Os sete maridos de Evelyn Hugo [Resenha Literária]


Depois que li Daisy Jones & The Six (CLIQUE AQUI) e fiquei encantada com o livro, fui atrás de outros trabalhos da autora e vi a notícia que a Editora Paralela publicaria o livro Os sete maridos de Evelyn Hugo. Fiquei bem ansiosa para começar a minha leitura, principalmente depois de ver as notas altas que ele recebeu pelos assinantes da TAG e usuários do Goodreads.

O livro começa com uma nota no jornal, dizendo que a lenda do cinema, Evelyn Hugo irá leiloar seus famosos vestidos para arrecadar dinheiro para pesquisas de combate ao câncer de mama. Logo depois a história começa com a narrativa de uma jovem chamada Monique Grant que está com a vida indo de mal a pior, seu casamento acabou em apenas alguns meses e se sente insatisfeita com o estado atual no seu emprego. 

Monique trabalha numa grande revista chamada Vivant, ela pensou que conseguiria crescer lá dentro, mas não foi bem isso. Só que as coisas mudam quando Evelyn Hugo uma atriz dos anos 1960 resolve chamá-la para conceder uma entrevista, falando mais do leilão dos vestidos. No entanto, quando ela se encontra pessoalmente com a atriz, Monique descobre que Evelyn Hugo quer que ela escreva a sua história na íntegra, sem censura e mentiras. 


A princípio Monique fica sem reação pois será uma tarefa em tanto, Evelyn Hugo é uma das atrizes mais importante do cinema! Além disso, Hugo sempre teve uma vida cheias de escândalos nos tabloides de fofoca. principalmente por causa dos seus sete maridos.

Depois de entrarem em um acordo, Monique começa a gravar a história verdadeira de Evelyn Hugo, contada na íntegra pela própria. O enredo alterna entre o passado e o presente da atriz, e a autora também narra a história de Monique. Neste ponto entra o diferencial, a narrativa de Taylor Jenkins Reid, que escreve a história dessas duas mulheres de uma forma bem inusitada.

Sinceramente, no início cheguei a pensar que não ia gostar, pois odeio livros que tem como narrativas com idas e voltas do passado para o presente. Porém, Os sete maridos de Evelyn Hugo me prendeu do início ao fim.


Evelyn Hugo é uma das aquelas protagonistas que te deixam de queixo caído devido ao seu modo de agir. Não só isso! Ela é uma protagonista que não tem medo de fazer as suas escolhas e aceita as consequências delas. Ela é o tipo de personagem que o leitor acaba tendo empatia apesar de suas escolhas. Entretanto, o meu personagem favorito é o Harry Cameron, que aparece no começo e vai crescendo na história de uma forma que deixa qualquer um apaixonado por ele. Harry acabou não só se tornando o meu personagem favorito do livro como também se tornou um dos meus personagens favoritos da vida. Ele é sensacional!

Além de personagens incríveis, Os sete maridos de Evelyn Hugo traz na trama assuntos muito importantes como: abuso sexual de menores, violência doméstica, intolerância, racismo e preconceito. Sem contar que o livro também tem uma pegada LGBT. Separei alguns quotes de umas partes do livro que me fizeram refletir sobre esses assuntos.

“Descobri que Ari tinha fetiche por proporcionar prazer oralmente a meninas menores de idade” 

“Um homem bate em você e pede desculpas, e você acha que nunca mais vai acontecer de novo. ”

“Eu não posso falar para ele. Ele vai pensar que estou sendo irônica, e vai me bater. ”

“Se eu tivesse espalhado para todo o mundo as coisas que ele fazia comigo, talvez não tivesse acontecido com ela. ”

“As pessoas são confusas, e o amor pode ter um lado feio”

“Não é conveniente”, Harry continuou, “que num mundo onde os homens ditam as regras a coisa mais desprezada seja a que representa a maior ameaça? Imagine se todas as mulheres solteiras do planeta exigissem alguma coisa em troca de seus corpos. Vocês seriam as donas do mundo. Um exército de pessoas comuns. Só homens como eu teriam alguma chance contra vocês. E isso é a última coisa que esses cretinos querem: um mundo comandado por gente como eu e você”


Esses são apenas alguns quotes que eu destaquei no livro, se eu fosse colocar todos aqui, iria descrever praticamente o livro todo. 

Enfim, eu não só indico Os sete maridos de Evelyn Hugo como acho que ele é uma leitura obrigatória, todos deveriam ler! 

FICHA TÉCNICA

Título: Os sete maridos de Evelyn Hugo
Autora: Taylor Jenkins Reid
Nota: 5/5 favorito
Onde Comprar: Amazon

 

Ariane de Freitas
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

4 comentários:

  1. Oi
    Eu estou bem curiosa para ler esse livro, ainda não li nada da autora, na verdade nem sabia que ela tinha escrito um outro livro tão comentado, esses quotes que separou me deixou mais interessada ainda na leitura dele.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ariane! Que resenha maravilhosa. Eu vi alguns comentários sobre o livro em outros blogs, mas não me interessei muito pela leitura por causa do gênero e do formato, infelizmente não me prendem, por isso não tive vontade de ler, mas guardarei a indicação para o futuro.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ariane,
    Eu esotu nessa: li Daisy Jones e me apaixonei!
    Agora quero ler tudo dessa autora, rs. Sei que vou me emocionar com a mensagens que passa de maneira bem sutil.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ari!
    So vi resenha positiva desse livro e confesso que mesmo jao fazendo meu tipo de leitura, to querendo me arriscar. A premissa e interessante e a personagem eu amei alguns quotes que a Lu do Balaio de Babados postou KKKK.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir