo no mundo.


Após o encontro a garota passa a se sentir mais inteligente, bonita, seus pais se tornam mais amorosos, suas amigas sentem inveja de todo o sucesso e atenção que passa a alcançar. Quanto mais o tempo passa e a garota conquista tudo o que sempre deseja, a influência da caixa em sua vida passa a se tornar uma preocupação, até onde tudo que tem é culpa da caixa misteriosa?

Durante a leitura vamos acompanhando as desconfianças da personagem sobre a caixa, de sua infância a vida adulta, e assim como ela, curiosos para conhecer todo o poder que o objeto possui.

Comparando o conto a outras histórias de Stephen King, esta é bastante singular, o terror característico do autor dá espaço a fantasia, e as 160 páginas acomodam muito bem o conto, além das ilustrações e a fluidez, é uma leitura rápida e simples, envolve o leitor das primeiras páginas até o desfecho digno dos autores que assinam a obra.


Mesmo sendo relativamente curto, é impossível não se envolver com a história de Gwendy, torcer pelo bem da personagem, e imaginar se em seu lugar cederia a curiosidade das consequências dos botões da caixa.

A Edição da Suma é de capa dura, e com ilustrações internas, só pela capa incrível é possível perceber que o interior não decepciona, vale dizer que com certeza está entre as capas mais bonitas para as obras de King. Esse livro é muito indicado para quem tem vontade de conhecer o trabalho do autor, mas tem receio do tamanho de seus livros e narrativas de terror.

FICHA TÉCNICA

Título: A Pequena Caixa de Gwendy
Autor: Stephen King
Nota: 5/5
Onde Comprar: Amazon

 

Rafaela Alves
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

8 comentários:

  1. Oi, Rafaela!
    Eu nunca li nada do King e estou querendo há tempos. Mas como sou bem medrosa, acho que encontrei o livro que vai me introduzir no mundo do King, hehe.
    Que bom que a pegada desse é mais de fantasia e achei beeem interessante.
    Fora que até estranhei ser tão curto, ainda mais vindo de quem veio.
    Já anotei na wishlist.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oiii Rafaela

    Esse livro está em votação num grupo de leituras coletivas que participo e se ganhar eu vou querer ler, principalmente porque até agora só li 1 livro do King e é um autor que sei que deveria ler mais, pois sempre surpreende, além de que eu gosto do estilo dele narrando as histórias. Não sabia que esse livro fosse tão curtinho, achei bacana ter te envolvido, mostra que a história é curta porém marcante e isso faz valer a pena.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafaela,
    Não conhecia o livro, que vergonha! Mas também nunca li nada do Stephan King, então é pior ainda, rs.
    Porém, te confesso que tenho medo de me arriscar, é algo que sai da minha zona de conforto e não me atrai muito, mas ele é um autor clássico né?
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Amei sua resenha, os livros desse autor sempre divide opiniões, sei que são leituras para nos tirar da zona de conforto e acho que só por ter essa proposta já é uma leitura válida. A capa desse livro está fascinante, impossível não querer conhece-lo!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafa!
    Eu não indicaria esse livro para alguém começar a conhecer a obra do King porque, como vc disse, é algo muito diferente do que ele costuma fazer e também foi escrito a quatro mãos. Eu indicaria um SK mais "puro" hehe.
    Mas também gostei do livro. A minha maior expectativa era descobrir que tipo de pessoa Gwendy se tornaria e se ela fora escolhida para ter a caixa porque era boa a ponto de não usá-la para o mal ou justamente o contrário.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Rafa!
    Ninguém nunca avisou pra Gwendy não aceitar coisa de estranho? hahahahahah
    Faz tempo que não leio nada do King. Suas últimas obras me decepcionaram um pouco..
    Beijos
    Balaio de Babados
    Natal Literário 2018: 5 kits, 10 ganhadores. Participe!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Rafaela

    Fiquei surpresa de ver as palavras fluidez, rápida e simples em uma resenha de um livro do SK. Acho a escrita dele extremamente prolixa, apesar de genial.
    Acho que essa é a primeira resenha que leio aobre esse livro e até me interessei por essa pegada mais fantasiosa... quero saber qual é a da caixa.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Rafaela
    Esse foi um dos livros de King que não me agradou muito. Não foi uma leitura especial para mim. Tem a minha resenha lá no blog...
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir