Grupo Companhia das Letras: lançamentos março 2019


Em março a Companhia das Letras tem muita coisa boa para os fãs de fantasia, terror, romance e muito mais! Pela Suma de Letras tem George RR Martin, com A guerra dos tronos, a reedição de A metade sombria, do Stephen King. Pelo selo Seguinte tem novo livro da Malala Yousafzai, que traz relatos reais sobre a crise de refugiados, uma graphic novel maravilhosa ganhadora do prêmio Eisner, Não tá fácil pra ninguém que vai agradar a todos os fãs de Sarah Andersen. Na Paralela tem o spin-off de Amores Improváveis e na Companhia das letrinhas uma biografia de Monteiro Lobato e o 4º volume das aventuras do Homem-Cão.

Abaixo mais informações:


O criador da mais célebre oficina de escrita literária no Brasil transformou em livro o curso que formou muitos dos grandes escritores brasileiros contemporâneos.

“Este é um livro imaginado para auxiliar quem deseja escrever textos de ficção.” O escritor e professor Luiz Antonio de Assis Brasil registrou aqui sua experiência ao longo de 34 anos ininterruptos de trabalho com a Oficina de Criação Literária da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, e também no programa de pós-graduação em escrita criativa na mesma universidade.

Com a perspectiva de um ficcionista dialogando com outros ficcionistas, ele apresenta ferramentas indispensáveis para a formação de um escritor. Avesso a fórmulas, Assis ressalta o papel da leitura constante de obras literárias para quem ser se tornar autor de ficção — e são essas obras as grandes referências de seus cursos e deste manual indispensável, que contou com a colaboração do escritor e ex-aluno Luís Roberto Amabile.
Editora Seguinte


Neste livro, a mais jovem ganhadora do prêmio Nobel da paz conta sua história de migração e dá voz a garotas que estão entre os milhões de refugiados pelo mundo.

Ao longo de sua jornada, a paquistanesa Malala Yousafzai visitou uma série de campos de refugiados, o que a levou a pensar sobre sua própria condição de migrante — primeiro dentro de seu país, ainda quando criança, e depois como ativista internacional, livre para viajar para qualquer canto do mundo, exceto sua terra natal.

Em Longe de casa, que é ao mesmo tempo um livro de memórias e uma narrativa coletiva, Malala explora sua própria trajetória de vida e apresenta as histórias de nove garotas de várias partes do mundo, do Oriente Médio à América Latina, que tiveram que deixar para trás sua comunidade, seus parentes e o único lar que conheciam.

Numa época de crises migratórias, guerras e disputas por fronteiras, Malala nos lembra que os 68,5 milhões de deslocados no mundo são mais do que uma estatística — cada um deles é uma pessoa com suas próprias vivências, sonhos e esperanças. (Tradução: Lígia Azevedo)


Do autor que já conta com mais de 1 milhão de seguidores na internet, estas tirinhas retratam as emoções contraditórias e as situações tragicômicas que enfrentamos no início da vida adulta.

Às vezes você mal acorda e já sente que a vida quer te derrubar? Tenta, em vão, conciliar sono, trabalho, exercícios, lazer e vida social, e sente que tem sempre alguém muito melhor do que você em tudo? Não se preocupe, você não está sozinho! Porque a verdade é que não tá fácil pra ninguém.

De forma acessível e certeira, as tiras de Andrew Tsyaston discutem ansiedade, depressão, masculinidade tóxica, autoestima e as expectativas de nossa sociedade em relação aos jovens. Ao longo da leitura, é inevitável se identificar e dar muita risada — ainda que, por dentro, você esteja chorando. (Tradução: Lígia Azevedo)

Editora Paralela



Bem-vinda de volta aos jogos de hóquei e às festas da Universidade Briar! No primeiro spin-off da série Amores Improváveis, conheça a apaixonante e misteriosa Summer, irmã de Dean.

Todo mundo diz que os opostos se atraem. E deve ser verdade, porque não tem nada que explique minha atração por Colin Fitzgerald. Ele não faz meu tipo e, o pior de tudo, me acha superficial. Essa visão distorcida que ele tem de mim é o primeiro ponto contra. Também não ajuda que ele seja amigo do meu irmão.

E que o cara que mora com ele tenha uma queda por mim.

E que eu tenha acabado de me mudar para a casa deles.

Mas isso não importa. Estou ocupada o bastante com uma faculdade nova, um professor que não larga do meu pé e um futuro incerto. Além do mais, Fitzy deixou bem claro que não quer nada comigo, embora tenhamos uma química de dar inveja a qualquer casal. Nunca fui de correr atrás de homem, e não vou começar agora. Então, se o meu roommate gato finalmente acordar e perceber o que está perdendo...

Ele sabe onde me encontrar. (Tradução: Juliana Romeiro)

Quadrinhos na cia


A história de um assassinato misterioso, um drama familiar, um épico histórico e um extraordinário suspense psicológico sobre monstros — reais e imaginados. A história em quadrinhos mais impactante desde Maus.

Com o tumultuado cenário político da Chicago dos anos 1960 como pano de fundo, Minha coisa favorita é monstro é narrado por Karen Reyes, uma garota de dez anos completamente alucinada por histórias de terror. No seu diário, todo feito em esferográfica, ela se desenha como uma jovem lobismoça e leva o leitor a uma incrível jornada pela iconografia dos filmes B de horror e das revistinhas de monstro.

Quando Karen tenta desvendar o assassinato de sua bela e enigmática vizinha do andar de cima — Anka Silverberg, uma sobrevivente do Holocausto — assistimos ao desenrolar de histórias fascinantes de um elenco bizarro e sombrio de personagens: seu irmão Dezê, convocado a servir nas forças armadas e assombrado por um segredo do passado; o marido de Anka, Sam Silverberg, também conhecido como o jazzman “Hotstep”; o mafioso Sr. Gronan; a drag queen Franklin; e Sr. Chugg, o ventríloquo. 

Num estilo caleidoscópico e de virtuosismo estonteante, Minha coisa favorita é monstro é uma obra magistral e de originalidade ímpar. 

Grande vencedor do prêmio Eisner, o mais importante do quadrinho mundial, nas categorias Melhor álbum do ano, Melhor roteirista/desenhista e Melhor colorista. (Tradução: Érico Assis)

Suma de Letras


Após anos esgotado no Brasil, A metade sombria volta às livrarias como parte da Biblioteca Stephen King, coleção de clássicos do mestre do terror em edição especial com capa dura e conteúdo extra.

Criar George Stark foi fácil. Se livrar dele, nem tanto.

Há anos, Thad Beaumont vem escrevendo, sob o pseudônimo George Stark, thrillers violentos que pagam as contas da família, mas não são considerados “livros sérios” pelo escritor. Quando um jornalista ameaça expor o segredo, Thad decide abrir o jogo primeiro, e dá um fim público ao pseudônimo.

Beaumont volta a escrever sob o próprio nome, e seu alter ego ameaçador está definitivamente enterrado. Tudo vai bem. Até que uma série de assassinatos tem início, e todas as pistas apontam para Thad. Ele gostaria de poder dizer que é inocente, que não participou dos atos monstruosos acontecendo ao seu redor. Mas a verdade é que George Stark não ficou feliz de ser dispensado tão facilmente, e está de volta para perseguir os responsáveis por sua morte. (Tradução: Regiane Winarski)


A guerra dos tronos é o primeiro livro da série best-seller internacional As Crônicas de Gelo e Fogo, que deu origem à adaptação de sucesso da HBO, Game of Thrones.

O verão pode durar décadas. O inverno, toda uma vida. E a guerra dos tronos começou.

Como Guardião do Norte, lorde Eddard Stark não fica feliz quando o rei Robert o proclama a nova Mão do Rei. Sua honra o obriga a aceitar o cargo e deixar seu posto em Winterfell para rumar para a corte, onde os homens fazem o que lhes convém, não o que devem... e onde um inimigo morto é algo a ser admirado.

Longe de casa e com a família dividida, Eddard se vê cada vez mais enredado nas intrigas mortais de Porto Real, sem saber que perigos ainda maiores espreitam a distância.

Nas florestas ao norte de Winterfell, forças sobrenaturais se espalham por trás da Muralha que protege a região. E, nas Cidades Livres, o jovem Rei Dragão exilado na Rebelião de Robert planeja sua vingança e deseja recuperar sua herança de família: o Trono de Ferro de Westeros. (Tradução: Jorge Candeias)

Companhia das Letrinhas


Com um tom leve e divertido, esta é uma biografia completa de Monteiro Lobato para crianças. Nesta edição ricamente ilustrada, os leitores vão conhecer a vida do maior autor brasileiro de literatura infantil a partir de seu próprio relato.

E se Monteiro Lobato resolvesse contar sua história para as crianças de hoje em dia? Descobriríamos como Narizinho, Emília, Pedrinho, Dona Benta, Tia Nastácia e tantos outros personagens do Sítio do Picapau Amarelo foram criados? Essa é a proposta deste livro, escrito por Marisa Lajolo e Lilia Moritz Schwarcz, que dão voz ao próprio Lobato. Narrado em primeira pessoa, o editor, empreendedor, escritor e fazendeiro conta sua vida às crianças e não foge das questões polêmicas relacionadas a ele. O contexto histórico é sempre abordado por meio de boxes complementares.

Com um projeto gráfico especial recheado de imagens e documentos raros, como fotos de Lobato e sua família, cartas do escritor para a mãe e ilustrações das primeiras edições dos livros do Sítio do Picapau Amarelo, essa é uma leitura indispensável para quem quer conhecer a vida do maior autor da literatura infantil brasileira. 


O Homem-Cão está de volta — e dessa vez ele não está sozinho! No quarto volume da série do criador do Capitão Cueca, nosso cãopanheiro contará com a ajuda de um gatinho para enfrentar mais uma vez seu arqui-inimigo: o gato Pepê.

Quando o oficial Rocha e seu cachorro Greg sofrem um acidente, o único jeito de os dois sobreviverem é fundindo a cabeça do cão com o corpo do policial — e é assim que nasce o Homem-Cão, o grande herói da cidade! Com um grande coração, ele sempre espera o melhor das pessoas (e dos gatos), por isso ainda está aprimorando suas habilidades no trabalho.

Nosso herói com olfato apurado para sentir no ar o cheiro da injustiça agora tem um pequeno ajudante felino: o Pepezinho! Juntos, o Cãovaleiro das Trevas e o Supergatinho precisam descobrir o paradeiro de uma grande atriz de cinema que desapareceu na cidade. Será que a babá misteriosa que chegou na cidade tem alguma coisa a ver com essa história? Nossos heróis precisam farejar esse mistério antes que Pepê, o gato mais malvado do mundo, apronte mais uma vez. (Tradução: André Czarnobai)

Vol. 1 – O Homem-Cão: AQUI
Vol. 2 – O Homem-Cão desgovernado: AQUI
Vol. 3 – O Homem-Cão: um conto de dois gatinhos: AQUI

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Olá, Michele.
    Os dois em destaque são os que eu mais quero. Te Chase porque amei os outros livros da série e A meta sombria porque é um dos poucos livros do King que eu realmente gostei. Mas com esse preço nem sonhando hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi,
    Quero muito ler "The Chase" e o novo da Malala.
    E essa coleção nova do King de capa dura está de babar, confesso! HAHAHA
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Estou doida por Minha coisa favorita é monstro <3

    ResponderExcluir
  4. Amém, Stephen King!
    Quero ler tudo desse homem, socorro

    Beijos
    renatavarelaescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir