Alguém para amar [Resenha Literária]


Cada vez mais tenho a certeza de que a Judith McNaught nunca irá me decepcionar. Impressionante como os romances dela são envolventes e eu até achei que esse seria mais morno, mas me enganei completamente.

Elizabeth Cameron é uma dama com uma beleza que chama atenção e todos querem se casar com ela e ela precisa se casar, já que o irmão está endividado. Um tanto inocente, Elizabeth fica comprometida com um homem rico, mas cai numa armadilha que envolve Ian Thornton. Os dois se conhecem numa festa e muito influenciada pelas amigas, a protagonista passa a conversar com Ian, que logo se interessa por ela. No entanto, apesar da atração que sente por ele, Elizabeth tenta afastá-lo, mas um mal entendido faz com que os dois sejam vistos em uma situação comprometedora. 

Ian até tenta assumir um relacionamento com a protagonista, mas é rechaçado porque Elizabeth já tem um noivo rico. No entanto, com toda a confusão, ela termina sem noivo, sem Ian e sem dinheiro. Pior, seu irmão some e Elizabeth passa a cuidar sozinha da sua propriedade sob a tutela do seu tio. Anos depois, o tio da personagem quer que ela se case, que tenha filhos e que não gere mais despesa pra ele. Sem ter o que fazer, Elizabeth se vê diante de péssimos pretendentes, sendo um deles Ian Thornton, por conta de um novo mal entendido. 


Elizabeth tenta se livrar de maneira inteligente dos pretendentes ao passar uns dias na casa de cada um e se mostrando uma péssima candidata a esposa pra eles. No entanto, quando chega na casa de Ian, Elizabeth nem precisa se esforçar, já que o personagem a detesta. Ian acredita que a protagonista é interesseira e guarda um enorme rancor dela. E ela também não se sente muito feliz com os acontecimentos do passado, já que foi imensamente prejudicada. No entanto, os dois ainda se sentem atraídos um pelo o outro e os sentimentos de antes não foram esquecidos. 

Como toda trama da Judith McNaught muita coisa acontece na história e Elizabeth e Ian passam por muitos problemas, mesmo quando tudo parece que vai se acertar. A protagonista é alvo de inveja e Ian de muita raiva e isso afeta a vida dos dois. Elizabeth comete muitos erros, não só no passado, mas depois que se reencontra com Ian também, principalmente por ser ingênua e confiar no seu irmão. 


Vale destacar que Jordan e Alex, personagens do volume anterior, aparecem com grande destaque, mas não é preciso ler a série Sequel em ordem para entender a trama de Elizabeth e Ian, já que é uma história completamente independente, mas foi bom rever o casal. 

Alguém para amar é repleto de acontecimentos que não deixam a narrativa ficar parada e nos deixa ansiosos para saber como a trama vai terminar. E no final tem ainda uma reviravolta muito boa. Os personagens são fortes e mesmo Ian sendo bastante rancoroso é um dos melhores protagonistas da autora. Judith McNaught sabe desenvolver muito bem a história sem deixá-la cansativa e me empolgou no início ao fim. Já quero mais livros da autora. 

FICHA TÉCNICA

Título: Alguém para amar - Sequel #3
Autora: Judith McNaught
Nota: 5/5
Onde Comprar: Amazon

 

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

8 comentários:

  1. Oi Mi! Das resenhas que li, este parece ser o livro dela que mais agradou. Eu também tenho gostado muito dos romances da autora. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi

    Você sempre elogiando os livros da autora enquanto vejo o povo se descabelando com os mocinhos dela. Ahhahaha
    Adoro esse clima de tensão e hate to love dos re, então tem tudo para me agradar.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi, tudo bem?
    Não conhecia os livros da autora, mas quero ler mais romances de época diferentes.
    Só não sei se esse livro seria pra mim, não sou fã de casal com idas e vindas muito enroladas.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Olá, Michele.
    Essa série começou mais ou menos com aquele protagonista masculino machista do primeiro livro e terminou o terceiro como favorito. Sem falar nessas capas maravilhosas. Quero ler outros livros dela com certeza.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Por que não li nada dela ainda? Esse livro parece ser incrível!
    Eu amei a resenha, deu para perceber que a história promete prender o leitor, e que bom que não precisa ler todos os volumes da série para ler esse
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Ainda não li nada da autora, mas gostaria muito futuramente.
    Gostei da premissa e de saber que a protagonista não tem aquele ar de toda perfeitinha. Isso quebra um pouco a ilusão e eu gosto.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  7. Gosto de narrativas assim, que não são paradas, aí não cansa. Acho tão bonita as capas dessa série todas juntas :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Mi!
    So tu pra me fazer ter vontade de ler uma serie dessas KKKKK. Nem e o tipo de livro que eu gosto, mas a protagonista parece tao interessante *--* E eu amo as cores ds capa.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir