Good Omens: Belas Maldições [Resenha Literária]


Já fazia algum tempo que estava querendo ler algum livro de Neil Gaiman, por isso quando a editora nos enviou a nova edição de Good Omens: Belas Maldições, não pensei duas vezes para pegar o exemplar e começar a minha leitura.

neste incrível história de Gaiman e Pratchett, o mundo vai acabar num sábado, pouco antes da hora do jantar.é inevitável, já que isso faz parte do Grande Plano divino traçado por Deus. Porém, dois anjos não querem que isso aconteça, Aziraphale e Crowley.

Aziraphale é um anjo que atua na Inglaterra e dono de um sebo nas horas vagas. Já Crowley é um anjo caído (demônio) e ex-serpente responsável por esta mesma região. Ambos desde a criação dos homens estavam presentes e tiveram suas participações na queda de Adão e Eva. 


Crowley vive na terra desde da queda de Lúcifer, mas Aziraphale vivia no Jardim e depois da queda de Adão e Eva, ele passou a viver com outros seres na Terra. E ao longo dos anos, os dois foram se encontrando em diversas ocasiões e com isso se tornaram “quase amigos”. Como eles estão há muito tempo na Terra, acabaram se apegando demais ao mundo para desejar a grande batalha entre o Céu e o Inferno.

Como se não bastasse isso tudo, ainda temos o Anticristo, que é o filho de Lúcifer e ele será o principal causador do Armagedom. O personagem é apenas um garoto de 11 anos de idade que vive tranquilamente em uma cidadezinha inglesa, sem saber de nada e o que ele realmente é. Crowley deveria estar cuidando dele e o vigiando, mas por causa de uma enorme confusão há anos atrás, o demônio o perdeu de vista e não o paradeiro da criança. 

Sem contar que além deles, ainda temos uma bruxa determinada a encontrar a criança, caçadores determinados a encontrar a bruxa, quatro cavaleiros do Apocalipse e todos os outros seres envolvidos na guerra. Esse pessoal todo está atrás da criança ou do seu propósito individual para que aconteça ou não o Armagedom. E todos eles terão pouco tempo, já que sábado está chegando.


Confesso que pensei que não ia gostar muito do livro ou que eu ia achar a escrita de Neil chata ou cansativa, mas encontrei uma narrativa super interessante e cheia de diálogos ácidos. Neil Gaiman e Terry Pratchett me fizeram rir muito com todos os acontecimentos que envolveram o anjo Aziraphane e o demônio Crowley. Que por sinal são os meus personagens favoritos de toda a história.

Essa nova edição lançada pela Bertrand Brasil tem uma capa diferente baseada na série e a editora teve todo o cuidado em revisar o livro de acordo com a edição atual lançada lá fora. Achei isso bem legal, mostra o cuidado com a editora com seus leitores.

Para finalizar, vale a pena lembrar que a série Good Omeng baseada no livro já está disponível para os assinantes da Amazon Prime Video, e eu já posso dizer que assim como o livro a série está excelente.

FICHA TÉCNICA

Título: Good Omens: belas Maldições
Autores: Neil Gaiman e Terry Pratchett
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Oi, Ari!
    Não li o livro, mas assisti a série e adorei! Quem leu, disse que ela está bem fiel à história.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Eu li o livro e também me surpreendi. Apesar de algumas partes tenha achado meio confusas, achei que não ia gostar e acabei gostando bastante. Adorei a série também.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, Ariane.
    Já eu não queria mais ler nenhum livro do autor depois que li alguns e me decepcionei com todos hehe. Mas nesse fui surpreendida e amei tanto o livro como a série de tv.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oiii Ariane

    Eu também achei que não fosse curtir o livro mas me apaixonei tanto que tive que correr pra conferir a série que, por sinal, está igualmente genial.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Ariane
    Pelo visto a história é bem humorada, vi muita gente comentando e eu gostei bastante do enredo. Li algo do Neil mas não curti tanto, espero poder tirar essa impressão.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ari! Gosto muito dos dois autores e a parceria deles deu super certo. A série não assisti, mas parece que está bem fiel ao original. Esta obra me surpreendeu com seus diálogos inteligentes. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi
    que bom que gostou da leitura, vi muitos falando da série, mas li poucas resenhas do livro e pla história parece ser uma boa história.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir