La casa de papel - Terceira temporada


Troque a Casa da Moeda pelo Banco Espanhol, arrume mais alguns bandidos e dê a eles nomes de Cidades, levante a bandeira de que não é apenas um roubo, mas um movimento de revolta contra o sistema, faça com que um querido personagem seja detido, coloque todo bando junto e pronto, você tem uma nova temporada de La Casa de Papel com flashbacks suficientes para trazer de volta velhos personagens e boas explicações de como os roubos foram planejados.

Usando a mesma fórmula que deu certo na primeira e segunda, a terceira temporada de La Casa de Papel não decepciona porque traz todos os elementos da primeira, você acha que é e não é, você acha que eles não pensaram nisso e eles pensaram sim, mas nem tudo são flores. Arturito ainda quer ser herói, nem que seja sendo refém e apesar da ajuda importante da Inspetora Raquel, agora Lisboa, a polícia traz Alicia, a policial que tem coragem para enfrentar a quadrilha e todos os seus hormônios disparados por uma gravidez. No entanto, nem tudo será fácil para ela também, inclusive porque o povo está do lado dos ladrões, mas ela sabe ser má e manipular os sentimentos mais profundos. Vai ser uma péssima mãe, na minha opinião.


Com apenas seis episódios disponibilizados, a série mantém o ritmo alucinante e o carisma dos personagens, a música Bella Ciao que ficou famosa e todo um enredo que consome a alma de quem está maratonando.

Eu li em algum lugar, não lembro onde, alguém que dizia que a série é ruim, mas é boa. Não concordo, True Blood era uma série ruim-boa, La Casa de Papel é boa, é divertida, é impossível, mas é inteligente, é bem alucinante e se é alucinante não precisa ter lógica. É entretenimento e não manual de assalto.


Para completar o sucesso, o último episódio deixou um personagem capturado pela polícia, o Professor em fuga com a morte de um dos seus, abalando suas estruturas e a possível morte de um personagem querido. E ainda temos muito que conhecer Palermo, que era amigo de Berlim, Bogotá, Marselha e a Tatiana, namorada do Berlim. 

Tá bom ou ainda é pouco?

Libera o resto logo Netflix!

Para saber sobre as outras temporadas CLIQUE AQUI e AQUI.

Marise Ferreira
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. eu gostei bastante, temporada cheia de ação mal posso esperar pela proxima

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Oi, Marise
    Eu assisti a terceira temporada porque minha irmã estava vendo mas não tinha tido nenhum contato com a série até então. Infelizmente não curti, achei-a bem mais ou menos, acho que por causa dos atores não sei haha mas espero que a 4ª venha logo pra sanar as dúvidas de vocês!
    Beijo

    http://www.capitulotreze.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Marise,
    Eu acho que sou a única pessoa que não assiste La Cas de Papel HAHAHAHAHAHAHA
    Não consegui sair da primeira temporada, acredita?
    Preciso me arriscar de novo, mas não foi uma série que me prendeu.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi! Eu vi o primeiro episódio e fiquei empolgada. Eu não acreditei que fosse curtir, pois para mim deveria ter terminado no primeiro roubo. Mas fui surpreendida e vou ver tudo.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha. Parece ser uma temporada boa. Se a fórmula deu certo não custa nada continuar com ela, né?
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    O blog JOVEM JORNALISTA está em HIATUS DE INVERNO, de 20 de julho à 29 de agosto. Mas nesse período comentaremos nos blogs amigos.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir