Cemitério Maldito [Resenha do Filme]


Cemitério Maldito é mais um livro de Stephen King adaptado para o cinema, sendo que a primeira adaptação foi em 1989.

A família Creed para diminuir o ritmo de vida, se muda para uma casa no Maine com um quintal enorme com parte de uma floresta. Logo no início a filha mais velha de Dr. Louis (Jason Clarke), Ellie (Jeté Laurence), descobriu que existe um cemitério de animais bem próximo a casa e uma barreira estranha para uma parte que quase ninguém visita. E é ela que também conhece Jud, um vizinho que viveu a vida toda naquele lugar.

Aos poucos vamos sendo ambientando num lugar estranho, um tanto macabro e o próprio Louis ao perder um paciente começa a ter estranhas experiências, bem como a esposa, Rachel (Amy Seimetz), que é bastante assombrada pela morte da irmã quando ela era criança. E tudo piora quando o gato Church morre, já que ao enterrá-lo, Jud mostra a Louis uma parte da floresta e que ao se enterrar um corpo, misteriosamente a pessoa volta à vida. Church volta, mas não com a mesma personalidade.


Fica bem claro que a família tem problemas de lidar com a morte, já que primeiro fingem que o gato fugiu e não morreu, principalmente Rachel bastante traumatizada desde a infância. Porém, inusitadamente é o cético Louis que tem problemas de aceitar a morte de um dos filhos e acaba usando o cemitério maldito, mudando a vida da família que vira uma verdadeira maldição.

Todos os sinais de que algo no lugar não está bem são dados, mas devidamente ignorados pelo protagonista. Não sei quem segue um vizinho na floresta de madrugada pra um conhecer um lugar novo para enterrar um gato. Ou quem enterra alguém sabendo que a pessoa pode voltar de forma macabra. Mas tudo isso estranhamente acontece no longa e nos convence, talvez pelo fato da história ser construída muito mais na base do suspense do que do terror ou da fantasia. O sobrenatural está presente, mas de um modo um tanto mais realístico, psicopático. 


É fácil identificar a narrativa do King no filme, toda a parte mais sombria e os aspectos psicológicos que envolvem a morte. É difícil não ter medo do lugar ou não se assustar com o gato, mais ainda com os caminhões que passam várias vezes na história, responsável inclusive por boa parte dos sustos. 

Existem algumas diferenças do longa da obra original, mas é possível entender uma vez que algumas cenas exigem muito mais de Jeté Laurence e não seria possível fazê-las com um bebê de colo. A atriz mirim se sai muito bem, já Jason Clarke entregou apenas o suficiente, achei que faltou um toque a mais de loucura. 

Cemitério Maldito tem uma ótima história de suspense, mas pode decepcionar quem espera algo mais no sentido de terror ou até mais explicações sobre o acontece no lugar amaldiçoado. Não é um filme que foge muito do gênero, mas se constrói uma boa tensão, suspense e nos instiga a querer saber como a família Creed vai acabar. 

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: Cemitério Maldito
Título Original: Pet Sematary
Diretor:Kevin Kölsch, Dennis Widmyer
Data de lançamento: 09 de maio de 2019
Nota: 4,5/5

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

6 comentários:

  1. Oi, Mi!
    Eu li o livro uns anos atrás mas não curti muito não. Vendo o trailer do filme, já sei que minha opinião não vai mudar.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não é o estilo de filme que gosto de assistir, mas para quem gosta, é uma boa pedida!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi! Eu li o livro faz pouco tempo, inclusive a resenha de hoje é dele, e não achei assustador. O trailer do filme me deixou bem mais apreensiva e percebi que mudaram algumas coisas. Quero conferir, mas acho que It segue sendo minha adaptação favorita de king. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Esse não o tipo de filme que assistiria pois sou muito medrosa, mas o enredo é bem interessante sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Michele.
    Espero que o filme de mais medo do que o livro, que só prometeu e não cumpriu. Pelo que vi no trailer dá para levar alguns sustos hehe. Acho que vou assistir.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi!!!
    Quero muito ver esse filme, mas ainda prefiro ler o livro primeiro! Ele está lá paradinho na minha estante, só aguardando hihihhi
    Beijinho

    ResponderExcluir