Drácula [Resenha Literária]


A Editora Darkside Books tem sido um grande presente para os fãs de terror, e dessa vez trouxe a história mais famosa de todos os tempos, Drácula, em duas edições de deixar qualquer leitor em dúvida. Temos a First Edition, com capa a amarela da primeira publicação em 1987 e uma edição totalmente voltada para os fãs criaturas da noite, a Dark Edition, com apenas um morcego desenhado na capa preta envelhecida, ambas as edições possuem conteúdo extra sobre a obra de Bram Stoker e capa dura.

Todo mundo conhece o básico sobre Drácula, o conde de Transilvânia, sedento por sangue e em busca de formar uma legião de seres como ele. Uma criatura que não sai ao sol, temido pelos mortais, um demônio. Posso dizer com certeza que a obra vai muito além, a cultura pop traz a história do conde de forma superficial, e essa leitura irá expandir sua visão.

A história é contada através dos diários dos personagens, começamos acompanhando Jonathan Harker um advogado que recebeu a missão de ir até o castelo de um de seus clientes, para a conclusão da compra de propriedades em Londres. O jovem é instruído a ir até um hotel, onde uma carruagem iria ao seu encontro para finalizar sua viagem até o castelo de Conde Drácula. A dona do hotel tenta fazer com que Jonathan desista de sua tarefa, todos no pequeno vilarejo parecem sentir pesar por sua jornada, e horror de seu destino final. 


Durante o caminho o personagem fica cada vez mais desconfiado, lobos acompanhavam a carruagem, chamas azuladas eram vistas, os cavalos sentiam medo e o cocheiro de tempos em tempos parava e sumia na densa floresta. Até que o jovem advogado chega ao castelo, sem fazer ideia do rumo sombrio que sua vida está prestes a tomar.

Depois passamos a acompanhar Mina Murray, noiva de Jonathan. Durante ausência de seu amado ela está se correspondendo com Lucy Westenra e fica sabendo que a amiga está noiva, recebeu três pedidos em um mesmo dia e acabou decidindo por Arthur Holmwood, levando John Seward, um médico e Quincey P. Morris, um texano, a se tornarem amigos, em suas dores de rejeição.

Aos poucos a história vai tomando um ar sombrio, Lucy passa a sofrer de sonambulismo, cansaço e palidez, Mina passa um mês sem notícias de Jonathan, acompanhamos o diário de John Seward e seu interesse por um paciente fora do comum. E tudo vai se unindo em uma narrativa tensa e misteriosa que culmina na chegada do professor Van Helsing, que diferente do que muitos imaginam e o cinema retrata, se parece mais com um médico do que caçador de vampiros, e os perigos de Drácula vão sendo apresentados.

Drácula é uma narrativa muito boa, faz jus a fama e consagração entre os grandes autores do gênero que possui, porém, por se tratar de um texto de 1987 pode em muitos momentos parecer arrastado, com detalhes demais, uma linguagem difícil por parte dos personagens, e em muitos momentos alguns trechos podem ser vistos pelo leitor como enrolação. No entanto, todas as informações são necessárias para entender o contexto da obra. Além da época em que foi escrita, temos toda a questão da fama que tomou, claro que já sabemos que o conde é um vampiro, suas vítimas se tornam mortos vivos, mas no livro faz parte do mistério.


Dito isso, é uma leitura obrigatória para todo fã de terror, cultura pop e Darkside Books. Essa edição ainda conta com notícias da época sobre a publicação da história, resenhas e entrevistas com Bram Stoker, cartas do próprio autor, Oscar Wilde, e outros.

O posfácio apresenta alguns dados, análises e pesquisas, rascunhos feitos por Bram Stoker, imagens de filmes feitos a partir da obra. Todo esse material extra busca decodificar e revelar alguns mistérios da história. 

Como se a Darkside já não tivesse criado uma edição incrível o suficiente, temos o conto o Hóspede de Drácula, em que um inglês seguindo para a Transilvânia, se dirige a um vilarejo tido como assombrado, em uma noite comemorativa semelhante ao Dia das Bruxas e durante uma nevasca acaba por se abrigar em um cemitério. Tempestades e cemitérios são a combinação perfeita para um bom susto, e nesse caminho segue o conto.


Para fechar esse trabalho incrível da editora, as ilustrações presentes no livro foram feitas por Samuel Casal, premiado quadrinista e ilustrador brasileiro.

Vale lembrar que agora a Darkside Books tem casa própria, tanto as duas edições de Drácula, quanto todas as obras da editora podem ser adquiridas no site (CLIQUE AQUI), alguns livros ainda contam com brindes especiais, como uma estaca de madeira para se defender de vampiros, pôsteres, fitas Crime Scene e marcadores de páginas exclusivos, viva a Dark Experience comprando direto da editora.

FICHA TÉCNICA

Título: Drácula
Autor: Bram Stocker
Editora DarkSide® Books
Nota: 5/5
Onde Comprar: Amazon

 

Rafaela Alves
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

13 comentários:

  1. nossa,apaixonada por essa edição incrivel com esses acessorios como essa adaga, nossa eu amei!!! esse é um classico que sempre tive vontade de ler

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Olá, Rafaela

    Edição lindíssima! Eu não sou uma profunda conhecedora da lenda do Dracula, tenho até que ler pra ficar à par. Quando meu ranço por vampiros passar eu vejo se leio. Hahah

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafaela, tudo bem? Não sou fã do gênero e a história do Drácula sempre me atemorizou, mas é impossível não desejar essa edição. Tenho curiosidade em conferir a história original mesmo, mesmo que o medo predominará ao longo da leitura, não consigo deixar de imaginar um vampiro pulando do livro a cada página, hahaha.
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
  4. Nunca cheguei a ler nenhuma edição dessa história mas sempre tive curiosidade. A edição é linda. Mas ainda me preparo porque não sei se vou gostar, sai um pouco da minha zona de conforto..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, Rafaela.
    Essa edição parece estar de encher os olhos. Eu que nem sou tão fã assim fiquei aqui doida para ter ele na estante hehe. E não sabia que a editora estava vendendo os livros, vou dar uma olhada por lá.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oiii Rafaela

    Que capricho, tanto a Dark quanto a a First Edition ficaram maravilhosas, apesar de não ser mega fã do Drácula, fiquei com vontade de ter essas edições lindas

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Rafaela!
    Esse é outro livro que está parado na estante. Espero que isso mude esse ano.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Oi
    eu não leio livros desse gênero, mas confesso que tenho vontade de ler a história do Drácula, pois parece ser uma história bem interessante de se ler, que bom que gostou da leitura da obra, a edição ta linda pelo que vi na foto.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi! Faz anos que li a obra e li em inglês, não tenho edição nacional e não sabia dessa da Darkside. É uma obra que gosto bastante e leria novamente com prazer. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Essa edição está lindíssima. Tenho vontade de pegar todas as vezes que vejo resenhas ou fotos sobre ela. Mas não saberia o que fazer com minha outra edição XD
    Amei a resenha. Drácula foi um dos primeiros livros que gostei de ler e foi muito importante para que aprendesse a amar literatura =D

    ResponderExcluir
  11. Eu sempre quis ler este livro, aí peguei a versão em inglês na Amazon (isto deve ter 2 anos) e ainda não saí da terceira página. Agora vou acatar a sugestão e comprar a versão em português da darkside, e sejamos sinceros, este livro merece mesmo uma capa dura. A história já conheço de vários filmes.
    Abraços,
    Gisela
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir