Primeiras Impressões: Sessão de Terapia - 4ª temporada


Dia 30 de agosto, sexta-feira, estreia a quarta temporada de Sessão de Terapia disponível no GloboPlay!

Selton Mello apresenta o seu personagem na história, o psicanalista Caio! A série se passa cinco anos após a temporada anterior, lembrando que as três temporadas anteriores, o personagem central era Theo, vivido pelo ator Zécarlos Machado

Cada semana temos um personagem diferente, com situações interessantes, enquanto o protagonista Caio enfrenta o seus próprios problemas. 


Ás segunda-feiras a paciente é Chiara (Fabiula Nascimento) uma atriz que ficou muito famosa pelo trabalho como comediante, mas se nega a acreditar que está com depressão. Chiara tem diálogos ótimos com Caio, monólogos interessantíssimos e alguns momentos engraçados. Uma paciente bem carismática.

Às terças-feiras temos Guilhermina (Livia Silva), filha de um casal interracial, levada à terapia pelos pais, que acreditam que ela esteja sofrendo bullying na escola. No entanto, tudo nos leva a crer que a criança esconde algo do psicanalista. Vale ressaltar que o trabalho de Livia Silva foi excelente, minha preferida de todos.

Já nas quartas temos Nando (David Junior), o paciente mais intragável da temporada. O executivo não consegue transar com a mulher desde que ela começou a fazer sucesso e procura a terapia para tentar entender o motivo. Nando traz falas machistas e bastante aceitas na sociedade.

Toda quinta tem a personagem mais emocionante, Haidée (Cecília Homem de Mello), uma senhora que procura terapia após sentir um vazio, em parte motivado pela morte do marido. Sozinha, ela acaba indo morar na casa de um de seus filhos, o que piora ainda mais sua situação. Haidée joga algumas verdades na nossa cara e nossa preferência pelos mais jovens. É palpável a agustia dela e é fácil sentir verdadeiramente sua dor. 


Por fim, o psicanalista Caio é atendido por sua supervisora Sofia (Morena Baccarin), uma profissional competente e que precisa bater de frente com seu paciente. Vale dizer que mais interessante é a desconstrução do protagonista quando é ele quem faz terapia. A máscara do profissional perfeito cai por completo e encontramos um ser humano muitas vezes agressivo, com suas dores e angustias. Caio em alguns momentos até desafia Sofia que precisa lidar com o flerte inconveniente do paciente.

No fundo, Caio também tem uma postura bem parecida com a dos seus pacientes e tem dificuldade de expor os sentimentos, fugindo inclusive das sessões. Alguns dos seus pacientes saem da sala dizendo que não vão voltar, principalmente quando Caio está chegando perto da dor, com o protagonista não é diferente.

É bem interessante ver a brasileira Baccarin (Homeland e Gotham e Deadpool) em uma trabalho em sua terra Natal. E ela se sai muito bem, Sofia é forte, determinada e não se intimida com Caio. E Selton Mello disse na coletiva de imprensa um pouco sobre intensidade da série e dos cinco primeiros episódio que assisti, consegui ter a mesma percepção.


A série brinca com o teatro ao ter praticamente um único cenário e os episódios possuem diálogos fortes, intensos, que exigem muito do emocional dos atores, cada um com sua complexidade. E os temas são bem atuais e em algum momento a gente se identifica com algo dos pacientes. 

Os episódios são curtos, menos de 30 minutos, e são tão dinâmicos que nem se percebe o tempo passar. É como se estivéssemos fazendo terapia com os pacientes e fiquei curiosa para saber um pouco mais de cada um e torcendo para eles superarem as dificuldades. 

No total, serão 35 episódios e a nova temporada foi gravada em São Paulo entre janeiro e março deste ano. Baseada na série israelense BeTipul, Sessão de Terapia estreou em 2012 e teve suas três primeiras temporadas exibidas no GNT, agora disponíveis exclusivamente no Globoplay

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

8 comentários:

  1. Oi, Mi!
    Não conhecia a série, mas amo episódios curtinhos assim. Estou sempre procurando esse tempo de duração, assim consigo assistir sem cansar hahaha Gosto muito do Selton e acho que ia gostar bastante da série. Pena que não tenho GloboPlay.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  2. Não sabia dessa série. Interessante. Nunca vi nenhuma das temporadas.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mi
    Parece ser bem legal essa série, é interessante ver tantas dimensões dos problemas humanos com pessoas diferentes. Eu acho que ficaria instigada para saber mais e como resolver a situação de cada um. Tomara que consiga atrair muito espectador.
    Beijo!
    Capítulo Treze
    INSCREVA-SE NO CANAL
    Sorteio de aniversário dos blogs O que tem na nossa estante e Balaio de Babados
    Sorteio do livro Meu Romeu - Leisa Rayven

    ResponderExcluir
  4. Gostei de conhecer a série e gostei do elenco que vai trabalhar nesse projeto.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Como aluna de psicologia eu tenho que dizer que amei essa dica e fiquei com muita vontade de ver essa série. Não acredita que ainda não conhecia.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Uau, eu ainda não tinha visto nada sobre a série, mas achei o contexto super interessante. Já vou começar a assistir hoje!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Parece ser uma série excelente.
    Bom restante de semana!

    O blog JOVEM JORNALISTA retornou do HIATUS DE INVERNO com dois posts interessantes.

    Até mais, Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir