Do Fundo da Estante: Sem Saída [Nostalgia]


Sabe aquele thriller que começa e não pára de crescer na narrativa e surpreender? Aquele suspense no melhor estilo Hitchcock que nos deixa na ponta da cadeira o tempo todo?

Pois é, Sem Saída é este filme!

Refilmagem de O Relógio Verde (1948), Sem Saída não tinha como dar errado - o elenco formado por Kevin Costner, Sean Young, Gene Hackman, Will Patton, Iman e George Dzundza está em estado de graça e o diretor Roger Donaldson dá uma verdadeira aula de cinema.

Tom Farrell (Kevin Costner, em sua melhor atuação até hoje) é um oficial da marinha que se envolve com Susan Atwell (Sean Young, ótima), amante do secretário de defesa David Brice (Gene Hackman, brilhante como sempre). Ao descobrir a traição de Susan, David a mata acidentalmente e ordena que Tom comande as investigações em busca de um culpado. Cria-se então o fictício espião russo Yuri e com o auxílio de Scott Pritchard (Will Patton, roubando todas as cenas), que, apaixonado por David, vai fazer o possível pra jogar a culpa em Tom, mesmo que ninguém saiba que ele e Susan eram amantes.


A primeira parte foca totalmente no romance entre Tom e Susan. Kevin e Sean possuem uma química ótima, sensualizam bem em cena e torcemos pra que fiquem juntos e ao mesmo tempo tememos por eles. A nossa vontade é de que fujam juntos pra bem longe e o filme se torne uma espécie de 9 e meia Semanas de Amor e dane-se a trama de suspense e perseguição.

A partir da triste morte de Susan (a personagem mais marcante da carreia da Sean Young depois da Rachael de Blade Runner) a trama se torna um eletrizante jogo de gato e rato, cheio de reviravoltas, onde cada detalhe, cada objeto em cena, pode ter sua importância - e tem!

O "duelo" entre Tom e David convence (Costner e Hackman formam uma das maiores parcerias dos anos 80), torcemos por um na mesma medida em que repudiamos o outro, e o brilhante roteiro de Kenneth Fearing e Robert Garland não deixa a peteca cair - a trama segue num ritmo vertiginoso, como veríamos futuramente na saga de Jason Bourne.


Sem Saída (lançado em 1987 nos Estados Unidos) vai muito além do "suspense de gabinete", pois escolhe mostrar os bastidores do poder de maneira crua, sem disfarces e ainda ousa a apresentar um personagem homossexual (Will Patton) sem caricatura alguma como peça fundamental da história.

Mesmo sabendo desde o início quem matou Susan e porque matou, o interesse pelo filme aumenta na medida em que a situação se complica, já que tudo que acontece só favorece David e encurrala Tom cada vez mais.

Por incrível que pareça, Sem Saída não concorreu a prêmio nenhum, não passou por nenhum festival de cinema e foi um fracasso de bilheteria. E, ao contrário de outros filmes da mesma época, não envelheceu nada e vale a pena ver e rever.

FICHA TÉCNICA

Título: Sem Saída
Título Original: No Way Out
Direção: Roger Donaldson
Data de lançamento no Brasil: 14 de janeiro de 1988
Nota 5/5

Italo Morelli Jr.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

9 comentários:

  1. Mais uma ótima indicação
    Vou assistir

    ResponderExcluir
  2. Oiii Italo

    Nossa muitos anos que não assisto um filme com o Kevin Costner, eu adorava esse ator quando criança e fiquei bem empolgada em saber que sua atuação é ótima neste remake de O Relógio Verde. Com certeza vou querer assistir esse filme.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Italo.
    O Kevin Costner era tão bonitão hehe. Eu não lembro desse filme, mas me interessei em assistir. É tão legal quando o filme continua atual mesmo depois de tantos anos.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi, Italo!
    Não conhecia o filme, mas fiquei bem interessada. Gente, Kevin Costner anda meio sumido ne?
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Amei seu artigo, estou acompanhando seu blog há alguns dias e posso dizer é estou adorando. Sempre tem conteúdo de qualidade com bastante dicas e informações interessantes!

    Parabéns!

    Meu Blog: Resultado Alagoas da Sorte

    ResponderExcluir
  6. Oi Italo!
    Thriller nao e meu forte man. Os poucos livros que li me fizeram ter uma pessima experiencia e sinceramente me interesso menos ainda pelos filmes. Mas que bom que curtiu e se envolveu tanto. Faz e tempo que eu nao vejo algo que me ganhe tanto.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Como assim eu não conhecia esse filme?
    Amo os atores e esse estilo de filme mas nunca tinha ouvido falar dele. Vou procurar para ver, já que to sempre em busca de bons filmes.

    Abraço,
    Parágrafo Cult ★

    ResponderExcluir
  8. Oi! Esse filme é bem antigo, mas muito bom. Eu vi várias vezes e agora bateu aquela vontade de rever. Pena hoje as tramas não serem assim tão empolgantes. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir