Inacreditável [Resenha da Série]


Com oito episódios disponibilizados pela Netflix, Inacreditável (Unbelievable) conta o estupro de uma adolescente, Marie Adler (Kaitlyn Never), sozinha, vivendo com a ajuda de instituições governamentais ela é desacreditada por todos que conhece depois que é violentada e levada a dizer que mentiu sobre a agressão. 

Enquanto Marie sofre as consequências da incompetência dos detetives que arquivaram seu caso e ainda a processaram por falso testemunho, as detetives Karen Duvall (Merritt Weaver) e a Sargento Grace Rasmussen (Toni Collette) começam juntas a investigar os casos que acontecem em seus respectivos distritos. Cruzando informações de outras unidades policiais elas chegam à conclusão que os estupros começaram muito antes do que elas imaginavam, porque eram executados em distritos diferentes dificultando as investigações.


Empenhadas em descobrir o homem que está agredindo aquelas mulheres, elas trabalham juntas e vão se firmando em uma amizade e cumplicidade que só colaboram para as investigações. Colocando egos e vaidade de lado, as duas se jogam na investigação, muitas vezes deixando de lado a vida pessoal.

As mulheres estupradas são retratadas de modo delicado na série, mas só no final mesmo é que elas expõem suas cicatrizes derivadas das agressões. 


Marie Adler é injustiçada em grande parte da história, o que me deixou revoltada, sofrendo, sozinha, e sem saber como administrar seus sentimentos, nem as pessoas mais próximas a ela conseguem dar o apoio que ela precisa. Mas a sorte de Marie é que as investigadoras não vão sossegar até encontrar o culpado e condená-lo.

A série é forte, é interessante e só depois eu soube que também é baseada em fatos reais.

Marise Ferreira
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

5 comentários:

  1. Oi, Marise

    Eu assisti apenas ao primeiro episódio e já sei que vou adorar. Já fiquei revoltada no início e sei que vou me incomodar bastante ao longo dos episódios.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Marise,

    Quando vi do que se tratava a série lá em cima já imaginei que deveria ser baseada em fatos reais.
    É tema interessante e com certeza deve ser angustiante e revoltante a história da personagem.
    Dica anotada.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Esse assunto é bem forte e prefiro passar longe de séries assim, normalmente nos deparamos com algumas ótimas, mas outras nos despertam sentimentos bem negativos. Saber que foi baseada em fatos reais, torna o assunto ainda mais difícil de lidar, posso somente imaginar como deve ter sido a vida dessa mulher.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  4. Está entre a minha lista de coisas para assistir!

    cobaiaamiga.com

    ResponderExcluir
  5. Não tinha conhecimento da série. Parece ser muito boa.
    Bom restante de semana!

    Até mais, Emerson Garcia

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir