Do Fundo da Estante: Entrevista com o Vampiro [Nostalgia]


A escritora da obra na qual o filme se originou, Anne Rice, queria que o ator Tom Berenger (Platoon) fosse o vampiro Lestat. Ela repudiou a escolha de outro Tom, o Cruise, até então pouco reconhecido pela crítica, apesar de sua indicação ao Oscar por Nascido em 4 de Julho (1989) e seu elogiados desempenhos em A Cor do Dinheiro (1986), Rain Man (1988) e Questão de Honra (1992). A verdade é que Tom está muito bem em seu primeiro papel de vilão, mas é Brad Pitt quem brilha mais aqui, interpretando o atormentado Louis, que após perder a esposa em trabalho de parto, perdeu todo o interesse pela vida. Lestat então se aproveita deste momento de fragilidade e infecta Louis, que se torna vampiro e seu amante, já que adquire a maldição da vida eterna.

Entrevistado pelo jornalista Daniel Malloy (Christian Slater), Louis relata toda sua conturbada trajetória de seus mais de 200 anos de vida, principalmente seu caso de amor com Lestat e os conflitos com a menina Cláudia, que é na verdade uma alma adulta presa no corpo de uma criança de 8 anos. Neste improvável triângulo amoroso, Tom Cruise faz uma verdadeira farra com o personagem, mas mesmo assim não agradou a autora do livro que imaginou Lestat sendo Tom Berenger. Já Brad Pitt imprime toda melancolia necessária ao seu personagem, fato já comprovado em Lendas da Paixão, filmado no mesmo ano e que quase lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor ator. Kirsten Dunst, com apenas 12 anos, está excelente e rouba todas as cenas em que aparece, assim como Antonio Banderas, recém chegado a Hollywood - até hoje, fãs aguardam o filme solo do vampiro Armand.


Duas coisas fizeram Entrevista com o Vampiro perder um pouco de sua força: a direção apenas correta do irlandês Neil Jordan (do antológico Traídos pelo Desejo) que reduziu bastante um dos aspectos mais importantes da obra que é a sua sensualidade latente, além de algumas mudanças significativas na história. Cogita-se uma nova adaptação (provavelmente de novo sem Tom Berenger, que está com 70 anos) e Brad Pitt poderia reprisar seu papel sem problemas, já que pouco envelheceu de lá pra cá. 

Por enquanto, fiquemos com essa boa versão e ignoremos totalmente a sua continuação, o intragável Rainha dos Condenados.

FICHA TÉCNICA

Título: Entrevista com o Vampiro
Título Original: Interview with the Vampire: The Vampire Chronicles 
Direção: Neil Jordan
Data de lançamento no Brasil: 16 dde dezembro de 1994
Nota 3,5/5
Italo Morelli Jr.
Compartilhe no Google Plus

Sobre O que tem na nossa estante

É amante de livros, filmes, séries e adora uma boa música. Escreve para O Que Tem Na Nossa Estante.

comentário(s) pelo facebook:

3 comentários:

  1. Oi, Italo! Tudo bom?
    Eu li Entrevista faz um tempããããão e lembro que amei muito na época. Assisti a adaptação mais ou menos na mesma época e curti demais também; essa vibe macabra e sombria que não é tão macabra é muito bem executada na adaptação.
    Pretendo reler e reassistir esse ano!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro mas vi este filme. Realmente a personagem de Tom Cruise ficou muito à quem, mas também não consigo imaginar Tom Berenger naquele papel... Um Benicio Del Toro já consigo, mas talvez seja influencia de um outro filme!

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca assisti mas a fotografia parece ser incrível, e lembro que foi muito comentado através dos tempos.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir