International Guy: Madri, Rio de Janeiro, Los Angeles [Resenha Literária]


International Guy 4 é o último volume da série de Audrey Carlan. Para quem não conhece a história, Parker Ellis é dono de uma agência que ajuda mulheres em qualquer tipo de situação. Ele e seus dois sócios a cada livro encontra personagens que precisam de ajuda e no decorrer da história vamos acompanhando o relacionamento de Parker com Sky, a atriz que ele encontra no segundo livro.

No volume anterior a autora começou a desenvolver o plot do stalker que parece ameaçar a vida de Parker e Sky e temos a conclusão agora no final da história. Confesso que as pistas me enganaram um pouco no livro anterior, mas achei que nesse ficou evidente quem era o verdadeiro vilão. Em Madri a agência ajuda uma jovem a ser uma popstar e mais uma vez temos Sky trabalhando com Parker, aliás, a narração da Sky é sempre a melhor. Já na volta de Madrid os dois sofrem um atentado que quase acaba com a vida deles.


No decorrer da investigação da tentativa de assassinato, Parker, Sky e Bo viajam para o Rio de Janeiro ajudar o namorado do irmão do protagonista com a empresa dele. Achei interessante que a autora inseriu lugares do Brasil na história e a reação de personagens americanos com a nossa cultura. Também foi uma situação em que a agência não estava ajudando uma mulher e sim o cunhado de Parker e toda a trama com ele foi bem previsível, mas no final temos, enfim, a conclusão sobre quem queria matar o Parker e fazer mal a Sky. Foi interessante que a autora tratou o tem sem nenhum pressa, com direito as cenas finais estilo novelão com os protagonistas correndo risco de vida!

Já ó último volume, Londres, temos o casal dando um passo importante no relacionamento, com Sky fazendo uma grande surpresa ao Parker. Confesso que à medida que o livro ia chegando a seu final, achei estranho a autora começar a mostrar um plot bem interessante com Bo e não definir o de Royce. No entanto, depois que tudo terminar, Audrey Carlan explica em uma nota que vai continuar a história dos coadjuvantes. Fiquei feliz, em determinado momento o enredo deles se sobressaiu mais do que a história de Parker e Sky.


International Guy: Madri, Rio de Janeiro e Los Angeles encerra muito bem a série que é leve, despretensiosa e apesar de erótica desenvolve outros aspectos interessantes em seu enredo principal, sempre com uma trama que ia além dos protagonistas. Achei diferente de A garota do calendário e o formato de três em um único volume me agradou bastante, uma vez que são histórias curtas, ajuda no bolso e no espaço da estante. 

As capas são bonitas e os livros são daqueles que a gente lê rapidinho, gostoso para uma tarde de domingo. 

FICHA TÉCNICA

Título: International Guy: Madri, Rio de Janeiro, Los Angeles #4
Autora: Audrey Carlan
Nota: 4/5
Para ler as resenhas dos outros volumes CLIQUE AQUI
Onde Comprar: Amazon

 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

2 comentários:

  1. Oi, Mi
    Eu comentei com você nas demais resenhas que não gosto tanto desse estilo de livro, quando tem um personagem que é protagonista de várias situações. Acho que fica um pouco cansativo, mas eu me surpreendi pela autora ter terminado essa obra antes, achei que ela faria como em A garota do calendário. E o importante é que você gostou, então tá ótimo né?
    Beijo!

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito de livros hot, acho que por isso essa série nunca me chamou a atenção. Acho as capas lindas.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir