A Morte Te Dá Parabéns 2 [Resenha do Filme]


Quando a mocinha consegue derrotar o vilão que a perseguiu durante todo o filme, tudo termina bem, e ela consegue seu final feliz, certo? Bom, não se ela fizer parte de um projeto que fez sucesso suficiente para acarretar em uma continuação! 

Depois de ficar presa em um "looping temporal", em que sempre morria assassinada, para então reviver o mesmo dia, Tree Gelbman (Jessica Rothe) finalmente consegue se libertar, e agora parece que tudo vai ficar bem. Mas quando um experimento científico no laboratório de sua faculdade dá errado, ela é jogada de volta ao mesmo fluxo de repetição. Só que dessa vez, as coisas não são como antes. 

Como toda sequência hollywoodiana que se preze, A Morte Te Dá Parabéns 2 traz de volta tudo aquilo que funcionou no primeiro longa, mas também adiciona alguns elementos inesperados para superar o original. 


Se classificar o primeiro filme da série já era um pouco difícil, fazer isso na sequência é quase impossível. Além do terror e da comédia, que já estavam presentes, a continuação ainda adiciona uma forte carga de ficção científica, um pouco de drama, e até mesmo uma vibe nostálgica de filmes de aventura, em que os personagens precisam passar por vários obstáculos para alcançar seus objetivos. A mistura parece bizarra, mas acredite, funciona. 

A própria trilha sonora brinca bastante com os absurdos da trama, alternando entre temas mais sérios e alguns mais brincalhões. Assim como a boa direção de arte, que também ajuda a fazer esse trabalho de conectar as partes mais assustadoras com as mais leves, fazendo com que cada uma funcione bem, tanto separadamente quanto em conjunto. É possível observar isso nos cenários e na paleta de cores do longa, que passam a ter tons mais frios e escuros nos momentos tensos. 

Como no original, o enredo se utiliza dos clichês do gênero como forma de satirizar os filmes de terror, ao mesmo tempo em que se propõe a entreter o público com o humor mais esculachado. Por mais estranhos que sejam os eventos do filme, é divertido acompanhar a linha de raciocínio desenvolvida durante a narrativa. 


Para conseguir explicar os eventos do primeiro filme, e colocar Tree na mesma situação novamente, a trama parte para o lado da ficção científica, chegando até a fazer referência a clássicos como A Origem e De Volta para o Futuro. Por um lado, isso acabou tirando um pouco do brilho que o original tinha em relação ao mistério de não sabermos o que exatamente está acontecendo, abrindo possibilidades para que os espectadores criassem suas próprias teorias. Mas esse acaba sendo também um ponto positivo da continuação. 

Caso o longa mantivesse exatamente a mesma fórmula do primeiro filme, com certeza não conseguiria se destacar em nada. Quando A Morte Te Dá Parabéns chegou nas telonas em 2017, foi o seu enredo fora dos padrões do gênero que funcionou tão bem, e funciona novamente agora na sequência, já que a trama sabe o que o público espera, e subverte essas expectativas para conseguir manter a sua atenção. 


Tree continua tão carismática quanto já era, e com a atriz agora mais confortável no papel, além da trama consideravelmente mais tresloucada, ela se tornou ainda mais divertida de acompanhar. O resto dos personagens não se destaca tanto, mas fica claro que o filme não tem de fato grandes intenções nessa área. Cada um dos personagens secundários, ainda que carismáticos, são basicamente um estereótipo de filmes do gênero, e eles estão lá muito mais para ajudar a avançar a narrativa e entreter a audiência do que para serem memoráveis. 

Ainda que continue a ser difundido como um longa de terror, nesta sequência, a franquia se distanciou um pouco mais do gênero, ou pelo menos, das fórmulas e tipos de história que associamos a ele. Mas é justamente essa a maior força do filme, e para o espectador que tiver a mente aberta a uma mistura quase improvável de estilos, A Morte Te Dá Parabéns 2 se estabelece como uma agradável forma de entretenimento. 

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: A morte te dá parabéns 2
Título: Happy Death Day 2U
Direção: Christopher Landon
Data de lançamento: 21 de fevereiro de 2019.
Nota: 4/5


*conferimos o filme na cabine de imprensa
Gabriel Ferreira
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

9 comentários:

  1. Oi, Gabriel
    Eu ainda não conferi o primeiro filme mas fiquei morrendo de medo com o trailer, agora que esse é mais tranquilo, digamos assim, eu fico mais de boa para poder conferir. Eu gosto dessa coisa de comédia com terror, tipo It: A coisa, que tinham umas cenas engraçadas muito fora de contexto. Espero poder ver em breve!
    Beijo

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. É bom a gente dar risada e assistir para descontrair.
    Não vi nenhum deles ainda, mas já adorei a sua dica.

    Tenha uma ótima noite.
    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabriel!
    Gostei ds tua crítica, bem positiva, não esperava! A gnt fica com um medinho dessas continuações né? hahah
    Que bom q explicaram a questão dos loops temporais, n dava pra adiar + isso.
    Espero poder assistir tbm em breve!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca assisti nem o primeiro, mas sei lá... talvez quando passar na TV hehehe

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Vi o trailer desse filme no cinema e confesso que não consigo gostar de filmes assim.. mas para quem gosta, é uma pedida!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, Gabriel.
    Eu não assisti o primeiro filme, nem lembro de ter visto falar dele. Mas achei o enredo bem interessante e vou procurar para assistir. Se gostar assisto esse também hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi Gabriel, tudo bem?
    Ainda não assistir, ao primeiro filme, mas pelos seus comentários a fórmula deu certo.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir