Livros que jamais dariam certo caso eu fosse a protagonista!


Fala sério, você já se imaginou na situação do personagem principal de um livro? Eu sim. Aliás, é completamente raro não me imaginar no lugar dos personagens. 

Mas claro que as histórias nunca tomariam os mesmos rumos se, ao invés dos personagens, fosse euzinha aqui a protagonista. Resolvi compartilhar os livros que jamais dariam certo caso esse feito acontecesse. E é esse o nosso top de hoje!

O Cemitério de Stephen King


Na obra, Louis Creed se muda para uma cidadezinha e bem em frente à sua casa, passa uma estrada super movimentada por caminhões. Detalhe: o cara tem duas crianças e é médico. Eu, sendo médica, jamais escolheria uma casa numa localidade tão perigosa. Sei lá, em frente à praia talvez? A história já não seria a mesma a partir daí.

Louis é um cara tão louco, que além de expor sua família inteira a tamanha periculosidade, ainda soube que nesse mesmo lugar existia um cemitério de animais. O que qualquer pessoa imagina bem na hora que sabe de uma informação dessas? Que na região o número de mortes de animais é grande. E adivinhem? A família tem um gato. E Louis, coloca até mesmo o gato em perigo. Muita irresponsabilidade. 

Coisa esta que não aconteceria comigo. Aliás, o livro nem seria de terror. Explico: Louis também descobre que por ali mesmo existe um cemitério maldito, um lugar onde tudo que é enterrado volta a viver. E quando seu gato é atropelado, para não ter que enfrentar a filha e dar a notícia (cof cof culpa); ele acaba enterrando o gato nesse cemitério. O bichano volta à vida todo esquisitão. Eu, nesse caso, iria jogar o gato bem longe, chorar horrores, me sentir culpada, e ligar para as meninas perguntando o que fazer (esconder o cadáver e dizer que o gato sumiu ou contar a verdade?). Nos mudaríamos dali, e pronto! Essa história seria basicamente um drama.

Belo Desastre de Jamie McGuire


Vocês são bons em guardar segredo? Espero que sim. Acho que todos já conhecem o enredo desse livro, Travis; um bad boy incorrigível se apaixona por Abby, completamente seu oposto. Ao contrário de todas as garotas, Abby não se derreteu pelo cara; inclusive Travis era tudo aquilo que ela jamais sonhou em ter na vida. O livro é tão agoniante, que achei que nem beijo teria. Travis investe fundo na garota, mas ela... nadinha! Difícil demais. 

Eu, na página 03, já teria beijado o Travis e declarado juras de amor sem fim. Confesso que o estilo bad boy não me agrada, não iríamos ter um felizes para sempre; mas um foi bom enquanto durou ahhhh se teríamos. De livro, a história famosíssima de Jamie não passaria de um conto com vinte linhas. Mas ó, é segredo hein? Nada de sair espalhando por ai que seria fácil para o Travis, tenho namorado e reputação.

Cinquenta Tons de Cinza de E. L. James


Sinceramente, acredito que nenhuma história de amor terminaria linda se eu fosse a protagonista. Essa mesma por exemplo. Em primeiro lugar, eu não iria “basiquinha” entrevistar um CEO. Iria toda bafônica meu povo, muita maquiagem, cabelo escovado. Eu até poderia tropeçar, mas não sei se iria aceitar pessoas me ajudando, mesmo que essa pessoa fosse o Senhor Grey. Vamos supor que ele se interessasse pela pessoa aqui, com maquiagem reboco e nada natural. Eu simplesmente chamaria a polícia e compartilharia aquele contrato bizarro com o maior número de mulheres possíveis. Faria uma postagem no PPP, na coluna Papo Feminina e tudo mais. Sério, eu teria medo. E gente, isso não é crítica ao enredo, guardem as pedras, por favor. Juro que curti. Mas se eu fosse a Ana, fugiria. E chamaria a polícia, só pra constar.

Rio Vermelho de Amy Lloyd


Não é spoiler o que vou contar. Na trama, Sam fica obcecada pelo caso policial de Dennis Danson. Ela acredita em sua inocência. Dennis fora preso acusado de matar uma jovem. Sam começa a trocar cartas com o então presidiário, e acaba se apaixonando por ele. É gente, foi paixão por carta mesmo, não pulei nada. Agora eu vou perguntar uma coisinha, e não me levem a mal: COMO UMA PESSOA SE APAIXONA POR TROCA DE CARTAS? Eu nem sei se conseguiria enviar uma carta para um desconhecido preso, e não estou sendo preconceituosa, mas inocente ou não, o fato é que Dennis fora acusado de assassinato. E mesmo que não estivesse nessa condição, mesmo que Dennis fosse um príncipe preso numa torre, como que a pessoa se apaixona assim? Sem saber quase nada de sua vida, se arriscando com informações preciosas de sua intimidade. Muita loucura. 

Quer saber? Ainda bem que Sam não é a Bia. Pois, se fosse, esse livro não existiria. E eu adorei o enredo, mesmo não concordando com o modo de agir da protagonista.

A Letra Escarlate de Nathaniel Hawthorne


Esse drama clássico se tornaria um verdadeiro terror caso, por mágica, me introduzisse no enredo. A protagonista fora condenada pela sociedade a usar, bordada em sua roupa, a letra A, de adúltera; em vermelho vivo; como uma punição para seu caso extraconjugal. Detalhes: o marido da protagonista não dava notícias há muito tempo, ela saiu com uma pessoa cuja identidade será revelada só no final do livro; e dessa “pulada de cerca”, nasceu uma criança. Acontece que a protagonista, ao ser colocada em meio ao povo que a julgava com unhas e dentes; não revelou a identidade do amante, e ele fora completamente preservado de toda a humilhação. O cara ainda fez a egípcia, e em nenhum momento se revelou ou defendeu o seu fruto e sua amante.

Coisa que não aconteceria comigo amores. Eu revelaria o nome do boy ali mesmo, em praça pública, e se bordou uma letra gritante em mim; teria que bordar nele também. E tem mais: eu ficaria ali, olhando cada uma das carinhas julgadoras. Após uma memorização, anotaria os nomes (porque sou esquecida, preciso anotar) e ficaria a espreita, só esperando as pessoas cometerem um deslize para bordar alguma letrinha na roupa delas. 

Falei demais e a presidenta não gosta muito de postagens extensas, então vamos parar por aqui.

Vocês gostaram? Esse post é só para descontrair, não levem nada a sério, combinado?

Mas eu quero saber: quais livros não dariam certo caso você fosse o grande protagonista? Contem nos comentários.

Bianca Gonçalves também autora de Pausas para Pitacos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

10 comentários:

  1. Olá, Bianca.
    Adorei a postagem. Acho que faria a mesma coisa em Cinquenta tons. Colocaria em todas as redes sociais hehe. Já em Belo Desastre eu nunca me interessaria por um cara como o Travis. Odeio homem assim, então a história nem teria começado hehe. Acho que comigo o que daria bem errado seriam os livros de terror porque eu nunca que me mudaria para um lugar afastado, nunca sairia de casa a noite sozinha e nem sozinha eu ia ficar hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Muito show esse post, arrasooou nas respostas, fiquei rindo aqui kk

    Beijos
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir
  3. Adorei a pauta Bianca e suas escolhas... e ri demais com vc compartilhando seu segredinho sobre Travis rrrss..

    Bjs
    Ana Paula
    Paixão por Leituras

    ResponderExcluir
  4. Oi Bibs
    É impossível não rir e compartilhar das mesmas opinioes que você! Eu também nunca aceitaria o que a Anastasia aceitou, e eu nunca iria toda normalzinha pra entrevista. Eu também acho que beijaria o Maddox em um piscar de olhos, isso porque eu adoro um boy, se ele for bonito, melhor ainda. Ele pode ser um lixo no fim, mas uns beijos vale kkkk
    Beijo!

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Sobre A letra escarlate, concordo plenamente, era para ele ter uma letra bordada também, palhaçada!
    Os outros não li, mas adorei suas respostas haha

    ResponderExcluir
  6. Oi
    muito legal o poste, bem pratica, existe vários livros, series, filmes que eu não serviria para ser protagonista, não tenho muita paciência para enrolação.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, Bia!
    Realmente eu nunca seria protagonista de um livro do King. No menor sinal de algo errado, eu saia correndo hahhahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Bianca eu AMEIIII seu post. Rir horrores!

    ResponderExcluir
  9. Oi Bi!
    Haha com certeza não daria certo se eu fosse o protagonista de Trono de Vidro. Eu teria morrido na primeira oportunidade KKKK. O proprio ferrado em Jogos Vorazes. E do King é que eu não seria mesmo. Eu corria pra muito longe se algo desse errado KKKK.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi querida
    Adorei a ideia da lista e ela em si. Muito divertido imaginar o que seria diferente caso fossemos os protagonistas. Adorei.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir