A hora da sua morte [Resenha do Filme]


Com o passar do anos o cinema precisa ficar mais criativo para filmes de terror e com isso a morte também evolui, com diferentes maneiras para matar alguém. Em A hora da sua morte conhecemos um interessante aplicativo que diz exatamente o dia e horário que você morrerá e se você tentar escapar, fica pior, bem pior.

Quinn (Elizabeth Lail) é uma jovem que se esforça pra conseguir ser enfermeira, atura até mesmo as investidas (que se tornam assédio) de um dos médicos do hospital. E um dos seus pacientes lhe mostra um aplicativo de celular que diz exatamente a hora de sua morte, ele está com medo porque sabe que morrerá em cirurgia. Como em todo filme de terror, a protagonista desdenha do app, mas vai ficando cada vez mais nervosa quando a hora da sua morte se aproxima.


O interessante do enredo é que Quinn quando percebe que pode mesmo morrer, ela tenta se livrar do aplicativo de todas as formas e busca uma assistência técnica para retirá-lo do celular e assim, ela conhece Matt (Jordan Calloway), que está passando pelo mesmo problema. Os dois começam a investigar o programa e descobrem um padre bem moderno que investiga demônios e tenta ajudá-los. Paralelamente a isso, a irmã mais nova de Quinn também baixou o aplicativo e tem sua hora marcada.

Gostei da explicação que o roteiro dá para o aplicativo que, inclusive, não é o culpado pela morte dos usuários, na verdade ele só acerta o dia e hora da morte de cada um, mas ao tentar escapar do destino é que tudo fica realmente macabro. Os personagens são assombrados, ficam paranoicos, com muito medo e tudo isso aparece em cenas de sustos, a maioria previsível, mas nem todas. 

Inevitavelmente o longa lembra Premonição, já que os personagens tentam escapar da morte e ela vai se tornando cada vez mais sanguinolenta. E o roteiro segue o padrão de ter personagens que participam da história apenas para morrer, mas se diferencia na forma como tudo se soluciona, já que Quinn foge um pouco do padrão, principalmente nas cenas finais.


O drama familiar da protagonista é bem simples, raso e só acrescenta na trama quando a irmã de Quinn também entra em perigo. E a química de Jordan Calloway e Elizabeth Lail é muito boa. Destaque para o padre John (P.J. Byrne) e Derek da loja de aparelhos de celular (Tom Segura) que são responsáveis pelas partes mais cômicas.

A hora da sua morte não inova o gênero terror e nem é um filme para morrer de sustos, mas tem uma premissa diferente, moderna e resoluções boas. Dentro do que se propõe a fazer acaba sendo um bom filme com possível continuação. E tem cena pós-credito.

Vale lembrar que o aplicativo existe, se chama Countdown, pra quem tiver coragem de baixar. 

Trailer


FICHA TÉCNICA

Título: A hora da sua morte
Título Original: Countdown
Direção: Justin Dec
Data de lançamento: 27 de fevereiro de 2020
Nota: 3,5/5

Michele Lima
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

7 comentários:

  1. Eu amei o enredo desse filme, sos hahahaha
    Eu fujo loucamente de filmes de terror, pois sou beeem medrosa. MAS eu gostei bastante da sua resenha e me deu uma tranquilizada quanto ao medo, então acho que vou apostar em assistir :)
    Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mi! Tudo bom?
    Eu penso "Nossa mas que burros olhando o app" mas muito provavelmente seria a primeira a olhar de curiosa HUASHUHAUSHUSAHUSAHUSAUHSA me identifiquei.
    Terrorzinho meio blé é sempre bem-vindo :v

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, Michele.
    Eu já tinha visto a dica desse filme e me interessado por ele. Acho que faria igual a Denise ai em cima. Digo que nunca ia baixar mas e a curiosidade como fica hehe.
    Ah, e obrigada pela dica lá no blog. Pensei em O Corcunda de Notre-Dame e escrevi O Conde de Monte Cristo hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Mi, até que fiquei interessada no filme, mas passo longe de baixar esse app kkk
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Bato palmas para quem baixar um aplicativo desses, tenho pavor, hahahahaha. Eu ainda não assisti esse filme, mas parece muito interessante. Amei tua resenha.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi,
    Acabei de falar para a Nana do Canto Cultzineo que estou com ranço do elenco de You, então não tenho vontade nenhuma de ver esse filme! kkkkkkkk
    E sinceramente? Não baixaria o aplicativo nem que me pagassem! kkkkkkk
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu achei inovadora a premissa do filme, embora se pareça com outros longas. Senti vontade de assistir.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir