Laços de Sangue [Resenha Literária]


Apresentando novos começos, Laços de Sangue, primeiro volume da série Bloodlines, acaba sendo bem introdutório, mas não soa como ruim. Após muita construção de personagem, garante ação e adrenalina em combates e reviravoltas dignas de Richelle Mead.

Após escapar da confusão na qual ela mesma se meteu, Sydney foi punida. Colocada para testar sua lealdade a humanidade após se envolver com vampiros e dhampirs, seres considerados como abominações, agora ela precisa executar uma missão: proteger a frágil paz entre essas raças. Para isso ela precisará esconder a jovem princesa Jill Dragomir. Finalizar essa tarefa não será algo fácil e mais do que nunca, o peso de sua falha se destaca a cada segundo. Seria ela capaz de sobreviver a tudo isso? Ou estaria Sydney descobrindo que nem tudo é tão preto no branco como os Alquimistas parecem enxergar?

Eu devo dizer que amo as construções excelentes e os resumos que Mead traz em seus livros. Sua escrita não é só envolvente como também prende o leitor. Sendo um célebre conhecedor da série anterior a essa, já imaginava que os plots twits viriam mais cedo ou mais tarde e isso me fez prosseguir firme na leitura sem me deixar abater, mesmo nos momentos mais tediosos.


Narrado em primeira pessoa, seguir o ponto de vista de Sydney foi interessante e embora sua personalidade não seja tão explosiva e cativante quanto a de Rose de Academia de Vampiros, ainda sim é uma protagonista interessante e que deixa muito background de evolução para os volumes seguintes. Laços de Sangue é como eu disse, novos começos que trazem toda uma sensação nostálgica devido aos elementos constantes que a autora apresenta.

Adrian segue sendo o melhor personagem dessa e de qualquer outra série que a autora venha a criar. Ele é esperto, irônico e extremamente cômico. Não tem uma aparição dele que alguma piada não tenha me feito rir. E sua química com Sydney é boa. Embora eu ainda não os veja como um casal consolidado, como eu mencionei antes, ainda é muito cedo para conclusões. Nesse livro temos apenas pequenas amostras do que pode ser uma forte relação no futuro e isso me anima. Já torço pelo casal de qualquer forma.


O ponto que mais me incomodou foi o começo da obra e a personagem Jill. O início me pareceu um pouco truncado devido ao excesso de informações, o que me fez render bem menos com a leitura. E a personagem da princesa não me ajudava tanto. Se Lissa era um tanto quanto sem carisma, Jill é duplamente chata e me cansava com suas birras ou burradas.

Em resumo, eu gostei do que li e estou ansioso pelo que Mead pode me revelar no futuro dessa série. Além de ter uma premissa bem mais misteriosa e perigosa, ainda trata de personagens bem mais humanizados e problemáticos. Laços de Sangue é um excelente volume apesar das escorregadas que dá com o excesso de informação.

FICHA TÉCNICA

Título: Laços de Sangue - Bloodlines #1
Autora: Richelle Mead
Nota: 4/5
Onde Comprar: Amazon

 

Emerson Andrade
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

10 comentários:

  1. Ahhh, agora sei da onde conheço a autora. Eu já li Academia de Vampiros, uma série que gostei bastante apesar de não ter terminado. Sempre vi esse livro por aí mas não fazia ideia do que era a respeito, até me chamou a atenção. Quem sabe eu leia depois!
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo viu Miriã. Ce vc gostou de VA vai curti essa tambem.

      Excluir
  2. Oi, Daverson

    Então, não tenho mais paciência para vampiros. Acho que estourei minha cota na época de Crepúsculo, li tudo que tinha sobre vampiros na época! Hahahha
    Por isso eu creio que não leria, mas tomara que os demais sejam bons e que a história evolua.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami
      Eu tambem nao tenho KKK mas nesse caso eu abri excessao. As tramas da Mead sao bem interessantes e envolventes

      Excluir
  3. Oi Emerson,
    Eu não consegui me apegar a escrita da Richelle desde Vampire Academy, mas não sei se é a autora ou é porque a temática central são vampiros. Como diz a Tami, eu não tenho paciência para vampiros, rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo Ale KKKKK eu gosto da escrita dela. Provavelmente e os vampiros.

      Excluir
  4. Oi, Emerson!

    Não li nada da autora ainda, só conferi o filme originado de sua obra, mas a premissa dessa obra em questão parece ser interessante e eu toparia conferir mais por conta da escrita da Richelle, que todos falam mesmo muito bem!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme de VA e bem ruinzinho. Os livros sao melhores, mas recomendo. A escrita da Mead e boa.

      Excluir
  5. Olá, Emerson.
    Eu não li nenhuma das duas séries ainda, mas sempre vejo todo mundo falando que essa é muito melhor que a outra. Espero que para você também seja assim.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Era justamente por isso que queria ler. Gosto dos protagonistas dessa e todo mundo dizia que era bem melhor. Ca estou eu.

      Excluir