International Guy: Milão, San Franscisco, Montreal


International Guy continua sendo uma boa surpresa, para saber sobre o primeiro volume CLIQUE AQUI! Para quem não conhece a série, os livros de Audrey Carlan mostra a rotina de Parker dono de uma agência especializada a ajudar mulheres em qualquer tipo de problema, sempre ajudando-as a melhorar a estima, ter amor próprio, encontrar um grande amor, entre outras coisas.

Em Milão, Parker vai ajudar um grupo de mulheres que nunca pisaram numa passarela a aprenderem a desfilar mostrando o melhor de si mesmas, não se importando com o peso, aprendo a se sentirem confortáveis com o próprio corpo. Em San Francisco temos Rochelle uma empresária de sucesso procurando um par ideal para ter filhos, mas não consegue enxergar que esse homem talvez esteja bem próximo dela. E em Montreal, o protagonista ajuda a descobrir um caso de sabotagem industrial. 


Em todos os volumes temos casos em que alguma mulher precisa da ajuda da agência e embora a autora tenha mostrado enredos interessantes, nessas três historias Carlan trabalhou melhor os personagens principais. Parker e Skyler passam por problemas no relacionamento, principalmente no quesito confiança. Se agora a atriz está mais segura de si mesma e do namoro com Parker, ele por outro lado se deixa abalar pelas situações do passado. E no final das contas, Skyler precisa lidar com um ex-namorado que a ameaça e também com as inseguranças do protagonista.

Além do relacionamento de Parker e Skyler, a autora deu mais espaço para Royce que fica interessado em Rochelle do livro San Francisco. Achei as atitudes de Parker bem hipócrita, tentando evitar que Roy se relacionasse com uma cliente, sendo que ele mesmo já fez isso. No entanto, podemos entender os motivos do protagonista. Também temos Wendy, a secretária hacker que consegue fazer qualquer coisa. Wendy merecidamente ganhou espaço na trama é uma personagem cativante!



Das três histórias a que mais me chamou atenção foi a última de Montreal, já que o caso de espionagem acabou tomando um rumo diferente. De todas as formas, Audrey Carlan seguiu o caminho de explorar mais os personagens da agência, focando mais neles do que nos casos que eles pegam, o que pra mim se mostrou bem positivo. 

Para finalizar, eu que nem sempre comento das capas, preciso dizer que as dos dois volumes lançados pela Verus Editora, ganharam minha atenção. Títulos em relevo e parece que brilham como letreiros, gostei bastante!

FICHA TÉCNICA

Título: International Guy: Milão, San Francisco, Montreal #2
Autora: Audrey Carlan
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O Que Tem Na Nossa Estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Oi, Mi!

    Acho que a sua é a primeira resenha que leio dos livros dessa série e até que fiquei interessada, a proposta é boa e parece ser uma leitura leve. Concordo que as capas são lindas!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi!!!

    Ahh adorei a resenha, comprei os livros mas ainda não os li! Sabe aquela pilha imensa né! Achei super positiva, fiquei curiosa pra ler!!!

    Beijos
    Naty

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi!
    Jesus amado que as séries dessa tia são um role muito longo KKKK. Eu ja fico cansado só pelo numero de volumes. Não me senti atraido pela do Calendario, quem dira por esse ai KKKK. Mas ainda bem que te envolveu.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi,
    Eu e a Audrey Carlan não somos muito amigas desde 'A Garota do Calendário'.
    Minha antipatia por ela foi tanta que nem consigo ler mais nada dela, rs. Peguei ranço mesmo, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir