Lançamento DarkSide® Books: Floresta dos Medos


A DarkSide® Books está lançando a Floresta dos Medos com a premiada ilustradora Emily Carroll. E assim como nos contos de fada, nem tudo que habita os arredores da floresta é aquilo que parece ser. Os medos são diversos. Três irmãs que ficam sozinhas em casa e, uma por vez, desaparecem. O fantasma de uma mulher que aguarda vingança. Um homem que sempre viveu à sombra de seu irmão decide assassiná-lo. Uma garota e sua amiga médium exploram a dor e o luto dos outros em um golpe elaborado. E, por fim, uma menina visita seu irmão casado apenas para descobrir um segredo terrível e visceral. 

O texto de Emily Carroll é poético, com ilustrações são carregadas de tons sombrios e avermelhados, evocando o etéreo dos contos dos irmãos Grimm, o extraordinário de Neil Gaiman, o gótico de Edgar Allan Poe e, principalmente, o realismo mágico de Angela Carter

Abaixo mais informações:

Uma garota empunha uma lamparina para vencer os contornos da escuridão. Ali perto, uma floresta. Calada e fantasmagórica, repleta de coisas estranhas. Criaturas misteriosas, sussurros velados, medos inomináveis. Pense naquilo que faz seu sangue correr depressa pelas veias. Uma voz sem corpo? Uma visão fantasmagórica? Ou, quem sabe, a possibilidade de viver algo sobrenatural? 

Aguarde na penumbra e fale baixo. A DarkSide® Books convida você para um passeio pela floresta cheia de rostos pálidos e mãos geladas da premiada ilustradora Emily Carroll. Mas tome cuidado: assim como nos contos de fada, nem tudo que habita seus arredores é aquilo que parece ser. 

De uma coisa nós temos certeza: as cinco histórias de Floresta dos Medos dão frio na espinha. Nelas, a quadrinista canadense — ganhadora de um prêmio Eisner, um dos mais importantes do universo dos quadrinhos — explora o medo subjetivo e imagético, composto de sensações estranhas que raramente conseguimos explicar. Não espere sustos que farão você pular; aqui, olhares de relance para os cantos do quarto serão muito mais comuns. Será que você está realmente sozinho em casa? 

O texto de Emily Carroll é poderoso e poético, e suas ilustrações, carregadas de tons sombrios e avermelhados. Seu trabalho elegante evoca o etéreo dos contos dos irmãos Grimm, o extraordinário de Neil Gaiman, o gótico de Edgar Allan Poe e, principalmente, o realismo mágico de Angela Carter. E, assim como os grandes mestres, incita o leitor a enfrentar seus próprios medos e fraquezas. Você também ouviu uma batida à porta? 


Os medos, aqui, são diversos. Três irmãs que ficam sozinhas em casa e, uma por vez, desaparecem. O fantasma de uma mulher que aguarda vingança. Um homem que sempre viveu à sombra de seu irmão decide assassiná-lo. Uma garota e sua amiga médium exploram a dor e o luto dos outros em um golpe elaborado. E, por fim, uma menina visita seu irmão casado apenas para descobrir um segredo terrível e visceral. 

O lançamento do selo DarkSide® Graphic Novel chega para os darksiders em uma edição de colecionador tão bela que cai perfeitamente bem com uma leitura em voz alta, em uma noite de tempestade repleta de ventos uivantes. 

Floresta dos Medos é uma compilação de vislumbres, dúvidas e pesadelos. Tudo em suas páginas grita para ficarmos longe, mas, de algum modo assombrosamente delicioso, ficar longe é impossível. A única solução é embarcar nesta jornada conosco. E verdade seja dita: Chapeuzinho Vermelho teve sorte por só ter encontrado o Lobo Mau na floresta. Entre as árvores e clareiras, existe algo muito, muito pior. 

Emily Carroll nasceu em London, Ontario, em junho de 1983. Além de publicar curtas histórias em quadrinhos em seu site, ela colaborou em diversas antologias, incluindo The Witching Hour (Vertigo), Creepy #9 (Dark Horse) e Fairy Tale Comics (First Second). Em 2015, foi a ganhadora do prêmio Eisner na categoria Melhor História Curta. Atualmente ela vive com sua esposa, Kate, e seu enorme gato laranja em Stratford, Ontario. Saiba mais em emcarroll.com. 

“Floresta dos Medos hipnotiza e inspira. Um playground gótico e vitoriano assombrado por Mary Shelley.” — CRAIG THOMPSON, AUTOR DE RETALHOS E HABIBI— 

“Qualquer fã de quadrinhos de horror fará bem em ler Floresta dos Medos. Estes cinco contos de fada sombrios e deturpados são unidos pelo seu foco em terrores inquietantes que afloram da natureza selvagem.” — IGN — 

“Carroll transforma a floresta do título em algo inteiramente próprio, uma metáfora do perigo que espreita e rosna do outro lado da porta, mas que ainda assim nos atrai.” — GLOBE AND MAIL — 

“Há um inquietante quê de pesadelo na escrita e nas ilustrações de Emily Carroll que remete ao trabalho de Neil Gaiman e Dave McKean em Coraline e Sandman.” — THE BOOK SMUGGLERS — 

FICHA TÉCNICA

Título: Floresta dos Medos 
Autora: Emily Carroll 
Tradutora: Bruna Miranda 
Editora: DarkSide® 
Edição: 1a 
Idioma: Português 
Especificações: 208 páginas, Limited Edition (capa dura) 
Dimensões: 17,78 x 22,86 cm 
ISBN: 978-85-9454-140-6

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Amei sua resenha, confesso que esse tipo de livro não faz meu gênero, mas sua resenha foi tão boa que é impossível não querer sair da zona de conforto e conhecer!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto essa HQ no instagram, mas a edição gringa. Parece muito bonita =D

    ResponderExcluir
  3. Sou apaixonada pelas edições da Darkside, e ainda por cima terror, suspense e Thriller são meus gêneros da vida.
    Eu vi esse livro no site deles já fiquei enlouquecida, quero muitoo

    Adorei o post bem completinho.

    Aceita Café?

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh eu já quero forte!
    Amo essa pegada sombria, amo as edições da Dark e saber que o livro é tão especial que conta até com ilustrações... quero antes mesmo de ler resenha.
    Beijos
    http://pausaparapitacos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Michele.
    Só de ver a imagem já me apaixonei pelo livro hehe. Imagino que por dentro está fantástico e o enredo é bem o que gosto de ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir