Deutschland 86 [Resenha de série]


Três anos depois dos eventos da primeira temporada, Deutschland 83, Martin Rauch está escondido na Angola, já que conseguiu criar inimizade com todas as organizações secretas do mundo após se revelar para tentar evitar que a Terceira Guerra Mundial começasse. A República Democrática Alemã  (RDA) se encontra com sérios problemas financeiros e, para angariar dinheiro, vende armas para guerrilheiros africanos. Para finalizar uma venda, Lenora Rauch vai em busca do sobrinho para contratá-lo para mais um pequeno serviço, prometendo levá-lo de volta para casa, onde sua mãe e seu filho Max o esperam.

Deutschland 86 traz um Martin, também conhecido como o superespião Colibri, mais maduro. Se antes ele acreditava no país em que nasceu e cresceu, agora ele desconfia do sistema, especialmente porque o sistema não acreditou nele. As sombras do seu passado o atormentam, não querendo ser um pai ausente por ele mesmo ter sido criado por uma mãe solteira - e essa é possivelmente a única razão para que ele volte a trabalhar como espião. A intimidade de Lenora Rauch e Walter Schweppenstette são também melhor apresentadas e a impassibilidade que os dois apresentaram na primeira temporada é aos poucos destruídas. 

Thomas Posimski reaparece em 1986. Se três anos antes ele fez poucas aparições, como organizador de uma biblioteca clandestina e tendo um caso com a namorada de Martin, agora sua participação ganha maior significado. Junto com Tobias Tischbier, ele tenta mostrar ao mundo a realidade da RDA, especialmente porque agora ele é famoso devido a um best-seller que se passa na Alemanha comunista. Além disso, sua irmã, Tina Fischer, uma médica que se desiludi com o sistema de saúde do lado oriental, quer se juntar ao irmão na RFA, levando consigo o marido e as duas filhas. 

O surgimento de Tina traz o lado mais duro do regime comunista da RDA. Se na primeira temporada pouco vimos da pesada realidade da Alemanha Oriental, em Deutschland 86 começamos a entender como era a rotina do cidadão que questionasse as decisões do governo e o perigo que uma oposição poderia significar. Além disso, os movimentos em torno da AIDS começam a ganhar voz - enquanto o governo comunista nega haver homossexualismo em sua sociedade, que dirá uma doença tão abominável. 

Se Deutschland 83 focou na extensa diferença entre as duas Alemanhas, com a RDA enviando um espião à RFA com a desculpa de se defender em caso de ataque, Deutschland 86 traz um país em crise, onde os cidadãos começam a fazer fila para conseguir comida e o governo vende sangue para outros países tentando arrecadar dinheiro para sobreviver. Enquanto isso Martin é disputado pelo serviço secreto das duas Alemanhas, sendo que seu único preço é ter a oportunidade de viver com o filho, seja onde for. 

Produzida pela Amazon Video, já que a primeira temporada desanimou o canal alemão RTL para uma renovação para a televisão, Deutschland 86 possui 10 episódios e pode ser vista no Globoplay. A terceira e última parte, Deutschland 89, ainda não tem data de lançamento.

 Ana Seerig
Compartilhe no Google Plus

Sobre Ana Seerig

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Oi, Ana!
    Gente, nunca ouvi falar nessa série, mas fiquei bem interessada. Gostei que ela "muda" de nome a cada temporada. Achei diferente
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio Rumo aos 4K no instagram

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana,

    Não conhecia a série, mas a trama parece ser legal.
    Dica anotada.

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Interessante esse fundo histórico da série.

    O blog está em Hiatus de Verão, mas estaremos comentando nos blogs amigos esse período.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir