X-Men: Fênix Negra [Resenha do Filme]


De tudo que a Marvel já produziu, X-Men é minha história favorita. Tantos personagens interessantes e com poderes diferentes, que quando criança e adolescente os alunos do professor Xavier eram meus heróis. Infelizmente não posso dizer que a franquia dos cinemas tenham me agradado 100%, mas fiquei bastante interessada em Fênix Negra.

Jean Grey (Sophie Turner) é sem dúvida uma das personagens mais poderosas desse universo e transformada na Fênix Negra se torna uma "vilã" de peso. Durante uma perigosa missão de resgate no espaço, Jean é atingida por uma força cósmica que a torna muito mais poderosa. A protagonista passa a lutar com esse poder cada vez mais instável, e também com seus próprios problemas familiares, mas fica fora de controle, o que divide as opiniões dos X-Men, já que Jean faz parte do grupo, mas como Fênix ameaça destruir a todos. 


O longa é bastante focado na personagem principal e um aspecto muito positivo é o fato do roteiro nos mostrar a infância da Jean e sua forte relação com o professor Xavier (James McAvoy). Outro aspecto positivo foi o questionamento em relação às ações de Charles, principalmente por parte de Raven/Mística (Jennifer Lawrence) que percebeu antes de todos o quanto o líder dos X-Men estava se perdendo em suas ações. 

Tanto Jean quanto o professor são os personagens mais complexos e explorados na trama. Por outro lado, todos os outros personagens são bem superficiais e acho que Scott (Tye Sheridan) poderia ter sido melhor trabalhado, bem como Hank (Nicholas Hoult) e Vuk de Jessica Chastain que acaba sendo uma vilã rasa e mal aproveitada. Também não temos uma completa explicação sobre a origem da Fênix, mas acredito que não era a intenção do filme, nem mesmo quem são os alienígenas que buscam usar o poder que absorve Jean.


Embora o 3D seja completamente dispensável, os efeitos especiais são muito bem utilizados e aproveitados nas cenas da Fênix Negra. Sophie Turner dá conta do papel, apesar da falta de impacto em alguns momentos mais dramáticos. Jennifer Lawrence tem uma cena completamente empoderada, jogando na cara de Xavier o quanto as mulheres fazem pelo grupo e a atriz nos entrega uma Raven cheia de carisma, ainda que por pouco tempo de tela. Já Tye Sheridan, infelizmente, é um Scott bastante apagado.

Se pensarmos em toda a franquia X-Men, que tem uma linha do tempo confusa, com filmes decepcionantes e nada fiel aos quadrinhos, Fênix Negra cumpre muito bem com seu propósito. Nos mostra bastante da vida de Jean Grey e sua dificuldade em lidar com a criatura que a possui. O filme também tem boas cenas de ação, bem coreografadas e destaque toda a sequência dentro do trem, provavelmente a melhor do longa. 


X-Men: Fênix Negra é bom entretenimento, atuações boas, com um elenco de peso, trilha sonora de Hans Zimmer, acerta nos efeitos especiais e traz um roteiro consistente, mas carece de emoção em algumas cenas. No entanto, quem gosta da franquia e da personagem Jean Grey provavelmente vai gostar do longa.

Trailer:


FICHA TÉCNICA

Título: X-Men: Fênix Negra
Título Original: Dark Phoenix
Diretor: Simon Kinberg
Data de lançamento: 06 de maio de 2019
Nota: 4/5

*conferimos o filme na cabine de imprensa
Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi, Mi!
    Infelizmente ninguém me tira da cabeça que esse é um remake do X-Men Confronto Final hahahhahhaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Eu estou querendo ver esse filme ainda esta semana, depois de tantos adiamentos para lançar finalmente vou poder assistir huahua pela sua análise parece ser um filme ok para assistir, meu medo é que seja muito ruim, mas to com esperanças depois do seu post. Adorei!

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi
    que bom que gosto do filme como uma boa distração, essa é a segunda resenha que leio e o bom que destacou o lado positivo e negativo do filme, mas tinha visto uma totalmente negativa que deu até desanimo, mas ainda quero assistir, pena que teve personagens mal aproveitados.
    Gostei do poste.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Michele.
    Não vejo a hora de assistir esse filme. O povo fala mal, diz que a franquia tem inconsistências, mas eles são meus heróis favoritos hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Mi! Eu vi ontem e admito que esperava mais do filme e de alguns personagens. O Xavier me decepcionou muito, já o Hank foi uma boa surpresa. Não aceitei bem aquela morte no começo e achei que deveriam ter aproveitado mais o Magneto (nunca é demais ver o ator nas telas). Boa semana! Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir