A Traidora do Trono [Resenha Literária]


A Traidora do Trono é o segundo livro da trilogia A Rebelde do Deserto (CLIQUE AQUI) da autora Alwyn Hamilton. Graças aos céus esse segundo volume não caiu na maldição dos segundos livros, muito pelo contrário, A Traidora do Trono chega a ser mil vezes melhor do que o seu antecessor.

Nesse livro a história começa quase um ano que se passou desde que a protagonista Amani e seus companheiros de rebelião venceram a épica batalha de Fahali. Ahmed, o príncipe rebelde, agora controla parte de Miraji, e sua mensagem se espalha pelo deserto como um rastilho de pólvora. O príncipe rebelde quer libertar seu povo da dominação estrangeira e do governo injusto e violento de seu pai, e para isso ele reúne cada vez mais seguidores num acampamento secreto, sejam eles humanos ou demdjis, mestiços que herdaram poderes especiais de seus pais djinnis.

Amani conquistou a fama e o nome de a Bandida de Olhos Azuis no primeiro livro e essa fama se propagou, virando quase uma lenda, mesmo que alguns boatos não fossem muito fiéis à realidade. Ao mesmo tempo, ela aprendeu a lidar melhor com o poder que descobriu ter, tornando-se uma guerreira versátil e imprescindível nas batalhas contra o Exército do sultão. Além disso, Amani terá que resolver sua mágoa em relação ao Jin. Enquanto ela lida com o seu relacionamento com Jin, a garota nem se dá conta que existe um traidor no grupo e ela acaba se tornando prisioneira do inimigo.


Amani é sequestrada e levada ao sultão, ali, ela terá que ficar restrita ao harém, onde vivem as esposas e filhas do sultão e sultim (filho e herdeiro do trono). A mocinha terá que sobreviver a esse lugar, lidar com o sultão e tentar achar um jeito de sair de lá viva para ajudar a rebelião. Sem contar que ela terá que lidar com a saudade que ela sente de Jin, o jovem por quem está apaixonada, e que se afastou dela quando eles estavam se tornando mais próximos. E se não bastasse isso tudo, Amani enfrenta vários fantasmas de seu passado, pessoas que ela acreditava não estar mais vivos.

Se eu achei o primeiro livro A Redelde do Deserto medíocre e que não me agradou totalmente apesar do universo criado pela autora ser muito bom, eu achei esse segundo volume um livro e tanto! A Traidora do Trono teve uma narrativa que me prendeu do início ao fim (nem pareceu que foi a mesma autora que escreveu o primeiro), além de me fazer ficar presa a esse universo com diversas tramas que me deixaram no maior suspense. Alwyn Hamilton me proporcionou um final espetacular, querendo mais, esperando ansiosamente pelo último livro.


O que eu mais gostei foi que a autora incluiu narrações em terceira pessoa de outros personagens, além de acrescentar personagens super confiantes e carismáticos no enredo.  Mesmo que uma boa parte do livro alguns que brilharam no volume anterior, ficaram apagados, a Alwyn Hamilton os trouxe para brilhar na reta final da história.

Só espero que o desfecho da trilogia  A Rebelde do Deserto seja tão bom que nem esse livro ou até melhor!

FICHA TÉCNICA

Título: A Traidora do Trono – A Rebelde do Deserto # 2
Autora: Alwyn Hamilton
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

9 comentários:

  1. Oi, Ariane!
    Para ser sincera, eu só dei uma olhada por cima na sua resenha. Ainda quero ler o primeiro livro e fico com medo de pegar algum spoiler por menor que seja. Espero gostar também!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ariane
    Essa trilogia é uma que ainda quero muito ler, principalmente porque se passa no deserto e tem toda essa história da protagonista ser bem empoderada. Infelizmente ainda não pude conferir, mas tá na lista.

    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ariane.
    Li esse livro no começo do ano e adorei. Espero gostar do último também.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  4. Oii Ariane

    Tenho a trilogia aqui na estante e pretendo ler pelo menos o primeiro livro agora em Janeiro pois ultimamente tenho visto várias resenhas positivas da trilogia que tem só aumentado a minha curiosidade, quero muito conhecer a história da Amani

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Ariane.
    Eu amei o primeiro livro e esse conseguiu ser ainda melhor. E a Amani é um personagem incrível. Mas achei que poderia ter mostrado o que aconteceu com o resto do povo e não ficado só acompanhando ela no palácio. Mas é um livro maravilhoso.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Ei Ariane!!!
    Tenho muita vontade de ler a série, mas ainda não tive oportunidade.. acho a capa simplesmente maravilhosa!
    Beijinho!

    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
  7. Oi Ari! O segundo livro não me empolgou tanto como o primeiro, mas aos poucos foi me capturando e no final eu fiquei encantada e surpresa com o desfecho. A trilogia é muito boa. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ari! Tudo bom?
    Eu sou COMPLETAMENTE APAIXONADA por esse segundo volume. Essa série teve uma evolução absurda de um livro que já era bom pra um maravilhoso pra um PERFEITO. Amo Alwyn Hamilton e vou venerá-la pra sempre.
    Saudades, inclusive <3

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ariane

    Que bom que esse conquistou você! Nada melhor do que ser surpreendida após uma leitura meio bleh. Não sabia que o filho de um sultão se chamava sultim, vivendo e aprendendo! Hahahah

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir